<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


sexta-feira, 29 de março de 2013

A Cofanor e eu 

Tínhamos orgulho no lema "Somos Farmacêuticos" e na vanglória "O maior armazém de medicamentos do Norte". A Cofanor era de facto uma empresa com uma cultura muito própria, muito baseada no orgulho de ser farmacêutico.
Nos anos 90 liderei uma equipa excepcional de uma centena de profissionais, motivada, confiante e com objectivos; os directores de departamento, à excepção do director financeiro, eram todos farmacêuticos, jovens e entusiasmados com o projecto de crescimento e modernização da empresa. Criamos as bases para a automatização dos armazéns, para a informatização dos processos e da comunicação com os clientes, para a gestão da qualidade, para a formação contínua dos farmacêuticos, para a criação de marcas próprias, para a optimização da gestão de frota e expansão da área da influência, etc., etc., etc.. Todos os anos ganhávamos cota de mercado, mas enquanto que outros ficavam em hotéis de 5 estrelas nós dormíamos no Alif*** e andávamos de transportes públicos em Barcelona. Quando entre os concorrentes ainda se usavam termos como "Depósito de medicamentos" ou "Drogaria" nós mandámos imprimir nas furgonetas um vaidoso "Distribuição farmacêutica".

Mais tarde fui sócio da Cofanor, pela farmácia da Boa Hora, que era o fornecedor principal apesar da vizinhança da arqui-rival Cooprofar - cooperativa fundada em pleno PREC por proprietários não necessariamente farmacêuticos e não gerida por farmacêuticos. Por esta altura, início do século, já se assistia a uma certa fogueira de vaidades, mas o "amor à camisola" ainda imperava quer do lado dos associados quer do dos trabalhadores.

Entretanto o tempo passou e, ao que dizem, a Cofanor atravessa um período de grandes dificuldades económicas; políticas de investimento pouco prudentes e controlo de crédito, no mínimo, insensato empurraram a Cofanor para uma situação periclitante, atolada em dívidas de clientes, que posteriormente a crise e a política de redução de custos nos medicamentos agravou determinantemente. A Cofanor terá agora uma miserável cota de mercado nacional na ordem dos 3% e faltarão medicamentos para abastecer os seus clientes por alegado incumprimento junto da indústria farmacêutica.

Dizem-me que a Cofanor está moribunda, ou pelo menos muito doente. Fico desgostoso e revoltado. Como é possível!???

Jorge de Sá Peliteiro,   às  14:09

Comentários:

 

Interessante informação... eis o exemplo acabado de que o que difere é a gestão ser BOA ou ser MÁ e não ser publica ou ser privada...

 

 

 

Não sabia das dificuldades da Cofanor. Mas a ex-Codifar parece que vai pelo mesmo caminho.

Acho que este mercado está a mudar rapidamente. Os laboratórios, recorrendo a operadores logísticos, já conseguem prestar o mesmo serviço logístico que os armazenistas prestam aos seus associados.

E com menos um elo da cadeia, aumenta a margem de lucro.

Tenho curiosidade em saber, se há armazenistas a viver bem por esta altura?

Por falar em operadores logísticos, dizem-me que a FCC estará há venda. Em Portugal e em Espanha.

Abraço
# por Blogger José Luís Marques : sexta-feira, março 29, 2013

 

 

 

Pois é...
Isto não e mais do que a ressaca da bebedeira de dinheiro fácil que inundou o sector nos anos em que o Peliteiro por lá andou e depois.
Quem continou a gastar apenas à medida da sua real produçãoestá bem. Quem concedeu crédito de forma prudente e não acreditou em almoços grátis, está bem.
A Cofanor, ao que parece, fez tudo mal, tal como muitos proprietários de farmácia. Não admira. A sua matriz é mesmo a de "AJUDAR" proprietários de farmácia... Ajudou... Agora não se queixem!
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, março 29, 2013

 

 

 

Peliteiro, neste momento, aparentemente já há uma luz ao fundo do túnel para a cofanor.

Se há um mês atrás eu dizia que ia fechar portas ainda este semestre, agora já acredito que é possível recuperar.

Já começam a voltar a ter produto e parece que já têm uma estratégia para recuperar rentabilidade e pagar as dívidas.

Claro que isto só chegou a este ponto, no meu entender, porque as pessoas que usufruiram de crédito sem fim durante anos, eram as mesmas que dentro ou próximo dos órgãos sociais da Cofanor definiam as politicas de crédito com as quais eram favorecidos.

Julgo não ser segredo que farmácias que ofereciam descontos aos utentes eram as mesmas que estavam penduradas na teta da cofanor. Pudera, não pagar aos fornecedores dá desafogo económico suficiente para isso.

Agora a teta secou, para o bem e para o mal.

