<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


terça-feira, 31 de março de 2009

Bronzeado garantido 

Quer ficar tão moreno como eu, sem sair de casa, sem gastar dinheiro, sem sequer sair da cadeira onde está sentado? Experimente o Computer Tan e bronzeie-se a partir da energia irradiada desse computador.

Peliteiro,   às  11:49
2  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Galego 

Nunca me identifiquei muito com o Porto. Nunca considerei o Porto como representante do Norte do país. Nunca gostei muito da cidade do Porto, cada vez menos, cada vez mais suja e feia. Nunca me senti em casa no Porto e as suas gentes não são meus patrícios.
Lamento muito mas o Porto, para mim, é uma região lá para o Sul.
O mesmo se aplica, claro, muito mais, para Lisboa e demais Mouraria (sem sentido pejorativo nem procurando inimigos, apenas constatando fortes diferenças).

Sinto-me bem é no Minho ou mesmo em Trás-os-Montes. Dou-me bem com as pessoas, gosto da comida e do clima, da paisagem e das pronúncias. O mesmo acontece em relação à Galiza e aos galegos; sinto-me lá bem.
Do rio Ave para Norte consigo encontrar traços comuns que permitem definir uma região e um povo. Um galego é-me mais próximo que um alentejano ou um alfacinha.

Obviamente que isto é apenas uma opinião minha, uma impressão minha, e que a maioria de vós não concordará com este meu desvio "a Norte", não compreenderá o Porto como Sul e a Galiza como casa. Ora, isto que não é de hoje, que é coisa antiga e incomum, soube estes dias que pode ser explicado, em grande parte, pelas raízes da história:
«Pascual Peleteiro, natural da freguesia de São Pedro de Tenorio , concelho de Cotobade, província de Pontevedra, Arcebispado da Galiza...»

Peliteiro,   às  00:01
2  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

segunda-feira, 30 de março de 2009

Votem neles 

Casas da Póvoa de Varzim quase ao preço das do Porto
Na hora de pagar o IMI os poveiros estão entre os que mais pagam no Grande Porto.

Peliteiro,   às  23:51
3  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

domingo, 29 de março de 2009

A vida em Portugal 


Aos 35 anos comprou uma casa em frente ao mar, na praia de que mais gostava - esgotos contaminaram o mar, sujidade e vidros partidos tomaram conta da praia e enormes mamarrachos foram implantados no areal, abertos até de madrugada, nódoas visuais e sonoras.

Aos 40 comprou uma casa isolada no cimo de uma montanha - o ano passado, em Dezembro, incendiaram o monte ao lado; este ano, em Março, incendiaram o monte atrás; mais dia menos dia, é uma questão de tempo, arderá a própria casa.

Aos 45, pensa muito em vender tudo e sair de Portugal, em emigrar para bem longe e voltar só no Natal.

Peliteiro,   às  21:59
4  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Fotos de incêndios no Gerês 



Etiquetas:


Peliteiro,   às  21:26
2  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

quinta-feira, 26 de março de 2009

Que monda! 

Com o fim da Qimonda duas conclusões principais se podem obter:
  1. A política adoptada por este governo, a política do big is beautiful, do apoio aos grandes projectos de investimento, à instalação das grandes empresas multinacionais, à procura de um crescimento rápido do P.I.B., é um rotundo fracasso, não favorece uma economia sustentada nem emprego estável.
  2. A influência do Estado e dos políticos no indomável fluxo do capital é diminuta, quase nula a médio prazo. Ridículas as prestações de homenzinhos insignificantes como Sócrates, Pino ou Mário Almeida na tentativa de condicionar as incontroláveis convulsões em tempo de crise da indústria mundial dos semicondutores. A monda das empresas que não são competitivas mas são mantidas artificialmente, à custa de benesses com origem nos impostos, ainda mal começou - mas tudo indica que vai ser uma grande monda!

