<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


terça-feira, 30 de outubro de 2012

Um Governo ultra-liberal! 

Com a sangria de farmácias transferidas de desertificadas aldeias para localizações urbanas - abandonando as populações mais carenciadas e desprotegidas - e com a ruptura generalizada de stocks de medicamentos em algumas farmácias - por dificuldades financeiras ou por falta de concorrência e ganância - impunham-se alterações relevantes à legislação de abertura de novas farmácias. De um Governo neo- ultra- hiper- mega- liberal, num cenário de necessidade de estímulo à economia, esperava-se uma legislação radicalmente favorecedora da dinâmica de abertura de novos negócios.

Ironias à parte, a legislação publicada hoje não traz nada de novo ao processo de abertura de novas farmácias (não abrem desde 2004!). Nem se percebe bem porque foi publicada esta Portaria, no essencial uma cópia daquela redigida por Correia de Campos.

Etiquetas:


Peliteiro,   às  12:03
6  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

domingo, 28 de outubro de 2012

Da gratuitidade do SNS 


43.200,00 € - Escola superior de enfermagem de Coimbra - prestação de serviços de assessoria jurídica

Peliteiro,   às  19:16
10  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Impostos detalhados 

«Existe aparentemente um enorme desvio entre o que os portugueses acham que devem ter como funções do Estado e os impostos que estão dispostos a pagar.» - Vítor Gaspar.

Há quem defenda que as facturas hospitalares deveriam conter o detalhe do custo dos tratamentos, como forma de sensibilizar os doentes para o real custo dos serviços de saúde.
Nos impostos deveria acontecer o mesmo, todos defendem redução da despesa do Estado, mas desde que isso afecte apenas os outros. Assim quando nos informam dos colossais impostos a pagar deveria sair qualquer coisa como:
  • ... € para pagar os voos gratuitos dos familiares dos pilotos da TAP;
  • ... € para os ordenados milionários dos locutores da RTP;
  • ... € para a CGD emprestar dinheiro aos amigalhaços;
  • ... € para as reformas de 5.000 €;
  • ... € para as horas extraordinárias dos médicos que ressonam em casa;
  • ... € para o subsídio de risco do polícia sentado na sua secretária;
  • ... € para os professores com horário zero;
  • ... € para os cursos universitários sem alunos e sem empregabilidade;
  • ... € para os advogados oficiosos do senhor que ainda ontem gastou 500 € em cocaína;
  • ... € de rendimento mínimo para o vendedor de cuecas da feira de Famalicão;
  • ... € para as PPP;
  • ... € para a fundação do Mário Soares e da Pilar Saramago;
  • ... € para um novo aeroporto em Estremoz;
  • ... € para construir a autoestrada de Vimioso a Castro Laboreiro;
  • ... € para a piscina em Currelos, o gimnodesportivo em Sezures e a rotunda em Jesufrei;
  • ... € para o orçamento da junta de freguesia de 50 almas e do concelho da Trofa;
  • ... € para a autarquia contratar os sobrinhos do Prasidente como decoradores e formadores de jardinagem;
  • ... € para o teatro onde ninguém vai e o pintor que ninguém vê;
  • ... € para os consultores, assessores e faunas afins que rodam à volta do Governo;
  • ... € para ajudas de custo de 250 deputados;
  • ... € para despedícios, desvarios e luxos vários...
Vá, agora insultem-me...

Peliteiro,   às  23:53
29  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Quanto valerá uma farmácia daqui a 1 ano? 

Apresento os resultados do inquérito «Quanto valerá uma farmácia daqui a 1 ano?» que pretendia ser uma «medida das expectativas para o valor de uma farmácia após o impacto das medidas de contenção de despesa no mercado farmacêutico»:


Eu votei nos 50% da facturação anual.

Peliteiro,   às  00:36
5  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Apito encarnado 

Spartak Moscow 2 - Benfica 1
e ficou no último lugar do grupo.

Etiquetas:


Peliteiro,   às  19:55
2  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Surpreendente 

A prescrição por DCI não aumentou o consumo dos genéricos em relação aos medicamentos de marca.

Ainda não haverá tempo suficiente para tirar conclusões consistentes mas, sinceramente, a ser verdade, não tenho uma boa explicação para o insucesso da promissora medida da prescrição por DCI.
Boicotes?

Peliteiro,   às  23:35
48  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

domingo, 21 de outubro de 2012

30 dias, 3% 

Há uns largos anos, quando trabalhava na distribuição farmacêutica, participei numa longa negociação com os fornecedores da indústria farmacêutica cujo objectivo era manter os tradicionais - mas desajustados como bem sabíamos - 3% de desconto financeiro para pagamentos a 30 dias. O poder negocial estava todo do lado deles e, inevitavelmente, embora tívessemos arrastado a situação o mais possível, perdemos o dito desconto.
Lembrei-me disto agora - é história - a propósito da situação actual.

