<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


sábado, 13 de outubro de 2012

Foi bonita a festa, pá. 

[Thomas Meyer / Global Imagens] - JN

Parece que correu muito bem a manifestação das farmácias. 4.000 pessoas é significativo. Esperemos que não se dê um efeito rebound.

Peliteiro,   às  18:03

Comentários:

 

És um gozão! ;)))

 

 

 

A partir de amanhã falamos desse efeito...
# por Blogger Gonçalves : domingo, outubro 14, 2012

 

 

 

Repare-se no uso que a bata do sr. da direita (Paulo Duarte?) não teve. Ainda se notam tão bem os vincos de uma bata desempacotada para a cerimónia... E o ar de pesar do matias e do cordeiro? Priceless! Também haverá missa de 7º dia?
# por Blogger GreenMan : domingo, outubro 14, 2012

 

 

 

Grande vergonha, em vez de se preocuparem com as boas praticas farmacêuticas fazem teatro dramático!!! quando o verdadeiro drama está no comportamento que têm com os seus colaboradores porque se estes não venderem, venderem como se de uma feira se tratasse vão para a rua.
Querem continuar a ganhar muito nem que para isso destruam tudo e todos, este sector está uma vergonha!!!
Coitado do utente deixou de ter importância para esta gente!!!
# por Anonymous Anónimo : domingo, outubro 14, 2012

 

 

 

Na verdade, caro Peliteiro, 4000 foi um número provisório. Estavam lá mais de 6000 pessoas. Mas o destaque deve ser dado às mais de 220000 assinaturas recolhidas que demonstram claramente que a população está ao lado das farmácias
# por Blogger Azrael : domingo, outubro 14, 2012

 

 

 

Os suspeitos do costume. De bata para quê, quando nem sequer metem so pezinhos ao balcão da farmácia? O Sr. Paulo Duarte a queixar-se de ter uma dívida a pagar pela restruturação da farmácia - coitadinho - foi o clímax deste triste espetáculo. Nojo e repulsa é tudo o que me ocorre.
# por Anonymous Farmacêutico : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Fantástica observação sobre as batas GreenMan, nota-se mesmo que eles nem sabem o que é engomar a bata na noite anterior a ir trabalhar!
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Cá para nós, que ninguém nos ouve, ou melhor, que ninguém nos lê, o "farmacêutico" que já foi "estagiário", está cheio de razão.
Qual cavaleiro branco, armado de tão altamente elevadas competências na matéria, fruto de longos anos de experiência profissional nas mais diversas e variadas boticas, desde as situadas nos cosmopolitas antros comerciais do Belmiro e quejandos, às mais modestas do Minho verdejante, do Alentejo tórrido e profundo, ou do ALLgarve dos bifes e camones, ele aí está pronto a dar a vida pelas "boas práticas farmacêuticas", pela ética e pela deontologia, à sua moda.
É verdade que, até agora, sem grandes resultados.
Pelos vistos - a versão é do próprio - nas farmácias onde foi ter, não conseguiu, por culpa alheia, é claro, educar as cambadas de ignorantes que encontrou pela frente, colocando-as no caminho certo.
Não só os DT e adjuntos, mas tambem as respectivas legítimas, a professora de Português, o sogro, a sogra, a filha, o genro de facto, os técnicos do antigamente, os actuais dos "cursos da ANF", a senhora da limpeza, o cão, o gato, o periquito e o canário, todos mais que convencidos que sabiam da poda, todos mentes empedernidas, refractárias e, de todo, incapazes de apreender as sábias lições e bons conselhos que tão esforçado e desinteressado "expert" na matéria, tinha para lhes oferecer.
Enfim, pérolas a porcos...