Peliteiro,   às  23:59
12  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

quarta-feira, 25 de março de 2009

Reafundação do SNS 

Volta e meia surge a necessidade, evidente, de resolver o financiamento do SNS. Todos sabemos qual a solução mais fácil e cómoda, consequentemente mais provável: o Zé Povinho que pague a factura.

Hoje o "mítico" fundador do SNS vem trazer um contributo para a reafundação do SNS, enquanto sistema de saúde universal e gratuito, factor de coesão nacional, trave-mestra do Estado social e símbolo do Estado providência. António Arnaut, "defende a criação de um imposto especial para garantir o financiamento" do SNS - apenas se for "absolutamente necessário". Ou seja, António Arnaut não traz um contributo para a refundação do SNS mas antes, isso sim, para mais uma reafundação, pois bem sabemos que o imposto na perspectiva dos políticos, esses parasitas chupistas, é sempre completa e absolutamente necessário.

António Arnaut deveria falar era no desperdício, no descontrolo e na roubalheira que grassa no SNS e não caucionar os apetites de cobrador de impostos de Sócrates e Cia.. Bardamerda António Arnaut!

Peliteiro,   às  14:18
3  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

terça-feira, 24 de março de 2009

Obviamente por dinheiro 

Bem podem acusar-me de ser um tanto ou quanto simplista ou mesmo primário, mas a verdade é que determinados assuntos têm para mim uma explicação tão óbvia que nem consigo perceber como essa explicação não é óbvia para todos. Presumo que uma sensação parecida com aquela que teve o miúdo que disse que o rei ia nu.
Assim, muito embora os técnicos apontem a falta de limpeza das florestas como causa para os fogos florestais, para mim é óbvio, há muito tempo, que incêndios em Março, com temperaturas amenas, após uma estação muito chuvosa, numa região fria e húmida como o Gerês, só podem ter uma causa principal: mão criminosa! As evidências não faltam, daqui a umas semanas não faltam por lá camiões como este, carregados com as árvores agora queimadas.

Etiquetas:


Peliteiro,   às  22:02
2  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

domingo, 22 de março de 2009

O polvo 

No Sábado, no âmbito do Missão Minho, um movimento de ideias com as quais simpatizo, estive no Hotel Turismo, em Braga, a ouvir Saldanha Sanches, Manuel Monteiro e Rui Costa Pinto falarem sobre corrupção. É preciso ter coragem para falar de corrupção em Braga.

Saldanha Sanches diz que "qualquer cidadão que tenha de prestar contas ao Fisco pode perguntar às Finanças porquê ele e não o senhor presidente da câmara" e que "além do dever de explicar ao Fisco a origem da riqueza não justificada nos rendimentos conhecidos, esse presidente de câmara tem de responder pela prática de crime de evasão fiscal, por ter andado a esconder rendimentos que é legalmente obrigado a declarar".
Saldanha Sanches deixou bem claro que não falava em concreto de Mesquita Machado - e esse é o grande problema é que o Presidente de Câmara usado como exemplo pode ser quase qualquer um e o cenário traçado é a regra e não a excepção; além disso é mais improvável que o tal Presidente seja punido, que Saldanha Sanches por ter dito o que disse ou eu por ter escrito o que escrevi agora. É a vida.

Peliteiro,   às  23:18
6  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Alguém que nos representa 

Enfim, há vida para além da blogosfera. Ninguém concorda, ninguém gosta dos mamarrachos que estão a construir no areal, mas também ninguém diz nada, ninguém faz nada. Enfim, Renato Matos toma posição e, muito bem, representa a indignação de todos os que gostam da praia da Póvoa, afirmando que há, pelo menos uma, ilegalidade notória.

Etiquetas:


Peliteiro,   às  23:04
4  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

terça-feira, 17 de março de 2009

Macedo Power 

Antes - Parque de Ondas da Aguçadoura já produz energia.

