<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


quinta-feira, 4 de abril de 2013

Já fecharam 150 farmácias? 

Um pequeno pormenor que passou quase despercebido mas que deveria ser ponderado pelas agências de comunicação responsáveis pela mensagem das imensas farmácias que estão na iminência de falir e fechar mas que nunca mais fecham:

«Paulo Macedo disse ontem que o governo não ignora a situação bastante complicada mas revelou que o Infarmed tem 463 pedidos firmes de abertura».

PS: Contando comigo são 465, Pita Barros, embora não consiga explicar isso.

Peliteiro,   às  23:01

Comentários:

 

Gostava muito de saber o que são pedidos firmes de abertura.

 

 

 

Vai o Peliteiro voltar ao mesmo, falar do que não sabe. Tem noção que imensas farmácias estão a reduzir drasticamente os salários do funcionários ? Tem noção do número de despedimentos? Tem noção que muitas vivem neste momento da redução progressiva de stocks à espera do que há de vir? Tem noção que esses pedidos de abertura não contradizem nada disto ?

Abrir um negócio sabendo as regras do jogo é bem diferente do que as regras mudarem no meio do jogo em que estás a jogar.
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, abril 05, 2013

 

 

 

Resposta um pouco longa aqui: http://momentoseconomicos.wordpress.com/2013/04/04/lucros-e-regulacao-no-sector-do-medicamento/


abraço
Pedro Pita Barros

(ps. não consegui deixar comentário sem ser como anónimo)
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, abril 05, 2013

 

 

 

Pita Barros desde que trabalha para a ANF mudou de opinião... É normal.
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, abril 05, 2013

 

 

 

Caro Pita Barros,
Não questiono nada do que escreve - de facto muitas das farmácias que poderiam abrir teriam como destino um rápido encerramento, muito embora com uma estrutura de custos mais leve e uma melhor gestão (uma boa parte das farmácias é gerida pelas mesmas pessoas há décadas, baseada em modelos de gestão velhos e desadaptados, outra é gerida por jovens nascidos ricos) as novas farmácias estariam melhor adaptadas a um tempo de mudança -, apenas o facto de se não abrirem concursos para novas farmácias - especialmente em zonas deixadas vagas por transferências recentes ou a mais de 2 km da próxima, como previsto em legislação - com base em postulados duvidosos (vidé entrevista de Pita Barros à RTP esta semana), sem cumprir o princípio legal «Deve ser respeitado o princípio da liberdade de instalação das farmácias, desde que observados os requisitos legalmente previstos» - sou contra a liberalização da abertura de farmácias -, sem deixar o mercado funcionar, como é agora uso dizer-se.
Porque não abrem concursos para farmácias desde 2004 e porque será que agora nos querem impingir que ninguém quer abrir farmácias? Abram as farmácias que as populações precisam e que alguém está disposto a investir - Macedo diz ter centenas de pedidos "firmes" no Infarmed, eu e muitos colegas também queremos abrir farmácias -, se fecharem qual é o problema, abrem outras.

Ainda, sobre «Tenho recebido vários relatos de donos de farmácias que voltaram a passar muito mais tempo ao balcão», uma evidência de que a crise não nos traz apenas coisas más...

Abraço de admiração
# por Blogger Peliteiro : sexta-feira, abril 05, 2013

 

 

 

O Sr. Peliteiro continua a não perceber nada nem querer ver.

E discutir sem argumentos com o Professor Pita Barros é simplesmente de rir...


Professor não perca o seu tempo...
# por Blogger Buiça : sexta-feira, abril 05, 2013

 

 

 

"uma boa parte das farmácias é gerida pelas mesmas pessoas há décadas, baseada em modelos de gestão velhos e desadaptados”

Caro Peliteiro, recordo o seu próprio post sobre "os investidores" (http://www.peliteiro.com/2012/02/os-investidores.html). Mudou de opinião?

"Outra é gerida por jovens nascidos ricos"

Aos jovens nascidos ricos, também lhes é dada uma poção mágica nos primeiros anos de faculdade que lhes atrofia a capacidade de gerir? Nascer rico é uma desvantagem quanto a competências de gestão? Por oposição nascer pobre é uma vantagem?
# por Blogger Azrael : sábado, abril 06, 2013

 

 

 

De qualquer forma também concordo que abram farmácias onde elas são precisas.
# por Blogger Azrael : sábado, abril 06, 2013

 

 

 

Noto finalmente que o colega Peliteiro acorda para a realidade que é a sociedade por castas de farmacêuticos. Seja bem vindo.
# por Blogger GreenMan : domingo, abril 07, 2013

 

 

 

Não Azrael, não mudei de opinião (embora isso não seja uma impossibilidade em si mesmo). Eu disse uma boa parte, não todos; os "investidores" ainda me divertem, mas são cada vez menos e mais murchos, estão quase todos na falência... :)
Quanto aos jovens nascidos ricos, queria dizer que a selecção não foi feita pelos melhores mas pelos mais ricos. Acredito piamente :) na concorrência como catalizador de melhoria e progresso: jovens ricos não promovem a concorrência, jovens competentes sim.
Grande abraço (não quer ponderar começar a escrever regularmente no Boticário?)
# por Blogger Peliteiro : domingo, abril 07, 2013

 

 

 

GreenMan, não sendo vaidoso, nem querendo puxar de galões, posso dizer-lhe que pela minha diversa experiência profissional sou das pessoas em Portugal que tem obrigação de melhor conhecer o sector e seus agentes. Se não tivesse acordado para a realidade há que séculos seria autista ;)
# por Blogger Peliteiro : domingo, abril 07, 2013

 

 

 

Caro Peliteiro, estamos de acordo em quase tudo então.

Eu diria que há concorrência saudável que impele o sector no bom caminho e há concorrência do pato bravo que se aproveita da geral desinformação da população sobre saúde e medicação para ganhar posição no mercado à custa da prestação de um serviço que apesar de ser mau do ponto de vista ético, técnico e científico, é percepcionado como bom. Daí ter as minhas reservas quanto à concorrência como impulsionador de melhoria e progresso num sector em que grande parte dos "clientes" não sabem avaliar a qualidade ou idoneidade do serviço que lhes está a ser prestado nem é, na maior parte das vezes, ele quem escolhe o que vai adquirir.

Quanto ao convite para escrever regularmente fico honrado mas terei que aguardar que a minha actividade me permita passar a trabalhar menos de 12 horas por dia para isso;)

Contudo se me permitir escrever irregularmente terei todo o gosto.

Um abraço
# por Blogger Azrael : segunda-feira, abril 08, 2013

 

 

 

Azrael, a honra é toda minha. Como se vê, nem sempre tenho tempo/ disposição/ idade para escrever com a assiduidade necessária para interessar a um público de excelência ;) É preciso sangue novo para escrever para uma malta que está finalmente a chegar à net.
Para que mail lhe mando o convite (o meu é peliteiro@gmail.com)?
# por Blogger Peliteiro : segunda-feira, abril 08, 2013

 

 

Enviar um comentário


 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.