BlueMan
# por Anonymous BlueMan : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

O farmacêutico tem razão em vários aspectos. Carlos F.; Azrael; Blueman, tentam ridicularizar o rapaz com chás e periquitos, mas apenas demonstram o incómodo e a falta de argumentos perante os jovens e os menos jovens que denunciam neste blogue a podridão e exploração que vai nas farmácias portuguesas. O Sr. Cordeiro e afins estão muito pouco interessados em cuidados de saúde, estão acima de tudo preocupados com o dinheiro... Isto até um certo ponto seria legítimo, mas olhando para trás é impossível ignorar os milhões que Cordeiros e afins ganharam à custa do estado, inclusivé fazendo papel de instituição bancária, o que de todo não é correcto, nem parece ser da competência de uma instituição que não tem legitimidade para operar como banco... Isto só demonstra a perspectiva economicista da ANF e da organização denominada Farmácias Portuguesas, ao estilo da máfia que oferece proteção às farmácias em troco de juros e da subscrição de todo o marketing, sistemas informáticos e afins...
Um estado falido não sustenta contudo este sistema por mais tempo... Na Grécia os medicamentos já nem são comparticipados e o Cordeiro tem a lata de pedir ao Estado (todos nós leia-se) que pague mais pelos medicamentos... O dinheiro acabou, 220000 assinaturas, 4000 manifestantes, isso pouco ou nada significa na realidade... Muitas dessas assinaturas foram recolhidas num clima de fatalismo, quase que afirmando aos idosos e à população menos informada que se não assinar ficam sem medicamentos, até o próprio teatro do luto, ridiculariza a inteligência do povo português e demonstra o clima de medo que querem incutir na população. Azrael, Carlos F., Blueman e afins façam sacrificios e não se ponham à margem da austeridade apoiando campanhas demagógicas,oportunistas e descontextualizadas num clima de recessão... A Troika está de olho em vocês e o dinheiro deles não metem vocês ao bolso...
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Ò Anónimo, quando se fala do que se não conhece sai asneira: não se trata de pedir ao Estado para pagar mais pelos medicamentos - trata-se de remunerar o acto farmacêutico e deixar de se remunerar através do PVP (este pode até tender para 0 se o Estado o entender - o que baixará em muito a despesa com comparticipações). Vá ler as conclusões da Reunião e verá que o que lá está escrito não custa dinheiro ao Estado: custa dinheiro é aos Laboratórios.
Quanto à exploração: não conheço o dia-a-dia de muitas Farmácias portuguesas, mas conheço várias pessoas na indústria e, falando com um delegado da Novartis, há pouco tempo, este disse-me que uma boa percentagem das Farmácias não compra produto actualmente - não porque não queira mas porque não pode. Logo, despedimentos e baixas de salário para sobreviver serão consequências directas da sua má situação financeira e não de gulodice. Aliás, segundo me foi dito, a representante do Sindicato dos Farmacêuticos estava presente na Reunião e não foi crítica para com o sector mas para com o Estado.
Quanto aos ganhos da ANF: pense em quanto dinheiro o Estado poupou por pagar dezenas de meses depois de lhe ter sido prestado um serviço, especialmente em alturas em que as taxas de juro eram elevadas.
Outra coisa: pode-se ser da ANF e não ter o programa informático nem ser Farmácia Portuguesa.
Quanto á Troika: ao que parece, ficou sensibilizada, na última reunião com o sector, para o facto das metas negociadas já terem sido muito ultrapassadas, tendo referido que podiam ser pensadas medidas para reverter algumas das perdas - mas tal é da exclusiva responsabilidade do Governo.
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Assino por baixo do último anónimo e acrescento que a finanfarma é uma sociedade de facturing e tem toda a legitimidade para agir como banco nessa vertente.

Acerca do seu apelo para fazermos sacrifícios, mas acha que podemos escolher se fazemos ou não? Os sacrifícios são para todos. Proprietários, não proprietários, farmacêuticos, técnicos, etc.

Deve achar que 220000 assinaturas se recolhem com balelas. A população já percebeu. Acorde você também para a realidade.

A troika de facto concordou que as medidas foram excessivas para as Farmácias e que devem ser corrigidas pelo governo.

Por fim, por favor informe-se antes de falar do que não sabe.
# por Blogger Azrael : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Anónimo, para si só tenho uma pergunta, quem é que vai pagar o acto farmacêutico?

Não vão ser as farmácias de certeza...
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

http://www.dn.pt/inicio/interior.aspx?content_id=998927

A ANF operava como banco, muito antes de ter criado a Finanfarma...

# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

"Fundada em 1990, a Associação de Farmácias de Portugal conta, actualmente, com um grupo de farmácias unificadas em torno de uma mesma missão: a farmácia "livre" e orientada, acima de tudo, para a satisfação do utente."

