<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


segunda-feira, 4 de março de 2013

Petição ao Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos 

«A situação laboral dos farmacêuticos assalariados continua a degradar-se de forma galopante. (...)
O farmacêutico não pode continuar a ser preterido face a “Técnicos Auxiliares na Farmácia” (...) O farmacêutico é um profissional de saúde, centrado no doente, e não um profissional indiferenciado da venda de bens e serviços. (...)
Relembra-se que a legislação em vigor eliminou a restrição da propriedade das farmácias a farmacêuticos e que qualquer indivíduo, farmacêutico ou não, pode ser proprietário de farmácia, pelo que os interesses da profissão farmacêutica não são iguais aos interesses dos proprietários de farmácia.»
Ler mais / Assinar petição

Peliteiro,   às  21:05

Comentários:

 

Embora concorde, na essência, com o conteúdo, recuso-me a pensar que tem que vir uma ordem, por força da lei e da regulamentação, decretar que os farmacêuticos são melhores que os técnicos.

Se os farmacêuticos não conseguem, por si só, demonstrar às suas entidades patronais bem como aos utentes que são melhores que os técnicos, então talvez não o sejam. E então talvez não façam cá falta.

No dia em que começarmos a ser considerados a ser bons profissionais por decreto, podemos também passar a ser péssimos profissionais por decreto num abrir e fechar de olhos.

 

 

 

"Um exemplo de um Portugal que tem de desaparecer… o Portugal que não confia na capacidade de trabalho e vive acomodado à sombra da protecção das Ordens que não acrescentam qualquer valor, infelizmente esta conversa de velhos é alimentada por gente nova..." - mais aqui: http://balancedscorecard.blogspot.pt/2011/10/tao-novos-e-ja-tao-velhos.html

food for thought
# por Blogger Azrael : terça-feira, março 05, 2013

 

 

 

Este comentário foi removido pelo autor.
# por Blogger Ricardo de Oliveira : terça-feira, março 05, 2013

 

 

 

Trata-se de ser o farmacêutico o profissional legalmente habilitado e com a formação mais completa para exercer em farmácia comunitária, não o técnico auxiliar de farmácia com o 12.º Ano mais uma dúzia de meses de "formação técnica especializada". O farmacêutico não tem de demonstrar que é melhor que o técnico auxiliar com o 12.º Ano e o curso da escola Vão de Escada. O farmacêutico É o PROFISSIONAL DA FARMÁCIA.

A única mais valia do técnico, do ponto de vista da entidade empregadora, poderá ser o facto de ser mais barato e de não ter capacidade técnico-científica suficiente e de não estar sujeito a um código deontológico e Estatuto que lhe permitam ter autonomia técnica e científica e pensamento próprio. Talvez isso seja conveniente para algumas entidades empregadoras, acredito que sim.
# por Blogger Ricardo de Oliveira : terça-feira, março 05, 2013

 

 

 

O farmacêutico é o melhor profissional.

É assim, não porque a lei e os regulamentos dizem que é, mas porque acrescenta mais valor à actividade do que um técnico.

Se não acrescentar mais valor, então na realidade não será melhor que um técnico e não haverão leis, regulamentos ou ordens que escondam essa mentira durante muito tempo.
# por Blogger Azrael : terça-feira, março 05, 2013

 

 

 

O farmacêutico tem de demonstrar que pode acrescentar valor ao sistema de saúde, não é só dizer traz mais valor à actividade que um técnico. E não o fará enquanto estiver focado em ser o vendedor de produtos de saúde diversos, desde o perfume para o bebé até às homopatetices.Temos obrigação de fazer muito mais do que entregar as caixinhas. Se isto é o que as farmácias neste momento querem fazer, então a presença de farmacêuticos será dispensável num futuro próximo, restando lugares para um director técnico e um substituto, de nada valendo o numero 3 do artigo 23º do dec-lei 307/2007 que diz "Os farmacêuticos devem, tendencialmente, constituir a maioria dos trabalhadores da farmácia."

# por Blogger GreenMan : terça-feira, março 05, 2013

 

 

 

A tendência é liberalizar, não restringir.

A ordem está na mão dos proprietários de farmácias. Foi deles o lobby para acabar com a obrigatoriedade dos dois farmacêuticos nalgumas farmácias.

O farmacêuticos empregados têm os números do seu lado, mas os proprietários são mais organizados e em toda a verdade mais empenhados nos assuntos da ordem.

