<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


quarta-feira, 1 de abril de 2009

Só pode ser mentira! 

«Depois dos desmandos urbanísticos da década de 80, que desfiguraram a marginal da cidade, a Câmara da Póvoa aprovou a abertura de um período de discussão pública para a proposta do plano de pormenor que vai permitir a construção de edifícios - um deles um hotel, que poderá ter 11 pisos - na zona ocupada actualmente pelo estádio e campo de treinos do Varzim, Clube Desportivo da Póvoa e praça de touros. Este é o único espaço livre de prédios na frente marítima poveira, mas terá um índice de construção "excepcional"
A parte relativa ao Varzim terá um edifício com 5 pisos, outro com 8 e um centro comercial de 2 pisos com 21.900 metros quadrados e estacionamento subterrâneo. O hotel, já no actual terreno do Clube Desportivo da Póvoa, poderá ter, no máximo, 11 pisos
». PÚBLICO

Só pode ser mentira de 1 de Abril a construção deste bloco de cimento - até um prédio de 11 pisos! - em frente ao mar, numa zona com dificuldades de acessos, atafulhada de carros e com uma praia, recheada de Salmonelas, onde já não há lugar nem para mais um.

Só pode ser mentira de 1 de Abril, mas se não for... É bem evidente o que é!

Etiquetas:


Peliteiro,   às  23:10

Comentários:

 

OFF TOPIC:
(Publicado em http://medicoexplicamedicinaaintelectuais.blogspot.com/2009/04/lisboa-15-farmaceuticos-nao-vao.html)
Já sei que vou ser criticado, enxovalhado, menorizado, bloqueado(?), argumentadamente contrariado, etc. Seja. Mas vou dizer algumas coisas que me vão na mente. Tenho visto neste blog criticar-se - os autores, bem entendido - muita gente, muita coisa. Algumas delas com as quais concordo plenamente, algumas com as quais discordo frontalmente. Mas tenho-me apercebido de uma coisa. Parece-me que este espaço se está a tornar demasiado faccioso. E mostra, por vezes, a pior face dos médicos. A corporativista. Sim, porque defeitos e feitios, todos temos. Mas o corporativismo parece ser mal que grassa na classe. E não se resume aos médicos mais velhos. Parece que há toda uma formatação, inclusivamente durante o curso; pelo que isto se estende igualmente tanto a professores catedráticos como a internos do ano comum. Creio que esta situação leve a que hoje, infelizmente, o estatuto dos médicos na sociedade não seja com base no respeito que deveria existir mas sim com base no “é melhor não dizer nada, porque um dia posso vir a precisar dele”. Chama-se medo. E, por isto, creio ser urgente o aparecimento de mais faculdades de medicina: públicas, privadas. Só assim, quando houvesse um excedente de médicos, haveria uma melhoria dos cuidados; por vários motivos: menor proporção médico:doente, “Darwinismo profissional”, maior especialização. Melhor saúde. Mas o tal corporativismo corta, imediatamente, as pernas a isto. Assim, permitam-me que aprofunde a opinião. Relativamente a esta circular da ANF – e eu, sem ser contra, também não sou propriamente pró-ANF – parece-me que vem a más horas. Por uma simples razão: vem tarde. Muito tarde. Os medicamentos deveriam ser prescritos por DCI. Em 99% (estimativa minha sem dados que a suportem minimamente, para além de alguns meses de experiência como farmacêutico comunitário) das vezes não o são. Creio não estar em erro, mas um dos argumentos dos médicos para “trancar as receitas”, é que conhecem o medicamento e sabem que este surte efeito. Parece-me argumento que não cola. O que são os genéricos? São medicamentos com a mesma substância activa, dosagem, forma farmacêutica e são bioequivalentes. E, quem garante que isto é assim é precisamente quem garante os medicamentos ditos “de marca”. É o Infarmed, através dos seus peritos, especialistas idóneos: médicos, farmacêuticos, toxicologistas, etc. Medicamentos que (sejam de marca ou genéricos), para além disso, necessitam de aprovação por parte da Comissão de Avaliação de Medicamentos, constituída por altas individualidades das respectivas áreas, médica e farmacêutica. Rejeitar os genéricos é, portanto, numas situações pôr em causa instituições e pessoas e noutras aceitar o que essas mesmas instituições e pessoas emitem. Mas não me parece que seja isto que se passa. Ninguém é parvo e os médicos muito menos. Mas alguém tem dúvidas que a esmagadora maioria dos médicos tem a perfeita noção de que os genéricos funcionam tão bem quanto qualquer medicamento de marca (são os utilizados nos hospitais, por exemplo)? Obviamente que o sabem. Tal como também é sabido que as relações entre médicos e laboratórios são de uma promiscuidade extrema e a verdadeira razão da esmagadora maioria de que falei se prende não com benefícios para o doente (porque os efeitos dos genéricos e dos de marca são sobreponíveis), mas com benefícios para os próprios. Só não sabe dos “congressos” e afins de N dias em locais paradisíacos quem não quer. Sem contar com tudo o resto. Vejamos, a ANF não obriga ninguém a levar os medicamentos mais baratos. Simplesmente dá a oportunidade a que quem não possa pagar medicamentos, tenha acesso a medicamentos em que a marca não se paga. Talvez os médicos, do isolamento dos seus gabinetes, não o saibam, mas existem pessoas que, na farmácia, com as suas reformas baixíssimas, pedem, imploram, choram, para lhes serem fornecidos medicamentos, mais baratos; contam moedas de cêntimo para ver se chega; perguntam qual faz menos falta porque não podem levar todos; e ficam a dever à farmácia para poder levar uma embalagem que seja do que é receitado. Infelizmente esta é a realidade do nosso país. E infelizmente muita gente ainda fecha os olhos a isso. Quanto aos médicos quererem aproveitar esta situação para lavarem as mãos de quando algo corre mal, acho imoral. E, isso sim, acho criminoso. Até porque, e como já disse, o corporativismo corrói a classe e quer haja erro flagrante do médico ou não, nunca nenhum é condenado, porque nunca nenhum colega é capaz de contradizer outro em tribunal. Infelizmente para umas coisas a medicina é uma ciência muito precisa e muito técnica e para outras é sujeita a variáveis infinitas, pelo que nunca é possível avaliar o comportamento de ninguém. E agora, comece o achincalhamento. Cumprimentos, NA.