Livre de quem será da máfia, ou melhor dizendo ANF, será que a ANF opera para a satisfação do utente ou terá outros interesses...


# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

"A AFP nasceu para prestar efectivos serviços às farmácias, sem delas se servir, afirmando-se assim como uma alternativa válida e credível."

Quem é que se serve das farmácias? Será a ANF?
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Vá lá... durante tantos anos a ANF foi fazendo o que fez com o apoio dos associados. Quem são eles? A maioria dos proprietários. Sentem-se enganados? Puderam votar em alternativas ao cordeiro e amigalhaços, mas à boa moda lusitana, nunca aconteceu nada. E votações na ordem de grandeza Kim-jong-il, que nunca puseram em causa o querido lider enquanto ele foi fazendo negociatas diversas, por vezes com dinheiros da ANF, através das portas travessas da Finanfarma e outros quejandos. Mas sublinhe-se, penso que nunca escondeu nada dos associados. Foi tudo feito com consentimento informado.
# por Blogger GreenMan : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

O Estado poupou muito dinheiro... Ui, ui, tanto dinheiro que poupou...

Diz o anónimo de cima: "Quanto aos ganhos da ANF: pense em quanto dinheiro o Estado poupou por pagar dezenas de meses depois de lhe ter sido prestado um serviço, especialmente em alturas em que as taxas de juro eram elevadas."

http://economico.sapo.pt/noticias/anf-recusa-perdoar-juros-ao-governo_97981.html

Tanta poupança...
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

http://www.primopraxis.pt/farmacia-portuguesa/troika-impoe-genericos-ainda-mais-baratos.html

http://sol.sapo.pt/inicio/Economia/Interior.aspx?content_id=18268


A Troika quer reverter o quê em concreto? A Troika afinal quer descer ou subir preços?

Ah quer que alguém pague uma taxa!

O Estado ou os utentes??? Mas estado e utentes não é a mesma coisa? Estes donos de farmácia são tramados pá... Confundem uma pessoa, só para irem buscar mais uns milhões... Não dá para conversar com esta gente...
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Temos aqui algumas farmácias para venda:

http://www.primopraxis.pt/farmacias-para-venda.html

Reparem no pormenor do item "nº de funcionários" em todas vão ser dispensados funcionários, curioso!


# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Disse na 6F que esperava mais de 100 mil assinaturas da petição. Como já foi dito atingiu as 224 mil e por este andar chegara às 300 mil. Isto prova a percepção das dificuldades por que passam as farmacias atualmente, por parte dos seus utentes. Fosse esta petição a favor da manutenção dos transportes publicos, p.ex. teria a mesma expressão ou ainda maior. Trago à colação os transportes publicos porque apesar de milhoes e milhoes de prejuizo daquelas empresas, aqueles individuos que ganham em media 2 mil euros/mes, com 28 dias de ferias/ano, continuam a fazer greves a mando do PCP/BE, agravando os prejuizos das empresas, dos utentes e do País. Essa gente não tem o minimo de respeito pela sociedade e eu considero-os por isso PARASITAS(preferia usar o termo em calao) da mesma.
Quanto aos profissionais ligados à farmacia de oficina que estão a ver o seu colapso financeiro e gozam com a situação eu diria o mesmo que aos dos transportes publicos: trata-se de parasitas do setor, portadores de mentes perturbadas com tendencias sadico-masoquistas. As suas mentes são tão doentias que misturam todos os aspetos relacionados com o setor mas que nada teem a ver com a situação que se está a viver nas farmacias. Um cidadao que se preze e esteja bem mentalmente, procura fazer parte da solução. Um individuo fustrado, revoltado, sadico-masoquista fará sempre parte do problema, a começar na familia e acabar no emprego. E que eu saiba este espaço de partilha de ideias não é de auto-ajuda.
# por Anonymous Carlos F : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

"Mesmo em crise, só fecharam oito farmácias"

"Na primeira metade da década, abriram mais de 250 farmácias. Na segunda metade, nenhuma. Ainda assim, apesar das queixas dos profissionais do sector, o certo é que em 10 anos só fecharam oito farmácias, revelam dados enviados ao Negócios pelo Infarmed."
7/02/2012

O Peliteiro, não se deixa cá enganar por Azrael e afins... O Peliteiro é incisivo e também já tinha questionado e questiona os fatalismos, os lutos da ANF e afins...


# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Tenha cuidado quando diz que "aqueles individuos que ganham 2 mil/euros por mês" são parasitas. Se acha muito 2 mil por mês para conduzirem material pesado, o que dizer de quem ganha 2mil euros ou mais para vender caixinhas com o auxilio do computador...
# por Blogger GreenMan : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Carlos F., além de Farmacêutico dono de farmácia também tem competências na área de saúde mental, frequentou várias unidades de psiquiatria, passou pela faculdade de medicina (pela porta, porque não tinha média para lá entrar...), lê vários livros de psicologia e mesmo na ausência de um diploma sente-se qualificado para fazer diagnósticos ao farmacêutico e afins. Porreiro pá... Deves ser daqueles que também impinge medicamentos aos utentes e fazes diagnósticos elaborados aos leigos...
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Carlos F., quem lhe diz que os detractores que aqui regularmente postam spam inflamatório são profissionais ligados à farmácia? Com esta cadência de posts anónimos bem podem ser pessoas de outros ramos (sabemos bem quem são os nossos inimigos e que não são poucos) a tentar dividir para conquistar. Ou até a mesma pessoa que tem para além de diarreia mental recorrente, um síndrome de múltipla personalidade tecnológica (aquela que só se manifesta sob o anonimato da internet) e se vê obrigada a fazer posts a torto e a direito. Daqueles que numa discussão em que fosse identificado nem daria um pio mas aqui é um heroi.

Dispare à vista não dispare às sombras que não vale a pena. Este(s) anónimo(s) são isso mesmo, sombras.
# por Blogger Azrael : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Azrael, farmácias de luto, interessante verificar o clima de fatalismo que esta gente adopta para levar a cabo os seus objectivos.

"Azrael é o Arcanjo da Morte islâmico. Ele também é o Anjo da Morte na tradição e folclore Judaíco-Cristã. Azrael é a forma em português para o nome árabe Azra'il (عزرائیل). O nome literalmente significa "aquele a quem Deus ajuda".Também é conhecido como Samael

Azrael, primeiramente conhecido como Azra, o descendente de Abraão e escriba da Babilônia. Nos primeiros anos do Cristianismo ele foi conhecido como Esdras, o profeta que profetiza a vinda do Messias. No início da história cristã foi dito que Azrael subiu aos céus sem realmente morrer. Ele foi mencionado pelo herege Marcião nomeado como "Anjo da Lei"."
Wikipédia

Reformulando:

"Nos anos do ANFismo ele foi conhecido como blogger, o profeta que profetiza o fim das farmácias."

"O nome literalmente significa "aquele a quem o Cordeiro ajuda" "




# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Greenman, ou lá o que seja:
Gostava de ter cuidado era a pagar impostos fruto de 12 horas de trabalho diario para sustentar parasitas, imberbes e energumenos que abundam na nossa sociedade.
# por Anonymous Carlos F : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Azrael, Carlos F. e afins são os verdadeiros parasitas da sociedade que usam os doentes e os trabalhadores como arma de arremesso e de chantagem perante o Governo. Não têm vergonha na cara! E pelo seu discurso nota-se perfeitamente que estão mentalmente desequilibrados, porque no fundo sabem que o "Reino ANF" está à beira do fim. E assim será. Merecido.
# por Anonymous Farmacêutico : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Quem é Azrael? Será nome próprio, será alcunha? Azrael é uma identificação perfeita, diz algo sobre o carácter, identifica algum fatalismo, tendências bíblicas ou religiosas talvez...

Anónimo ou Azrael é a mesma coisa, ou será que não...

Carlos F., conheço perfeitamente, quem é que não conhece?

Peço desculpa mas chamo-me Anónimo, alguns dirão que não é um nome bonito, outros talvez que Azrael ou Carlos F. é mais fácil de identificar, mas eu aposto que se forem à lista telefónica, eu sou o único Anónimo que lá está...