Depois - As três máquinas Pelamis do parque de ondas da Aguçadoura, Póvoa de Varzim, considerado pelo Governo "uma bandeira" da liderança portuguesa nas energias renováveis, foram retiradas do mar por problemas técnicos e estão "em terra", no Porto de Leixões, há quatro meses.

Bem sei que sou um pessimista, mas sempre tive muitas dúvidas sobre este projecto, por exemplo aqui e aqui. Então sabendo que um dos padroeiros do projecto é Macedo Vieira - até deu uma entrevista a um canal Japonês - Ena! - Ena! -, era certo e sabido que a coisa dava para o torto.
Com Macedo Vieira corre sempre tudo mal. Até dá dó.


Peliteiro,   às  22:10
10  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

A invasão dos mamarrachos 

Olha, afinal em Aver-o-mar também estão a construir aqueles desproporcionados mamarrachos no areal. Provavelmente o próximo que encontrar estará assente em paliçadas, em cima do mar.
Um erro lamentável do poder político.
Olha, curioso, a empresa que os constrói é outra vez a mesma, a Cardoso do Monte.

Etiquetas:


Peliteiro,   às  12:33
8  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

domingo, 15 de março de 2009

Vota em João Cordeiro 

Embora já não seja proprietário de Farmácia há uns anos, um blogador que se preze tem opinião sobre tudo e toma posição em qualquer eleição.

Assim, este blogue apoia, sem sombra de dúvida, a candidatura do Dr. João Cordeiro às eleições, em curso, para a Presidência da ANF.

A esmagadora maioria dos colegas proprietários de Farmácia com certeza reconhecerão que sem o Dr. João Cordeiro o sector estaria agora arrasado pelos ataques tentados pelo lóbi dos hipermercados, das Misericórdias e do sector social, das seguradoras, dos grupos de saúde privados e, sobretudo, dos políticos interesseiros, irresponsáveis e incompetentes. Quem distingue o fundamental do acessório vota João Cordeiro.

Etiquetas:


Peliteiro,   às  21:56
10  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Turismo de qualidade 



Como é possível que na Póvoa de Varzim, uma cidade dita do turismo e do lazer, permitam que a 1 km do centro principal de atracção turística exista um espaço privilegiado destinado a campismo selvagem, sem qualquer infraestrutura, sem água nem saneamento, sem cumprir, julgo, os requisitos legais, num campo sujo e poeirento de terra batida, mas mesmo em cima da praia.
É inacreditável como conduzem por cá as políticas de turismo. Inacreditável.


Peliteiro,   às  21:53
8  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Apito encarnado 

Benfica 0 - Tórinha 1

Etiquetas:


Peliteiro,   às  21:19
0  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

sábado, 14 de março de 2009

Paizinho 

Absurda, esta interferência do Estado na esfera do individual, regulando a quantidade de sal no pão que acabei de comer ao pequeno-almoço. Também quererão estabelecer a dose de manteiga inoculada no trigo?
Enquanto que o Estado assume este papel de paizinho protector e admoestador não desempenha as suas principais funções; desleixa-se e não garante justiça, educação nem saúde. Ou será isto apenas um factor de distracção?
Sinto-me asfixiado pelo peso do Estado ou ludibriado por me estarem a desviar as atenções do fundamental?

Peliteiro,   às  09:20
3  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

sexta-feira, 13 de março de 2009

Roma paga a traidores 

O grande problema do PSD é ter acolhido durante os anos de poder toda a espécie de oportunistas - o poder funciona como uma lâmpada em noite de Verão, atrai uma chusma de invertebrados procurando um lugar à luz - e de não ter feito ainda uma purga que os expulsasse definitivamente.

Macedo Vieira, Presidente e próximo candidato a uma Câmara PSD diz de Sócrates: «Tenho por ele um apreço já há bastante anos (...) Sou um homem livre e relativamente às pessoas, tenho o direito de dizer aquilo que penso e faço».
Macedo Vieira não tem em consideração que, em termos políticos, não é um homem livre e não tem o direito de elogiar sistematicamente o principal adversário político do partido que lhe assegura o lugar à luz. Se um dos seus Presidentes de Junta elogiasse o seu adversário Renato Matos talvez ele percebesse - de outro modo pode ser demasiado complicado explicar-lhe.