Basta estar atento aos "fechos" ou vendas recentes de farmácias para perceber do que estou a falar.
# por Blogger Azrael : sexta-feira, março 29, 2013

 

 

 

És o Sócrates da Cofanor!
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, março 29, 2013

 

 

 

Sou do tempo em que a Cofanor era numa garagem em Serpa Pinto, do tempo em que tinha de devolver a minha esferográfica gasta, por uma nova, do tempo em que os nossos jantares de Natal eram no refeitório com o prato tradicional “ batatas cozidas com bacalhau “ jantares esses, cheios de calor humano e cumplicidade.
Faço parte dessa equipa excepcional, motivada, confiante e com objectivos, vi e contribui para o crescimento e modernização desta empresa, cheia de adrenalina e sede de querer saberes e aprender com os desafios das novas tecnologias; tinha orgulho em trabalhar na Cofanor.
Agora, sinto na pele o mesmo desgosto e revolta.
O que fizeram com a minha Cofanor!!!

Neste momento quero acreditar nas pessoas que estão a frente desta empresa e a consigam levar a bom Porto, pois não herdaram tarefa fácil e nós, da velha guarda (os que vão ficando) só temos que arregaçar as mangas e trabalhar.

Com tudo, penso… mesmo que sobrevivamos a este turbilhão, a cofanor nunca mais vai ser a mesma!


Saudades dos tempos em que era director da Cofanor

Um abraço


# por Anonymous Anabela Ferreira : sexta-feira, março 29, 2013

 

 

 

"Peliteiro, neste momento, aparentemente já há uma luz ao fundo do túnel para a cofanor." Mas a SONAE comprou ou não a Cofanor? Não me parece como todos os meses a quota a baixar.. Qual é a estratégia??
# por Anonymous Anónimo : sábado, março 30, 2013

 

 

 

Ninguém comprou a Cofanor.
# por Blogger Azrael : domingo, março 31, 2013

 

 

 

Com muita pena... Mas a realidade é que era "tudo à grande"! Armazém de Montemor, viagens "à borla para os directores", compras "para a viagem" devolvidas para a Cofanor, 38+1 (perdiam dinheiro), produtos de marcação (NETT) TODOS a preço de custo... Uma Festa.
Depois a parte da falta de profissionalismo: Maus directores, ainda piores directores comerciais e ainda piores elementos da administração (que se andaram a orientar a eles e as suas respectivas famílias... que estão quase todos insolventes...).
Para terminar, com 2,8% de cota de mercado em Fevereiro, qualquer recuperação será "difícil"... Como sabe bem o Peliteiro, este negócio é de volume... Sem Volume, não liberta dinheiro para suportar a estrutura gigantesca e desproporcionada que a COFANOR têm.
PS: Boa gestão neste sector não quer obrigatoriamente dizer ter quadros só (ou maioritariamente)farmacêuticos...
# por Anonymous Anónimo : terça-feira, abril 02, 2013

 

 

 

Se quiserem saber mais, vejam "Jornal de Negócios Online" http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/gigante_grossista_fecha_em_montemor_o_velho_e_despede_75_pessoas.html . Um verdadeiro lavar de roupa suja! Grande parte dela empolada, mas no fundo com base de verdade... É só ver os comentários. Cumprimentos.

# por Anonymous Anónimo : terça-feira, abril 02, 2013

 

 

 

Não há problema nenhum. O Pai Cordeiro ganhará as eleições em Cascais, e tudo voltará ao normal. BMW's para todos, férias nas Caraíbas para Ajutantes Técnicos e Ceará para Directores Técnicos. Temos que acreditar no velho Lobo, perdão, Cordeiro.
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, abril 03, 2013

 

 

 

Francamente, não entendo o que este pascácio, aqui de cima, quer dizer com pais de lobos ou de cordeiros, BMW, ajudantes técnicos, directores técnicos, Ceará, Caraíbas, férias...
Não consigo enxergar o que tudo isto tem a ver com a desgraça da COFANOR, que tem algo (pouco) a ver com a crise, mas, sobretudo, com a inépcia, imcompetência, desleixo e muito de favorecimento e amiguismos.
Culpa da Direcção, claro, mas também de sócios cooperantes que não comparecem nas assembleias.
Na "outra" Cooperativa as coisas não são muito diferentes, as Assembleias acabam ao começar, poucos lá põem os pés e quando algum "intruso" ousa fazer uma pergunta um dos "donos" de serviço responde-lhe com a mais descarada das mentiras.
O mal é que as Cooperativas estão transformadas em "quintas" de alguns, poucos. A culpa é dos sócios-cooperantes, repito, que, por absentismo, por deixa andar, permitem que estas coisas aconteçam.

