<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


terça-feira, 27 de maio de 2014

PS inSeguro 


Depois da vitória frouxa nas europeias o PS de Tó Zé Seguro está assim.

Peliteiro,   às  13:02
22  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

quinta-feira, 15 de maio de 2014

O farmacêutico mordeu uma matilha! Mas, ninguém quis saber! 

Ema Paulino, escreveu no Jornal i o que eu tinha intenção de escrever - mas em muito melhor - e acabei por não fazer:

«Diz-se que só quando o homem morde o cão é que se faz notícia. E, de facto, pode-se dizer que foi isso mesmo que se passou esta semana, na sequência da apresentação dos resultados de uma avaliação quanto à prescrição e dispensa de antibióticos, conduzida pela DECO - Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor.
...
O que não fez parangonas, e, em alguns casos, nem sequer granjeou qualquer menção, foi a segunda parte do estudo, em que se concluiu que em 70 farmácias em que foi solicitado um antibiótico sem receita médica, só uma o dispensou. Em todas as outras farmácias, a sua dispensa foi negada, tendo sido recomendada a utilização de analgésicos e anti-inflamatórios, medicamentos apropriados para a situação identificada.
Apesar destas avaliações não terem qualquer validade estatística, e, não poderem assim as suas conclusões ser generalizadas, a atuação das farmácias merecia ter sido destacada. Afinal, as farmácias são frequentemente apontadas como entidades privadas que visam expressamente o lucro, e como tal são raramente incluídas nas estratégias de saúde pública promovidas pelo SNS.
...
Mas também a atuação dos profissionais médicos merece uma reflexão para além da incriminação individual de quem esteve envolvido. Enquanto profissionais de saúde e sociedade, temos de reconhecer que temos reiteradamente confundido dois termos, que não são de todo intercambiáveis: o diagnóstico e a prescrição. A competência médica de excelência é a arte de diagnosticar. Prescrever é uma ferramenta legal para a promoção do acesso ao tratamento necessário. Mas, enquanto indivíduos e sociedade em geral, a nossa expectativa quando vamos ao médico é trazer uma receita.
...
Quando reconhecermos quais são as competências de cada um dos atores (que decorrem da sua formação específica) e quais são as tarefas que lhes devem estar associadas, daremos um passo de gigante em direção aos cuidados verdadeiramente centrados na pessoa. E, finalmente, promoveremos uma utilização mais eficiente dos profissionais de saúde disponíveis. Suponho que em alguns locais de prática clínica, e apesar do vazio legal, esta partilha de responsabilidades já existe. Mas, infelizmente, também nestes casos... o homem não mordeu o cão.»

Peliteiro,   às  22:37
14  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Bactérias multirresistentes transportadas pelos correios 

A Direcção-Geral da Saúde publicou uma norma sobre «Vigilância Epidemiológica das Resistências aos Antimicrobianos», de cumprimento obrigatório para todos os laboratórios do Sistema Nacional de Saúde. Bem.
Os laboratórios devem «enviar, em cultura pura, ao Instituto Nacional de Saúde INSA» os microorganismos "Alerta" detectados (por exemplo o famigerado Staphylococcus aureus resistente à vancomicina) e, a «indicar pelo INSA, para cada agente microbiano», também «em cultura pura», os microorganismos "problema" (por exemplo o dificílimo Clostridium difficile).

Obviamente, em tempo de crise, o «envio da estirpe é da responsabilidade do Diretor Técnico do Laboratório».
Existe legislação sobre transporte de mercadorias perigosas - Decreto-Lei n.º 206-A/2012 - mas poucos a conhecem e muito poucos a cumprem.
Pelo que não é improvável (não tenho evidências evidentes) que já tenha sido transportado um frasco de plástico com uma cultura pura de bactérias muito problemáticas, que até podia ser usada em bioterrorismo, ao lado do presunto que o Ti Manel enviou para o sobrinho de Lisboa. Como diz o outro, só em Portugal...

Peliteiro,   às  00:01
1  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Apito encarnado 

Benfica 2 - Sevilla 4
 

Etiquetas:


Peliteiro,   às  22:49
2  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Admirável mundo novo 

«Oferecemos aos pacientes a oportunidade de comprar os seus medicamentos online, sem o incómodo de ter que visitar o seu médico ou farmacêutico.»

Pois, comprar medicamentos, mesmo de receita médica obrigatória, é cada vez mais fácil, mesmo que não se saiba bem qual a sua proveniência, se são ou não falsificados, com apresentações não aprovadas em Portugal e, até, mesmo que sejam mais caros.

Realmente, médicos e farmacêuticos só atrapalham, não se incomode e compre drogas oinline. Onde pára o Infarmed?

http://www.euroclinix.com.pt/livial.html

Etiquetas: ,


Peliteiro,   às  22:58
30  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

terça-feira, 6 de maio de 2014

O "eldorado" farmacêutico 

Vital Moreira vem hoje puxar dos galões pelo seu «combate contra o regime das farmácias».
Refere que «as coisas só começaram a mudar com Governo Sócrates», que falta «liberalizar a criação de farmácias» e que «ao longo dos anos, os consumidores e o SNS foram expoliados [espoliados, Sr. Professor?] em milhões e milhões de euros».
Esqueceu-se de referir a diminuição drástica da qualidade dos serviços farmacêuticos, das populações que ficaram sem farmácia, das fraudes e vigarices que têm ocorrido recentemente. Nada de relevante...

Peliteiro,   às  22:38
7  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Deviam fazer-me uma estátua! 

Os donos das farmácias deviam fazer-me uma estátua. Estando numa situação financeira má, muitos deles ponderarão vender o negócio, mas em vez de promover o produto insistem em lamúrias, em propagar que as coisas vão mal, que estão insolventes, que em breve têm que fechar as portas... Errado. Assim desvalorizam o negócio. Desdenhar não rima com vender.

Há que dourar a pílula! É o que eu lhes tenho feito: «Quem continua a não acreditar que a situação seja tão negra quanto a pintam é Jorge de Sá Peliteiro, que em 2012, através do seu blogue Impressões de um Boticário de Província, se propôs comprar uma farmácia por 250 mil euros no triângulo Porto-Viana-Famalicão. Não houve propostas. “Não há dúvida de que a rentabilidade das farmácias desceu muito. Mas daí a dizer que as farmácias estão de luto e que vão fechar 600 [como fizeram os responsáveis da ANF] vai uma grande diferença. As que foram compradas por grandes valores estão em situação financeira difícil, agora as que nunca se meteram em loucuras continuam a ter capacidade de sobreviver”, assegura Jorge Peliteiro, para quem os preços “ainda estão muito elevados”, rondam “uma vez a 1,2 da facturação anual, quando antes chegavam a três vezes”. “Um negócio que está na falência devia ser mais barato.”»


Ironias à parte, parece que entretanto a margem das farmácias foi melhorada...


Peliteiro,   às  19:19
7  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017      Setembro 2017      Outubro 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.