Enquanto o PSD continuar a sustentar contorcionistas e outros artistas e não os expulsar sumariamente terá muitas dificuldades em se afirmar no panorama político, porque estes tipos fazem tudo apenas para defender interesses próprios e não do partido - muito menos do país!

Anteriores traições, aqui. Foto de povoaonline.

Peliteiro,   às  19:45
1  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

terça-feira, 10 de março de 2009

Eduardo dos Santos, go home! 

Bem sei que as relações entre países ao longo da história nunca foram exemplos de verticalidade e virtude, bem pelo contrário, mas, mesmo assim, não posso concordar com o PS, PSD, CDS e PCP que destacam esforços do Presidente angolano para a paz e democracia numa atitude de hiper-realpolitik ridícula.
Há valores mais importantes que o dinheiro, sobretudo do dinheiro do petróleo e dos diamantes, dinheiro sujo de miséria e de sangue.
Não gosto de José Eduardo dos Santos nem do regime de Angola, uma plutocracia nojenta, desonesta, que não respeita os direitos humanos.
José Eduardo dos Santos, podes ser bem recebido pelos políticos, mas para os portugueses sérios não és nada bem-vindo.

Peliteiro,   às  23:38
8  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

AdC Paroquial 

Lá está, a AdC não se preocupa com a eventual manipulação e distorção do mercado dos medicamentos pelos impérios multinacionais farmacêuticas, não se preocupa que os preços dos genéricos em Portugal sejam todos iguais, mas preocupa-se que uma associação de pequenas empresas nacionais, de farmácias, detenha a licença de comercialização de uma marca de genéricos.
A AdC pensa em pequeno, não vê para além da Paróquia.

Peliteiro,   às  13:21
0  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Quem dá mais, quem dá mais?... 

Infertilidade: Médicos e doentes alertam para perigo do "crescimento desenfreado" de privados.

Um título de jornal e a descrição de dois dos principais pecados de funcionamento da saúde em Portugal: 1) a falta de regulação e fiscalização permitindo que toda a espécie de gente acorra ao negócio da saúde ao "cheiro da massa" e 2) a aversão à concorrência por parte daqueles que estão do lado dos instalados.
Pender para o 8 ou para o 80 depende apenas da força dos respectivos lóbis.
Os representantes do Estado assistem impávidos a ver quem dá mais. Os jornalistas injectam as "notícias" necessárias, a pedido pago. Os doentes, os cidadãos, pagam e não bufam! E assim vamos...

Peliteiro,   às  11:14
2  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Alô Moçambique 

José Pimentel Teixeira, do ma-schamba, desenvolveu o PNET-Moçambique,
um «registo o mais completo e actualizado possível do bloguismo em/sobre Moçambique». A visitar!

Peliteiro,   às  11:10
1  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

segunda-feira, 9 de março de 2009

Titanic 

No noticiário da manhã e no do fim do dia, a mesma peça sobre os 50 anos da Barbie.
É neste dias sem notícias, quando não acontece nada e não há ruído de fundo quase nehum que nós nos apercebemos do barco que se afunda. É nestes dias em que nada nos distrai que distinguimos nitidamente o movimento do barco a afundar-se e conseguimos ouvir também, ao longe, a orquestra que continua a tocar independentemente de saber que o destino do barco é o fundo. É nestes dias que Portugal não consegue iludir a semelhança com o Titanic e Sócrates me faz lembrar muito o Maestro que não consegue adivinhar o futuro do barco e o dele próprio.