A. Castro

# por Anonymous A. Castro : quarta-feira, abril 03, 2013

 

 

 

A outra cooperativa tem mais de 12% de cota de mercado, diversificou e está bem de saúde... Teve rumo, essa é a diferença! Uma boa direcção (em presidente da direcção que era um SENHOR!- O DR AMÉRICO SILVEIRA), bons quadros superiores e médios... Para todos os sítios que expandiram tiveram sucesso! Sem megalomanias!
Quanto as assembleias e a respectiva participação, só agora no fim da COFANOR é que apareceu toda a gente a contestar! Deve ter sido porque deixou de haver benesses para alguns... A crise foi um acelerador da infelizmente quase morte da COFANOR.
Mas os colegas que a geriram mal andam todos aí!
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, abril 04, 2013

 

 

 

Está bem de saúde? De certeza?
# por Blogger Azrael : quinta-feira, abril 04, 2013

 

 

 


Mais um que anda iludido...

A Cooprofar não pode estar bem de saúde quando todo o sector está em rotura. Menos bem de saúde estará, pelo menos como cooperativa, se os sócios continuam a não ser chamados a intervir e conhecer a sua vida. A política é exactamente a oposta, esconder tudo de todos, e pelo que se vê nas AGs, nem a direcção sabe o que se passa.

Não é esse o caminho que defenderá as farmácias no futuro próximo das distribuidoras e industrias multinacionais, não é esse o fundamento da sua existência..

A outra cooperativa tem mais de 12% de cota de mercado, diversificou e está bem de saúde... Teve rumo, essa é a diferença! Uma boa direcção (em presidente da direcção que era um SENHOR!- O DR AMÉRICO SILVEIRA), bons quadros superiores e médios... Para todos os sítios que expandiram tiveram sucesso! Sem megalomanias!
Quanto as assembleias e a respectiva participação, só agora no fim da COFANOR é que apareceu toda a gente a contestar! Deve ter sido porque deixou de haver benesses para alguns... A crise foi um acelerador da infelizmente quase morte da COFANOR.
Mas os colegas que a geriram mal andam todos aí!
# por Anonymous cooperante : quinta-feira, abril 04, 2013

 

 

 

Nitidamente há pessoas que ainda acreditam em Cooperativas... esqueçam! A OCP e AU têm mais de 55% de QM neste momento. Já agora, a Cooprofar sobrevive bem e a Plural sobrevive. A BRodrigues trabalha para a QM, para ver se um dos grandes a compra ou se alguma distribuidora espanhola resolve entrar a sério no mercado. A Udifar e Cofanor, mais vale ir para insolvencia... Já não é a primeira vez... Lembram-se do plano Mateus?
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, abril 04, 2013

 

 

 

Sou colaborador da ex codifar e este sector nunca mais sera o mesmo em termos de facturaçao .Nos compreendemos trabalhamos mais horas recebemos menos aumentos de salario ja nem ligamos, mas no entanto nao compreendo virem direcçoes novas que pensam que andaram em escolas diferentes das que nos andamos pois despedem pessoas qualificadas com uma dezena de anos de firma tendo que as indemizar com bom dinheiro pois tinham bons ordenados contratam novas chefias e quem paga e a empresa .fica para a historia e nos que trabalhemos para nao fechar a empresa
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, dezembro 23, 2013

 

 

 

Plural vai comprar a Cofanor.
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, janeiro 10, 2014

 

 

 

Boas,
Estou no brasil e só hoje soube das dificuldades da cofanor.
Trabalhei la por sete bons anos, os gestores e as chefias eram do melhor, mas era notório os luxos de diretores e quadros altos da empresa como troca de carros utilitários por carros de luxo.
Infelizmente penso que o que foi feito, o que foi investido só não deu certo pq existia esses "luxos" e cortesias a mais. E de salientar que ate os seus funcionários alem de bom pagadores sempre contribuíram com um 15° salario como retribuição pelos serviços bem prestados ao longo do ano anterior.
Saí da cofanor e me especializei em restruturação interna, e só agora vejo o quanto eu poderia ajudar essa empresa que me ajudou tanto ao longo de 7 anos.
Espero que a empresa se consiga restruturar e deixo o meu total apoio incondicional
# por Blogger Carvalho : sexta-feira, maio 23, 2014

 

 

 

A Cofanor está falida sem hipótese de recuperação, devido aos roubos praticados por alguns directores e colaboradores quadros superiores, assinei a escritura de compra juntamente com a Conceicao e o Renato Sá, por isso mais me custa está falência fraudulenta, mas o que mais me preocupa são os colaboradores que ainda lá estao, alguns deles começaram a trabalhar na Cofanor com 14 ou 15 anos, deram tudo pela Cofanor. São otimos profissionais e a Cofanor era a família deles, o meu pensamento está nessas pessoas de que muito gosto e que sempre me deram o melhor, obrigado a todas as Manuelas, Bertas, Ermelindas, cunhas Óscares e todos os outros que me desculpem não mencionar os nomes mas estão incluídos no plural dos nomes mencionados
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, dezembro 18, 2014

 

 

Enviar um comentário


 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.