<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


domingo, 2 de dezembro de 2012

Queixam-se, queixam-se, mas?  

Não é lá muito prudente, quando se anda a negociar com o Ministério da Saúde e se está de luto, andar a oferecer descontos desta monta; não?



Etiquetas:


Peliteiro,   às  23:43

Comentários:

 

Falta-lhes o Sócrates:
http://www.dn.pt/especiais/interior.aspx?content_id=2922359&especial=Revistas%20de%20Imprensa&seccao=TV%20e%20MEDIA

 

 

 

De luto, estão os portugueses. E por muito tempo, graças às Faces Ocultas.

De acordo com o Correio da Manhã, as escutas a Armando Vara, no âmbito do processo Face Oculta, revelam que João Cordeiro pressionou Vara, amigo de José Sócrates, a contactar o então primeiro-ministro para que fosse aprovado em Conselho de Ministros um decreto que aumentava para 20% a margem de lucro das farmácias.
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, dezembro 03, 2012

 

 

 

http://www.mynetpress.com/pdf/2012/dezembro/201212022f36ea.pdf
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, dezembro 03, 2012

 

 

 

A Industria está a jogar as últimas cartadas: jogar sujo...

A reposição das margens esteve inscrita em todos os orçamentos posteriores à sua aplicação, e foi efectuada passados 3 anos...bem se isto é pressão...

Estas notícias significam contra-informação e claro que a não união da classe Farmacêutica também ajuda.

Saudações Farmacêuticas
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, dezembro 03, 2012

 

 

 

A união da classe farmacêutica é um mito. Não é possivel haver união dentro de uma classe quando uns membros (industria) têm interesses diferentes de outros (farmácias). Cada grupo quer, e sempre quis, uma fatia de bolo maior mesmo, que implique roubar parte do bolo do outro.
# por Blogger GreenMan : segunda-feira, dezembro 03, 2012

 

 

 

É interessante ver duas coisas:
- a OM sempre a jogar a ponta-de-lança da APIFARMA;
- os jornais sempre a receberem de forma acrítica o que as agências de comunicação lhes enviam. Não há dúvida que devem existir movimentações no sentido do acto farmacêutico - o "timing" destas notícias é tudo menos inocente.
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, dezembro 03, 2012

 

 

 

Nitidamente...
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, dezembro 03, 2012

 

 

 

As Farmácias Portuguesas sempre tiveram as mais baixas margens (20%) em toda a Europa,
Não havia qualquer motivo razoável para a manter em 18,5%, uma vez reconhecido que a redução, em 1,5%, resultou de cálculos errados. A rectificação foi sucessivamente prometida e levou anos a ser cumprida.
A obrigação do Presidente da Respectiva Associação, seja ele ou ela qual for, é de lutar por todos os meios pela defesa dos interesses dos associados, neste caso, pela correcção de um erro crasso que os prejudicava.
GreeMan,
As Farmácias sempre questionaram as margens exorbitantes, exageradas, da IF, a prova aí está. atente as "colossais" baixas de preços à saída da produção, não só dos genéricos mas também das marcas.
Se bem que parte desta "enorme" baixa talvez se deva a estratégias de "dumping" dos "Graúdos" (multinacionais) para arrumar com os "pequenotes" que se intrometeram no (seu) negócio.
Armando Vara seria apenas o interlocutor designado pelo Pinócrates, pois claro, para os contactos com a (da) ANF.
Esta do "Correio da Manhã" é só mais uma campanha sabuja da Apifarma e do seus fieis serventuários, a OM, agora que está em cima da mesa a hipótese de remuneração do acto farmacêutico.

Atanágio










# por Anonymous Atanágio : segunda-feira, dezembro 03, 2012

 

 

 

Remuneração de que acto farmaceutico? Os velhotes com reformas de 300 euros é que as vão pagar? Que mais razões querem para terem as farmácias sumptuosas cheias de moscas? Têm que vender pastilhas e rebuçados. Nos EUA já legalizaram a marijuana em vários Estados, talvez por cá, se venha a fazer o mesmo, para salvar as farmácias de oficina.
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, dezembro 03, 2012

 

 

 

Como eles são mentirosos:
"Baixar os preços é completamente imposs´vel. Insustentável. Nem pensar!"
;)

http://www.mynetpress.com/pdf/2012/dezembro/201212022f368e.pdf

# por Anonymous HU : segunda-feira, dezembro 03, 2012

 

 

 


" Os velhotes com reformas de 300 Euros" são obrigados a pagar "taxas moderadoras" de três e até de cinco Euros para os interesseiros das USF, somente para renovar a receita do costume, depois de umas boas horas à espera que Suas Exas se dignem atender a plebe, ainda que apenas para fazer o sarrabisco no papelucho.
Nas farmácias, em geral, as excepções são poucas, felizmente, os utentes são bem recebidos, o atendimento é de qualidade, o aconselhamento e a informação correctos, são a regra.
Posto isto, quem merece ser remunerado, quem é ?

Atanágio
# por Anonymous Atanágio : segunda-feira, dezembro 03, 2012

 

 

 

Tudo me leva a querer que o que a anf pretende é que seja a indústria a pagar essa taxa, não os utentes
# por Blogger Azrael : segunda-feira, dezembro 03, 2012

 

 

 

Isto dos descontos é clássico:
Quem se está a afundar em areias movediças, na ãnsia de se salvar, deixa de pensar e sede ao pânico.
Resultado: quento mais esperneia mais se afunda.
Parar para pensar e ter uma atitude cooperativa e solidária com todos os que estão no atoleiro é a resposta.
Mas dar as mãos e puxar uns pelos outros não faz parte dos genes dos farmaêuticos.