Peliteiro,   às  22:56
22  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

A TAP é um luxo 

Hoje voei na TAP desde as Lajes num enorme A330 quase vazio. Deitei-me confortavelmente,  ocupando as quatro cadeiras da fila do meio.
Um luxo.
Não paguei a minha viagem, mas tive a nítida sensação de ter pago, pelos meus impostos, os outros três lugares que ocupei...

«O Governo aprovou hoje em Conselho de Ministros as regras de privatização da TAP. »

Peliteiro,   às  23:43
7  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

ANF suspende os pagamentos às farmácias 

Boa jogada!

Peliteiro,   às  08:55
100  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Day after 

Como medida das expectativas para o valor de uma farmácia após o impacto das medidas de contenção de despesa no mercado farmacêutico, agradeço resposta ao seguinte inquérito:
Quanto valerá uma farmácia daqui a 1 ano?

2 X facturação

1 X facturação

2/3 X facturação

1/2 X facturação

1/3 X facturação

  
Free polls from Pollhost.com
(incluindo stocks e, obviamente, dívidas a fornecedores; factor sobre facturação anual, sem IVA)

Peliteiro,   às  23:31
29  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Efeito rebound 

Governo inscreveu no OE2013 uma poupança de 146 M€ com medicamentos
 
[Thomas Meyer / Global Imagens] - JN

Peliteiro,   às  13:01
181  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Entretanto, lá longe, longe da crise e do desemprego... 

Antes: «A proposta apresentada afectará a qualidade da prática clínica, claramente posta em causa pelo aumento desmesurado das listas tal como proposto pelo Governo».

Depois: «O novo sistema remuneratório tem como base 2.746,24 € terminando em 5.063,38 €, para um plano normal de trabalho de 40 horas semanais».


 

Etiquetas:


Peliteiro,   às  12:52
2  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

domingo, 14 de outubro de 2012

€$cola$ 

«As escolas privadas atribuem, em média, mais de meio valor do que as públicas. Quando a entrada no ensino superior se decide à centésima, e sendo esta uma situação de extrema injustiça para milhares de jovens, o que fará o Ministério com estes dados?» Expresso - Ranking das escolas.


PS - Reconhecer que o Ministério da Educação recuou - muito bem Prof. Crato! - na absurda decisão de fazer os exames do 12.º ano incidir sobre matéria dada nos três anos; agora só falta acabar com as notas compradas em certos e determinados colégios e com os obscuros contigentes especiais de acesso ao ensino superior.

Peliteiro,   às  21:39
5  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

sábado, 13 de outubro de 2012

Foi bonita a festa, pá. 

[Thomas Meyer / Global Imagens] - JN

Parece que correu muito bem a manifestação das farmácias. 4.000 pessoas é significativo. Esperemos que não se dê um efeito rebound.

Peliteiro,   às  18:03
53  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Todos à manife! 

«Farmácias vão realizar um cortejo desde o Campo Pequeno até ao Ministério da Saúde,
onde pretendem entregar a petição que defende a alteração da política do medicamento.»

Quando julguei já ter visto tudo eis que se assiste agora a uma manifestação de farmácias; surpreendente; já só falta uma greve geral!...

Peliteiro,   às  22:44
127  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

terça-feira, 9 de outubro de 2012

400 farmácias em risco de falência 

De quando é esta notícia do Expresso?
De 2007!
Quantas faliram? Nem uma.
Aí vem lobo, aí vem lobo...

Etiquetas: ,


Peliteiro,   às  22:21
15  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Ena, ena, gande descoberta! 

Deloitte: «Faltam medicamentos nas farmácias devido à exportação paralela»
Tinham-me perguntado e escusavam de ter pago uma fortuna à Deloitte...

Etiquetas:


Peliteiro,   às  21:40
0  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

domingo, 7 de outubro de 2012

Fidel o meu Castro 

Quem lê regularmente este blogue sabe que o autor tem a mania que é vate. De facto, muitas decisões minhas foram tomadas tendo em consideração projecções, de tentativas de adivinhação do futuro. Muitas vezes foram decisões baseadas em cenários improváveis - umas vezes errei, outras vezes, a maioria, julgo, acertei; não me queixo.
Isto para vos apresentar Fidel, o meu jovem Castro Laboreiro, que guardará fiel e ferozmente o meu quintal. Estou também a pensar comprar uma arma...