 

 

 

ERRATA: onde se lê "menor proporção" deve ler-se, obviamente, "maior proporção". NA
# por Anonymous NA : quinta-feira, abril 02, 2009

 

 

 

Mentira já foi: o índice de construção não seria mais que 1,4. Recordam-se? E sabem quem o disse em entrevista aum jornal? O homem das obras!
O índice máximo de 1,8 (como no Quintas)jamais...seria um exagero!
Para manter o "equilíbrio" na zona (e não só, acrescento eu) decidiram ficar pelo índice ...de1,79! Alta visão!
Uma vantagem extra para o hotel de 11 andares: do último piso vai poder ver-se o mar!
# por Blogger Manuel CD Figueiredo : quinta-feira, abril 02, 2009

 

 

 

Esta Câmara é uma atrás da outra.
Já não chegava os barracões na areia e agora querem torres de cimento na frente urbana?
ESTÃO A MATAR A PÓVOA.
CRIMINOSOS.LADRÕES.
não consigo esconder nem calar a revolta por aquilo que estão a fazer à nossa terra.
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, abril 02, 2009

 

 

 

Em primeiro lugar, tenho pena que os vereadores da oposição se tenham abstido. Não basta dizer "Basta"; é preciso agir políticamente em conformidade.
Em segundo lugar, tenho pena que se ande a falar nisto há mais de um ano, a escrever em jornais que o interesse da Póvoa é relegado para segundo plano, até providências cautelares se fizeram, para, agora, ficarmos todos escandalizados com o que se está a passar. No entanto, é a lógica do mercado. PF
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, abril 02, 2009

 

 

 

Gosto especialmente da última frase do artigo: "Provavelmente a câmara vai utilizar a figura de expropriação para execução do plano, porque é [a maneira] mais expedita e talvez mais justa. É MUITO DIFÍCIL NEGOCIAR COM AS PESSOAS", confessou o autarca.
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, abril 02, 2009

 

 

 

Cambada de ladrões !

Deviam ser corridos à pedrada da Póvoa !

O PSD da Póvoa é uma cambada !!

Uma vergonha !!

Deviam ser todos presos !!!!
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, abril 02, 2009

 

 

 

BASTA de autarcas corruptos!
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, abril 02, 2009

 

 

 

BASTA de negociatas imobiliárias! BASTA de prejudicar a cidade por causa das dívidas do Varzim! BASTA de ter um tipo sem nenhuma competência e com péssimo carácter na presidência da Câmara! BASTA de hipocrisia e egoísmo! BASTA! BASTA!
# por Anonymous M : domingo, abril 05, 2009

 

 

 

A tourada também? A tourada também? A tourada também? A tourada também? A tourada também? A tourada também? A tourada também?
# por Anonymous Quirófano : sexta-feira, abril 24, 2009

 

 

Enviar um comentário


 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017      Setembro 2017      Outubro 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.