Anónimo F. presente!
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Carlos F. preciso de uma opinião profissional... Estou preocupado com o Azrael, em particular com esta afirmação:

"(sabemos bem quem são os nossos inimigos e que não são poucos)"

Será mania da perseguição? Parece que ele também anda com receio de sombras...Atente nesta afirmação colega:

"Dispare à vista não dispare às sombras que não vale a pena. Este(s) anónimo(s) são isso mesmo, sombras."

Noto aqui algum carácter violento, mesmo bélico, em que o uso a armas parece ser recorrente "Dispare à vista, não dispare às sombras que não vale a pena." Preocupa-me o facto de ele querer cegar alguém quando refere "Dispare à vista", será que ele quer que os portugueses não vejam a realidade...

Depois como não consegue argumentar e percebe que os Anónimos tem razão, num acto de lucidez refere não dispare às sombras, que ele mais tarde identifica como sendo os Anónimos:
"Este(s) anónimo(s) são isso mesmo, sombras."



# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

"Carlos F., quem lhe diz que os detractores que aqui regularmente postam spam inflamatório são profissionais ligados à farmácia?"

Ò Azrael, o Carlos F. sabe que é um profissional de Farmácia, pois só quem está dentro do meio conhece todos estes podres e a realidade que Vossa Exma. quer negar... Dah...

Vossa Exma. tem problemas em ouvir os outros e por isso aponta as opiniões dos outros como "Spam inflamatório...", talvez por isso identifica aqueles que se opõem às suas opiniões de "heróis" pois quando se fala pessoalmente consigo, dono da verdade como demonstra ser, ninguém dá "um pio"... Spam decide quem lê, mas você está habituado a mandar em tudo e em todos, desde o pessoal da farmácia até aos seus círculos pessoais talvez...
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Querem ver que vão
Discutir religião?!
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Isto esta mesmo mal para o tempo que aqui andam ...
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Esperem lá, afinal a ANF quer que as farmácias sejam financiadas pelo acto farmacêutico... Será que por acto farmacêutico querem dizer "dispensa de medicamentos pelos super auxiliares ANF e rubrica do DT para parecer mais científico"?

É que querer acto farmacêutico e aconselhar o despedimento de farmacêuticos é no mínimo incoerente.
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Para o Carlos F., Azrael e aparentados, a ANF é uma religião. A ANF está repleta de dogmas inquestionáveis, cobram o dizimo ou algo semelhante, até já realizam cortejos fúnebres... Só lhes falta querer comprar o Coliseu, para realizar as reuniões... O Farmacêutico seria convidado,para uma sessão de exorcismo...Ahahahah
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

"Muitas vezes há mais bom senso numa única pessoa do que numa multidão"

Fedro

"A antiga sociedade romana estava dividida praticamente em três classes: patrícios, plebeus e, a classe da qual Fedro deve sua origem, os escravos, compreendia a população recrutada entre os derrotados de guerra, considerados instrumentos de trabalho, sem nenhum direito político. Na fábula "O lobo e o cordeiro", Fedro deve ter se baseado nesses acontecimentos de sua época para, ao final, como lição de moral dizer que "esta fábula foi escrita por causa daqueles homens que oprimem os inocentes com pretextos falsos".

Azrael,Carlos F. e afins fazem parte "daqueles homens que oprimem os inocentes com pretextos falsos".

O Farmacêutico faz parte dos escravos, considerado um instrumento de trabalho, sem nenhum direito político, até a própria liberdade de expressão lhe é posta em causa pelo Azrael e Carlos F., que recorrem ao insulto directo às suas capacidades mentais, em vez de argumentos devidamente apoiados por documentação e referências,como muitos dos links acima citados...


# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Interessante que a fábula de Fedro, o "Lobo e o Cordeiro", assemelha-se em muito à situação que a ANF pretende criar...

"A razão desta fábula é que o pretexto é ocasião do malvado para oprimir o inocente."

A ANF (Carlos F.; Azrael e afins) pretende oprimir os inocentes,ou seja, a população e os profissionais como o Farmacêutico, criando cenários de desemprego, baixando os ordenados ao ponto de os tornar "escravos" e ameaçando a população que fecham portas e os privam dos medicamentos...