Esta petição é uma treta na face disto.
# por Blogger MQ : terça-feira, março 05, 2013

 

 

 

Acrescentar valor em ganhos em saúde, sim, se é a isso que se refere. Se acrescentar valor, para si, se traduz em vendas de tudo e mais alguma coisa e sob o jugo de objetivos comerciais, não, não é essa a função de nenhum profissional de saúde. A farmácia não se pode reger pela mesma lógica da perfumaria ali da esquina.
# por Blogger Ricardo de Oliveira : terça-feira, março 05, 2013

 

 

 

A questão não é o que acrescentar valor significa para mim. É o que significa para o utente.

Neste momento o utente dá mais valor ao farmacêutico do que ao técnico e é assim que deve continuar. Mas compete-nos a nós trabalhar e educar para que assim seja.

Obviamente eu farmacêutico prefiro que sejam em ganhos de saúde, mas isso sou eu.
# por Blogger Azrael : terça-feira, março 05, 2013

 

 

 

Julgo que este tema deve ser discutido em dois planos: um, no plano do interesse colectivo, em que o Estado, numa perspectiva garantista, preventiva, exige exercício farmacêutico por profissionais qualificados; outro, no plano do interesse particular, em que uma farmácia terá que gerir recursos humanos num balanço entre a qualidade dos serviços prestados e plena satisfação dos clientes, em cenário de concorrência, e os custos com pessoal.
Em ambas as perspectivas a OF (e cada um de nós, obviamente Azrael) poderá intervir, de várias formas, demonstrando os benefícios que os seus membros podem trazer a esses legítimos interesses colectivos e particulares. Por acreditar nisso apoio e divulguei esta iniciativa.
# por Blogger Peliteiro : quarta-feira, março 06, 2013

 

 

 

Boa tarde!
Eu como finalista do curso de Ciências Farmacêuticas, ex-técnica de farmácia, vou acabar o curso com os meus 30 anos. Gostaria de saber o que os demais acham do crescente fenómeno que se vê nos anúncios a pedir farmacêuticos "até 30 anos de idade"?? Tenho o caso de outra colega minha, recém-licenciada em Ciências Farmacêuticas, com 34 anos e 10 anos de experiência como Técnica, que é SEMPRE preterida por recém-licenciadas inexperientes de 23 anos!
Alguém me consegue explicar o porquê desta "meta"? É que eu só costumava ver este tipo de restrições em agências de modelos!
# por Blogger Carol : quarta-feira, março 06, 2013

 

 

 

As bolsas de estágio profissional do IEFP são apenas atribuídas a indivíduos até aos 30 anos de idade. Seja como for, Carol, não pense que a situação está melhor para quem tem menos de 30 anos e pouca ou nenhuma experiência profissional. Com a agravante de muitos farmacêuticos não terem sequer direito a prestações sociais pois são despedidos antes de perfazerem o período de tempo necessário para adquirirem esse direito. Se não fossem os núcleos familiares a servirem de apoio estariam muitos farmacêuticos, jovens, na miséria. O que é facto é que cada vez mais as farmácias têm "técnicos auxiliares de farmácia" ao balcão (vulgo TAF, formados em escolas denominadas de "formação técnica especializada") ao invés de farmacêuticos, para além de que muitas farmácias passaram a poder beneficiar da dispensa de um segundo farmacêutico (farmacêutico adjunto/substituto) ao abrigo do diploma que procedeu à segunda alteração ao regime legal das farmácias de oficina - convém frisar que tanto a OF como a ANF foram ouvidas e, aparentemente, quem devia defender os interesses dos farmacêuticos (OF) não se opôs à medida.
# por Blogger Ricardo de Oliveira : quarta-feira, março 06, 2013

 

 

 

"O que é facto é que cada vez mais as farmácias têm "técnicos auxiliares de farmácia" ao balcão (vulgo TAF, formados em escolas denominadas de "formação técnica especializada") ao invés de farmacêuticos"

Facto? Isso é pura e simplesmente falso.
# por Blogger Azrael : quinta-feira, março 07, 2013

 

 

 

Mas a verdade é que vejo anúncios a pedirem farmacêuticos "até 30 anos" e muitos não são para estágios profissionais...por exemplo, no Fórum Montijo abriu uma farmácia que pedia esse limite de idade, e sei que colegas minhas mais velhas e mais novas se cadidataram...e a farmácia já abriu e só foram escolhidas as mais novas...as outras sei que nem foram chamadas para entrevista!
# por Blogger Carol : quinta-feira, março 07, 2013

 

 

Enviar um comentário


 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017      Setembro 2017      Outubro 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.