Peliteiro,   às  22:47
10  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

sábado, 6 de outubro de 2012

Lá se vão as vendas de Viagra 

É redundante a deliberação do Infarmed, mas neste país faz sentido, esperando-se que a concorrência desleal dos que vendem tudo e mais alguma coisa sem receita médica seja fortemente fiscalizada e penalizada:

«Tem-se constatado que as farmácias, perante uma receita médica de medicamento não comparticipado ou receita que não siga o modelo estabelecido para a comparticipação, dispensam o medicamento sem que seja guardado qualquer comprovativo da apresentação da receita.
Para que seja possível fiscalizar estas situações de dispensa, o Infarmed deliberou o seguinte:
- As farmácias têm de manter em arquivo, em formato de papel ou eletrónico, o original ou reprodução das receitas aviadas de medicamentos não comparticipados;
- Sempre que sejam dispensados MSRM sem apresentação da receita médica, as farmácias têm de a justificar e manter registo dessas justificações para serem apresentadas, caso sejam solicitadas, em sede de inspecção.»

PS- Há aqui ainda algum espaço para a ilegalidade, pela possibilidade de replicação infinita da «reprodução das receitas».

Peliteiro,   às  14:45
25  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Socialismo é isto! 

Este Governo parece cada vez mais um Governo socialista: impostos, impostos, impostos, Estado, interesses, despesa:

IRS vai subir cerca de 30% em 2013

Peliteiro,   às  16:21
12  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Entretanto, lá longe, longe da crise e do desemprego... 

Todos os médicos terão um salário em início de carreira de 2.746 euros brutos.

 

Etiquetas:


Peliteiro,   às  10:55
14  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Prevenção! 

Outubro, mês de prevenção do cancro da mama

Liga Portuguesa contra o cancro


Peliteiro,   às  07:51
0  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Forte com os fracos 

Exames do 12.º ano vão incidir sobre matéria dada nos três anos
Inadmissível esta mudança de regras a dois terços do percurso escolar; ilógico e injusto, logo desmotivador. Mudanças justas seriam acabar com as notas compradas em certos e determinados colégios e com os obscuros contigentes especiais de acesso ao ensino superior.
Uma desilusão Prof. Crato.

Surfistas na cidade da Praia, em Cabo Verde

Peliteiro,   às  23:37
1  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Ainda se queixam do Marinho Pinto 

João Moreira Pinto no 31 da Armada:

Ordem quer processar médicos que assinaram parecer sobre "racionamento" de remédios, pois "fere" o Código Deontológico da Ordem dos Médicos e valores éticos intemporais", justifica o CNE, em comunicado.

Vejamos,
artigo 5.º (Princípio geral)
4. O médico, no exercício da sua profissão, deve igualmente, e na medida que tal não conflitue com o interesse do seu doente, proteger a sociedade, garantindo um exercício consciente, procurando a maior eficácia e eficiência na gestão rigorosa dos recursos existentes.
(...)
Artigo 32.º (Isenção e liberdade profissionais)
2. O médico tem liberdade de escolha de meios de diagnóstico e terapêutica, devendo, porém, abster-se de prescrever desnecessariamente exames ou tratamentos onerosos ou de realizar actos médicos supérfluos.
(...)
Artigo 111.º (Responsabilidade)
1. O médico deve ter em consideração as suas responsabilidades sociais no exercício do seu direito à independência na orientação dos cuidados e na escolha da terapêutica, assumindo uma atitude responsável perante os custos globais da saúde.
(...)
5. O médico tem obrigação de conhecer os custos das terapêuticas que prescreve, devendo optar pelos menos onerosos, desde que esta atitude não prejudique os interesses do doente.
in Código Deontológico da Ordem dos Médicos (sublinhados do autor). joaompinto

Peliteiro,   às  21:57
2  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Racionamento no SNS... Por acaso é algo de novo? 

Mauro Germano no Saúde em Portugal:

No seguimento dum post anterior onde se abordou a relação entre a capacidade de satisfazer as expectativas dos cidadãos relativamente ao Sistema de Saúde face aos recursos limitados e possíveis implicações dum parecer do CNECV que suscitou reacções de escárnio, maledicência e espanto, gostaria de alertar que isto não é nada de novo e que sempre existiu e existirá... pois as necessidades de saúde são ilimitadas... Tivéssemos 100 biliões de euros para gastar em Saúde e seriam poucos e como é óbvio é impossível desviar todo o dinheiro do Orçamento de Estado e o "orçamento pessoal" para este tipo de necessidade...

Mas para aqueles que se disseram escandalizados eu pergunto?
 
O que são critérios para prescrição de antibióticos?
Em que se escolhe o que tem a melhor relação custo-efectividade e onde se "guardam" os antibióticos mais poderosos para a última "linha" evitando resistências evitáveis...

O que são as listas de espera para Cirurgias?
Senão métodos de racionar o acesso a cuidados dispendiosos, em tempo útil, mantendo uma procura artificialmente alta?
 
O que são os sistemas de triagem em Urgência?
Onde se aplicam critérios de racionamento de procura e oferta face à incapacidade de atender todos os utentes ao mesmo tempo, aumentando a prioridade dos doentes que ganham mais em serem atendidos rapidamente face aos que podem esperar mais um pouco...
 