Aproveitam a ocasião de "crise" para criar pretextos demagógicos, cujo verdadeiro intuito é continuarem a encher os bolsos à custa da população e dos profissionais...

A ANF (Carlos F., Azrael) esquecem-se de partilhar a "água", ou melhor dizendo os lucros, com os funcionários e querem que os utentes paguem mais pelos medicamentos directa ou indirectamente apenas para encher ainda mais os bolsos... Para manter uma autêntica fonte a correr em suas casas, enquanto os funcionários e população morrem à sede...

# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

http://www.jn.pt/paginainicial/interior.aspx?content_id=506003

"Há farmácias à venda por sete milhões de euros"
Publicado em 2005-08-01

Quem tudo quer, tudo perde...
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

A tradução mais correcta de Azrael é Anjo da Morte. Podia ter perguntado e poupava esforços
# por Blogger Azrael : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Tenho me divertido muito com os tiros no escuro e nas suposições completamente erradas que todos os anónimos têm feito acerca de mim. Por favor continuem.

Já agora, Azrael e anónimo não é a mesma coisa. Porque só eu é que posso postar com o perfil de Azrael e qualquer pessoa pode postar como anónima.

Qualquer pessoa com o mínimo de inteligência perceberia isso portanto acho que não é necessário dizer qual a conclusão que se pode tirar daí.
# por Blogger Azrael : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Tem toda a razão, Sr Anónimo aí de cima.
De facto, houve uns patuscos, farmacêuticos ou não, que pagaram balúrdios estratosféricos por farmácias, sem qualquer racionalidade económica, ou seja, nunca conseguiriam gerar receitas suficientes para solver os encargos que assumiram com a banca, isto dentro da actividade normal da farmácia.
É claro que, se já nessa altura a coisa era impossível, ainda mais o é nos dias que correm. A banca, agiota, que só ganha dinheiro emprestando e especulando, sendo para farmácias emprestava sempre, interessava-lhe o enchimento da bolha. E, se o patusco não conseguisse cumprir, tambem não havia problema, logo apareceria outro patusco ainda mais guloso que o anterior, pronto para ser tosquiado.
São estes patuscos, repito, farmacêuticos ou não, mas verdadeiros patos bravos, com toda a certeza, que entraram pelos descontos, pelos "protocolos" com todas e quaisquer colectividades ou associações, com horários que obrigariam, cumprindo a Lei, à duplicação do efectivo do pessoal, que não pagam horas extras, nem sequer pagam os salários que a portaria estabelece.
O normal, seria que o "farmacêutico" e respectiva claque, encorajasse estes assalariados verdadeiramente espoliados e explorados a denunciar junto das entidades competentes, Inspecção do Trabalho, Infarmed, etc, estas situações de autêntica escravatura moderna, em vez de generalizar e medir a todos pela mesma bitola.
Ninguem está mais interessado no cumprimento e respeito pelas regras que a generalidade dos DT/proprietários e seus colaboradores, felizmente a grande maioria.
Até porque são eles os grandes prejudicados, vítimas de manifesta e evidente concorrência desleal por parte de gente sem escrúpulos, que não olha a meios, para as quais vale tudo...

A. Castro
# por Anonymous A. Castro : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

"A tradução mais correcta de Azrael é Anjo da Morte"

Se for mesmo verdade, não acha que escolher a alcunha "Anjo da Morte" do médico Josef Mengele, conhecido eugenista ao serviço dos nazis em Auschwitz, é um pouco infeliz?

# por Blogger GreenMan : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Gostaria de sugerir ao senhor da fabula, o que me parece ter um QI digno de respeito por estas bandas, que passe a identificar-se por "narrador". Penso que lhe dará um certo charme.
Aos colegas farmacêuticos trucidados diariamente pelas "sombras" destes senhores, cujo único futuro profissional que encontrarão quando a farmacia já não lhes alimentar o nível de vida será o de reles carpideiras, que para isso têm jeito... Como dizia, aos meus verdadeiros colegas e colegas do ilustre "farmacêutico" sugiro que juntem meia dúzia de impressões de vendas sem receita, alterações manhosas de stocks e outras pérolas que vocês sabem existir pelo tasco onde laboram e num dia em que estejam particularmente aborrecidos, enviem tudo para o Infarmed. Antes de acabarem convosco, acabem voces com eles.
# por Anonymous Lady C : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Não querendo defender directamente a ANF, mas às vezes alguns deviam-se lembrar do porquê da sua criação.