Peliteiro,   às  23:32
0  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Oportunisticamente 

«O Conselho de Administração da Lipor chefiado pelo presidente da Câmara da Póvoa do Varzim, autarquia social-democrata, homenageia segunda-feira, em São Bento, o primeiro-ministro, José Sócrates.»

Nada que surpreenda. A aproximação de Macedo a Sócrates não é de hoje. Afinal, ambos são vira-casacas inatos. Mas está bem, Sócrates bem merece um prémio dos homens do lixo.


Peliteiro,   às  23:25
6  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Merck e Schering-Plough anunciam fusão 

Merck e Schering-Plough anunciam fusão, formando o segundo maior grupo farmacêutico do mundo (o maior é a Pfizer que, recorde-se, há muito pouco tempo comprou a Wyeth).
A indústria farmacêutica vem seguindo desde há mais de 10 anos o caminho da concentração, formando empresas cada vez mais influentes e mais poderosas, agigantando-se face a Estados mínimos, como o Português.

Isto sim, são lóbis. Não são as Farmácias portuguesas, como quis fazer passar o pascácio do Correia de Campos. Isto sim, impõe respeito, sobretudo sabendo que no Estado há sempre muitos tipos desprezíveis dispostos a venderem-se por uma esferográfica BIC.

Peliteiro,   às  23:18
0  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

domingo, 8 de março de 2009

Cocaine hub 

Agora - demorou alguns dias até a imprensa relacionar claramente a morte de Nino Vieira com o tráfico internacional de droga - que já sabemos que a Guiné Bissau é um grande entreposto de droga falta saber quem são os receptadores dessa mesma droga na Europa e, mais concretamente, em Portugal.

Peliteiro,   às  09:05
4  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

sexta-feira, 6 de março de 2009

Há dois anos... 

Vejo muitas vezes, no fim de almoço, na rua de Cedofeita, um trengo que conheço de andar por ali há muitos anos, encostado à porta do Mini-Preço, depois de tomar o seu cafezinho de depois de almoço. Muitas vezes o trengo, ainda hoje, encosta-se à parede, encurva-se todo, eleva o braço acima da cabeça e desce o braço devagarinho, leva a mão à boca e, dá uma grande passa. Trava o fumo profunda e demoradamente, soprando-o, lentamente, bem para o alto, com um esgar de prazer.
Já não é a primeira vez que no preciso momento em que o trengo expele o ar, com a mão a descer num círculo largo, eu vou a passar na rua mesmo em frente dele. Já não é primeira vez, ainda hoje, que nesse preciso momento, inexplicavelmente, me apetece, num gesto brusco, tirar-lhe o cigarro dos lábios, roubar-lho, roubar-lhe o prazer que ele obscenamente exibe, e fumá-lo eu.
Fumei o último cigarro há mais ou menos 2 anos. O tabaco é um vício dos diabos. Agora mesmo, fumava um cigarrinho - melhor, um maço!

Peliteiro,   às  00:11
7  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

terça-feira, 3 de março de 2009

Dois campeões de vendas em Portugal 

«People who suffer a heart attack nearly double the risk of having another if they are taking the widely used
blood thinner Plavix together with a heartburn drug like Prilosec.»

Peliteiro,   às  23:26
2  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

No país das maravilhas 

Ouvem-se os políticos e seus acólitos e este país é uma maravilha, as reformas são um sucesso, o simplex é um sucesso, o choque tecnológico é um sucesso, os cuidados de saúde primário são um sucesso, a redução das listas de espera é um sucesso, as ULS são um sucesso, as USF são um sucesso, a Farmácia nova do Hospital dos Covões é um sucesso...
Covões?
«Hospital dos Covões fica sem energia várias horas, sem plano de emergência, obrigando à transferência de doentes críticos».
Uma desmancha-prazeres essa realidade.

Peliteiro,   às  22:31
0  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Cocaine Hub 

A ler, na Time, para entendermos minimamente o que se passa na nossa "ex-colónia": «Guinea-Bissau is one of the Colombia cartels' most critical points for smuggling cocaine into Europe».