-Ackbar-



# por Anonymous Anónimo : terça-feira, dezembro 04, 2012

 

 

 

"Mas dar as mãos e puxar uns pelos outros não faz parte dos genes dos farmaêuticos"
Dar as mãos só faz parte dos genes se, e só se, o farmacêutico orbitar em torno do famigerado e auto-intitulado "Grupo do Guincho", onde não só dão as mãos como uma lava a outra.
# por Blogger GreenMan : terça-feira, dezembro 04, 2012

 

 

 

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
# por Anonymous Anónimo : terça-feira, dezembro 04, 2012

 

 

 

"Isto dos descontos é clássico:
Quem se está a afundar em areias movediças, na ãnsia de se salvar, deixa de pensar e sede ao pânico.
Resultado: quento mais esperneia mais se afunda."

Isto é como as obrigações do FCP, já só com promessas tipo Dona Branca conseguem financiar-se...

"Parar para pensar e ter uma atitude cooperativa e solidária com todos os que estão no atoleiro é a resposta.
Mas dar as mãos e puxar uns pelos outros não faz parte dos genes dos farmacêuticos."

Não existe outra forma de encarar o problema...mas como se viu pelos comentários logo a seguir ...

Saudações Farmacêuticas

# por Anonymous Anónimo : terça-feira, dezembro 04, 2012

 

 

 

Caro Anónimo
Para puxar uns pelos outros era preciso que houvesse uma estratégia.
Mas coloque a seguinte questão "Estarão os colegas da industria no mesmo barco que os restantes? Estarão dispostos a assumir mais um encargo (a tal taxa) que lhes poderá por em causa o seu trabalho?". Depois, falaremos então de união.
Tal como se viu no congresso, nem no seio da Academia há consenso sobre o que é essa tal união, sobre o caminho a seguir. Duas visões diferentes do papel do farmacêutico em confronto, uma mais de saúde pública, outra mais de corporação. Poderemos discutir se é para haver união em torno de um modelo de farmácia, onde se oferecerão descontos, trabalho precário, e indiferenciação profissional, ou em torno de um modelo onde a farmácia é apenas um dos espaços onde o farmacêutico exercerá a sua actividade, que se quer cada vez mais diferenciada.
# por Blogger GreenMan : terça-feira, dezembro 04, 2012

 

 

 


Viva,
filosofar não leva a lado nenhum...

eu lembro-me de uma emb de Sinvastatina custar 40 euros e agora o mesmo laboratório vende-a por 4...quem é que andou a enganar quem até agora?

Esta, como foi chamado na comissão da saúde, é uma questão política.

Todos os Países da Europa aderiram à modalidade dos fees.

Saudações Farmacêuticas
# por Anonymous Anónimo : terça-feira, dezembro 04, 2012

 

 

 

Realmente, as negociações de PVP, dos últimos 20 anos, entre o Ministério da Economia e a Indústria, deviam ser auditadas e tornadas públicas: como é que algo que se vende por mais de 50 euros se passa a vender por menos de 5 num tão curto espaço de tempo?

Os descontos: parece ser um problema particularmente grave no Porto, onde "actores" com "deep pockets" andam a ver se apagam as luzes acesas à sua volta...E também existem aí "actores" isentos de impostos que gostam de lançar o caos na sua área de influência.
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, dezembro 05, 2012

 

 

 

Esta de vender actualmente por menos de 5€ aquilo que há dias se vendia por 50 €, só vem confirmar e dar razão a quem sempre disse, alto e bom som. que as margens da I.F. eram excessivas, verdadeiramente obscenas.
Temos andado muito divertidos (aqui, divertidos pelo efeito das manobras de diversão em que a Apifarma e respectivas multinacionais são especialistas exímios) a discutir os meios por cento, a mais ou a menos, das margens das farmácias ou dos grossistas.
Os responsáveis pela regulação do sector, ministérios da Economia, da Saúde, Autoridade da Concorrência, ou têm andado a dormir ou, então, comem do sono, que é o mais provável...

Atanágio
# por Anonymous Atanágio : quarta-feira, dezembro 05, 2012

 

 

 

Há sérias dúvidas que tais "actores", eu cá preferia "artistas", ou melhor, "verdadeiros artistas," tenham os bolsos assim tão fundos.
São mais do género mais olhos que barriga, enfim, uns pobres coitados que só batem neles próprios.

A. Castro
# por Anonymous A. Castro : quarta-feira, dezembro 05, 2012

 

 

 

Mas entretanto vão desestabilizando o mercado e fazendo concorrência desleal a quem trabalha bem e dentro das suas possibilidades.

A lei que permitiu os descontos veio surfar o maior sentimento que reina no sector: a competição baseada da inveja...

Eu continuo a dizer, ou o estado legisla a favor da efectiva viabilidade das Farmácias ou que se responsabilize pelos salários de 700 euros que podem ser pagos ao pessoal...

Saudações Farmacêuticas
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, dezembro 05, 2012

 

 

Enviar um comentário


 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.