Mas para alguns estará sempre tudo mal, querem a perfeição ao cimo da terra.

Quanto ao resto, quase tudo, nem leio, é só insultos disfarçados para um lado e para o outro
# por Anonymous Who Cares : segunda-feira, outubro 15, 2012

 

 

 

Pela primeira vez apresentei queixa no Infarmed, recentemente. Aguardo o resultado. Infelizmente o Infarmed também é mais um nado-morto do que outra coisa... Vamos ver!
# por Anonymous Farmacêutico : terça-feira, outubro 16, 2012

 

 

 

Provávelmente dá em nada.
O mais que ganha é um convite para um chá.
# por Anonymous Anónimo : terça-feira, outubro 16, 2012

 

 

 

Tiro meu chapeu ao comentário da Lady C.
Aborrecidos ou não, vamos lá a desmascarar essa corja de proprietários, "investidores", farmacêuticos ou não, oportunistas sem escrúpulos, denunciando a quem de direito as respectivas malfeitorias.
Quem está e sempre esteve, neste sector, de mãos limpas e cabeça levantada, quer se trate de DT/proprietários ou colaboradores assalariados, só tem que agradecer.
Fora com os batoteiros !!!

Mister A.
# por Anonymous Mister A. : terça-feira, outubro 16, 2012

 

 

 

Olha ela o farmacêutico fez queixa ... grande bufo , continua a cuspir no prato da sopa... as cuecas fio dental estão-te apertadas?
# por Anonymous Anónimo : terça-feira, outubro 16, 2012

 

 

 

Caros Colegas e pseudo-Colegas, agradeço moderação na linguagem e nos epítetos. Obrigado
# por Blogger Peliteiro : terça-feira, outubro 16, 2012

 

 

 

O que é que quer dizer com cuecas fio dental? Ou é só ordinarice sua?

Não sou bufo, apenas defendo a minha integridade e independência profissional.

Se está com urticária cure-se.
# por Anonymous Farmacêutico : terça-feira, outubro 16, 2012

 

 

 

Desculpem, mas já me aborrece ver comentários com pouco conteúdo, por isso poupem-me se faz favor dos que são parcos na forma...advérbios de modo não se acentuam, pelo que PROVAVELMENTE não há convite para o chá e compensar a falta de capacidade de argumentação com insultos e ordinarices, também se dispensa.

Gostaria apenas de referir que o sr. Farmacêutico não está propriamente a cuspir no prato onde come, está a cumprir um dever deontológico, ético e cívico. Se o "ordinário" desconhece o significado de algum destes 3 conceitos, consulte um dicionário.

Ao ilustre colega, asseguro-lhe que o Infarmed faz habitualmente uma visitinha às farmácias alvo de denúncias. São sempre momentos de muita emoção, asseguro-lhe.
# por Anonymous Lady C. : terça-feira, outubro 16, 2012

 

 

 

Com tanta discussão sobre o vácuo e com o gozo de umas bocas ...tenho de parar...´de tanto rir desses orgulhos inflamados , desses peitos heroicos sujeitos ás balas ...quais herois da mitologia grega debatendo-se contra a hidra da ANF , com anjos e demónios , uns verdadeiros Hércules outros só mesmo bufos...
Podiam convidar o Bruno Nogueira para a discussão
# por Anonymous Anónimo : terça-feira, outubro 16, 2012

 

 

 

Homem Verde, questiono a sua autoridade na matéria de alcunhas. Mas repare, Azrael é uma personagem da mitologia judia, uma personagem de banda desenhada, uma personagem de um filme, etc... Porque raio se foi lembrar desse carniceiro?
# por Blogger Azrael : terça-feira, outubro 16, 2012

 

 

 

Para sua informação: http://en.wikipedia.org/wiki/Azrael
# por Blogger Azrael : terça-feira, outubro 16, 2012

 

 

Enviar um comentário


 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017      Setembro 2017      Outubro 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.