Peliteiro,   às  14:00
6  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

segunda-feira, 2 de março de 2009

Vão trabalhar malandros 

Ministério da Saúde lançou concurso público que exclui empresas portuguesas

Esta é a manchete do PÚBLICO de hoje. Pela leitura do artigo consegue-se perceber que um dos requisitos deste concurso é uma certificação pela ISO/IEC 20000:2005, certificação essa que nenhuma empresa portuguesa possui.
Ora, em vez de se questionar da importância da referida certificação ou da razão pela qual não há nenhuma empresa nacional certificada o artigo explora o filão do nacionalismo, dando voz aos «empresários que se mostram espantados e dizem que é inaceitável», numa atitude equivalente à de João Jardim preocupado em «dar resposta à mão-de-obra madeirense» e também, azar, do famoso «Keep British jobs for British workers».

Resultado: rapidamente, em menos de 24 horas, o Ministério da Saúde recua, elimina o requisito associado à qualidade e as empresas portuguesas já podem concorrer. Maravilha. Agora já se sabe, ganha o concurso aquela que tiver a maior cunha ou a maior capacidade de corrupção!

Peliteiro,   às  23:24
6  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Ena, ena! 

A 2º farmácia hospitalar do País entrou ontem em funcionamento no Hospital dos Covões.

Duas Farmácias abertas em 4 anos! Não sei se o Estado todo é tão tosco como nos sectores que acompanho mais de perto, mas precisar de 4 anos para abrir duas Boticas é um indicador irrefutável da ineficiência Pública, da azelhice mais completa, da incompetência extrema.
A este ritmo lá para 2049 abrirá a Farmácia aqui do Hospital da Póvoa... A venda de medicamentos em unidose, lá para 2101. Se correr bem.

Etiquetas:


Peliteiro,   às  23:11
1  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

La que lo parió! 

No mentí cuando dije que me quedaba en el Barcelona. Yo me quería quedar.
Volveré, claro. Cuando deje el fútbol, viviré en España.

Há três coisas que me enfurecem, todas começadas por "s", três coisas que me põe fora de mim: sopa fria, sapatos apertados e sacanas desonestos.

Peliteiro,   às  12:53
0  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Nino Vieira 

Realmente é estranho o silêncio da imprensa portuguesa sobre a morte de Nino Vieira.

ABC Mueren asesinados el presidente de Guinea Bissau y el jefe del Estado Mayor

El Pais El presidente de Guinea Bissau, asesinado por militares

Guardian Guinea-Bissau president ‘killed in clash between rival soldiers’

The New York Times President of Guinea-Bissau Said to Be Killed by Soldiers

Le Figaro Le président de Guinée-Bissau abattu


Peliteiro,   às  12:21
2  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Sempre gostei da Galiza 

«El pueblo gallego habló alto y claro»: Os galegos mandaram passear os socialistas.

Peliteiro,   às  00:34
0  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

O manteigueiro 

Compensa ser manteigueiro! O defensor do regime, o intelectual de serviço ao XVII Governo, será cabeça de lista do PS ao Parlamento Europeu. Vital Moreira é um dos maiores manteigueiros oportunistas do pós 25 de Abril, veja-se o exemplo das Farmácias: começou defendendo a liberalização da abertura, da propriedade e de tudo que se relacionasse com Farmácias - só faltou aconselhar a meter os farmacêuticos no Campo Pequeno -, servindo como ideólogo do regime, mas quando viu que este Governo não tinha "peito", que se limitou a liberalizar apenas em parte a propriedade e a criar umas coitadas de umas ParaVazias, logo argumentou sabiamente que nunca nenhum Governo se atrevera a tanto.

Há três coisas que me enfurecem, todas começadas por "s", três coisas que me põe fora de mim: sopa fria, sapatos apertados e sacanas desonestos.

Peliteiro,   às  00:30
3  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017      Setembro 2017      Outubro 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.