O que são critérios de admissão em Cuidados Intensivos?
Onde sabendo-se que cada doente tem um elevado custo, onde a tendência será permitir mais intervenções geradoras de sofrimento e potencial obstinação terapêutica , onde artificialmente se pode induzir um caminho mais fácil e menos esforçado para evitar a admissão em Unidades de Cuidados Intensivos e existindo escassez de camas se força automaticamente a um racionamento da oferta de cuidados aos doentes que maiores benefícios podem obter sem pôr em risco um eventual fim de vida caracterizado por acções desmesuradamente "interventivas"?
 
O que são decisões de não reanimação?
Onde se estima ou decide o limite para a intervenção no esforço de prolongar ou salvar uma vida humana ou a própria definição de vida Humana?
 
O que são as medidas de "planeamento familiar" como aborto ou um qualquer método contraceptivo?
Onde se raciona a capacidade do(s) pai e/ou mãe ser capaz de continuar a sua vida não tendo o "estorvo" de mais uma boca para alimentar ou uma cara não desejada para onde olhar... ( este é um exemplo deliberadamente exagerado)

O que são as políticas de recursos humanos do SNS?
Onde se restringe o acesso a vários tipos de cuidados limitando o número de profissionais empregados para os prestar, por exemplo enfermeiros, fazendo com que vários doentes não tenham acesso a cuidados tão básicos como alguém alimentá-los sem por em risco a sua segurança, a não ter enfermeiros em número suficiente para ajudar um doente na sua própria higiene pessoal, tendo este de esperar vários minutos ou horas para que haja alguém disponível para impedir que a presença de urina ou fezes provoquem mais lesões (por sua vez bem mais caras que a solução original) ou ainda que se aumente em larga escala a possibilidade de serem vítimas dum erro terapêutico face à carga de trabalho excessiva?
 
É que se falamos de equidade e justiça... tem de ser para todos... E como diz a velha máxima... Ou há moral ou comem todos...
Não é isto tudo racionar?
Por isso não entendo o porquê de tanta indignação quando nos deveríamos centrar em saber se podemos fazer mais com menos que basicamente o caminho que estamos a percorrer... Quanto mais tempo adiarmos este modo de ver o problema... mais difícil será a sua resolução.
 
PS: Do que li do parecer, entendi que se pretendia focar o custo efectividade das intervenções, garantindo que o argumento moral de que a Saúde não tem preço não seja usado mas sim, com menos fazer o mesmo ou melhor e que apesar de todo o compromisso ético dos profissionais de saúde, é preciso que estes sejam ajudados a decidir o correcto...

Peliteiro,   às  21:47
0  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Apito encarnado 

Benfica 0 - Barcelona 2

Etiquetas:


Peliteiro,   às  21:43
2  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Gastam à tripa-forra e agora: 

«Câmara da Póvoa de Varzim aprova resgate de 7,5 milhões de euros

Etiquetas:


Peliteiro,   às  14:18
2  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Neuroanatomia e a neurofisiologia  

OBJETIVOS: Adquirir novos conhecimentos de neuroanatomia e neurofisiologia. Desenvolver a capacidade de relação entre a neuroanatomia e a neurofisiologia e compreender o mecanismo de ação de diversos fármacos.
DESTINATÁRIOS: Licenciados em Ciências Farmacêuticas. ORGANIZAÇÃO: COFANOR


Peliteiro,   às  14:17
6  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

O preconceito ideológico não deixará 

A concorrência faz maravilhas, mas num país impregnado de socialismo isto não acontecerá tão cedo:
«Ministério estuda abertura das Unidades de Saúde Familiar aos privados»
 

Peliteiro,   às  10:32
5  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Eu avisei! 

Galo de Barcelos na Farmácia Lamela«Farmácias usam crise para vender medicamentos sem receita.
Antibióticos e antidepressivos dispensados com facilidade - Responsáveis acusam patrões de exigirem lucros.

"Não tenho dúvidas de que hoje é mais fácil conseguir medicamentos sem receita. O diretor técnico pode alertar o proprietário para a prática ilegal mas ele também pode responder "então vá para casa"; e todos os dias temos pessoas que foram despedidas", denuncia o presidente do Sindicato Nacional dos Farmacêuticos Henrique Reguengo.» in Expresso

Como esperado, em sequência de decisões políticas insensatas e populistas, a degradação da qualidade de serviços nas farmácias e o prejuízo dos doentes está aí. E não se ficará por aqui!
Repito, passados 5 anos, dêem-me uma única vantagem trazida pelo novo regime de liberalização da propriedade farmácia. Uma!

Etiquetas:


Peliteiro,   às  11:31
10  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.