<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Concorrência imperfeita 

 
Ainda há quem diga que não há concorrência entre farmácias...
Qual será a preferida dos doentes? E porquê? Serão ambas de farmacêuticos? Isso terá influência na dita preferência?

Peliteiro,   às  11:06

Comentários:

 

És um malandro... Bom exemplo!

 

 

 

Um abraço para o povo vimaranense!

Exemplos destes há diversos por todo o país. Não nos podemos esquecer é que só foram possíveis porque as farmácias foram instaladas antes de 68, quando a propriedade não era exclusiva de farmacêuticos...

E alguém sabe qual é a preferida dos utentes? Alguém sabe o que leva os utentes a escolher uma farmácia em detrimento de outra? Uma pista: a procura das farmácias deriva de uma escolha individual do utente sendo esta influenciada pela satisfação com os serviços da farmácia mas também pela distância que é necessário percorrer até ao estabelecimento (DUARTE, A., NUNES, F. & MARTINS, L. 2007. Responsabilidade Social no Sector as Farmácias em Portugal. In: GEST-IN/ISCTE (ed.). Lisboa.). Neste caso, a distância será a mesma, a escolha será pelos serviços e qualidade da prestação dos mesmo.

E que serviços as pessoas querem. Medicamentos mais baratos? Cuidados Farmacêuticos? Serviços de Rastreio? Venda de oculos, chinelos e outras pantominas? Se calhar também deviamos tentar responder a estas perguntas...

Já aqui escrevi que segundo as evidências este modelo de farmácias, apesar de mais ineficiente é mais respeitado pelas pessoas (LLUCH, M. & KANAVOS, P. 2010. Impact of regulation of Community Pharmacies on efficiency, access and equity. Evidence from the UK and Spain. Health Policy, 95, 245-54.). Quando exigimos (e bem!) ao SNS que seja mais eficiente, não deveríamos também ter essa exigência com o nosso negócio? Não podemos imaginar um modelo alternativo de distribuição de medicamentos? Ou o que conta é a cartilha gasparista do "não há alternativas"?
# por Blogger GreenMan : quinta-feira, setembro 20, 2012

 

 

 

Faça então o Sr. Greenman o alto favor de dar a sua contribuição para a imaginação de como será.
Mas peço-lhe encarecidamente que ponha a cartilha partidária na prateleira enquanto imagina e atenha-se ao bem senso e a estudos à prova de bala.
Para o bem de TODOS NÓS!
Cumprimentos
Alvalade e Portugal!

# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, setembro 20, 2012

 

 

 

E além de tudo isso este governo já está de saida|
A classe média está nas lonas.
Os "sacrifícios" não compensam.
Ser mau aluno compensa.
Queremos ser todos Gregos!

# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, setembro 20, 2012

 

 

 

A preferida dos doentes é a que vende antibióticos sem receita
# por Blogger Azrael : quinta-feira, setembro 20, 2012

 

 

 

A preferida dos C-L-I-E-N-T-E-S é a que faz tudo o que eles querem: a que faz descontos aos habitués, a que vende antibióticos, ansiolíticos e quejandos sem receita, a que vende a crédito com contas-corrente, a que não cobra pela glicémia e pressão arterial, e por aí fora. É essa a lógica. Eles estão-se literalmente nas tintas para o resto!
# por Anonymous Farmacêutico : quinta-feira, setembro 20, 2012

 

 

 

Farmacêutico, olhe que não, olhe que não. Parece, numa análise mais apressada, mas olhe bem para casos de concorrência próxima como este...
# por Blogger Peliteiro : sexta-feira, setembro 21, 2012

 

 

 

Onde está essa concorrência? Só existem 2 canais privados de tv em sinal aberto, liberalizem ! A distribuição de electricidade e gas só agora começam a dar os primeiros passos , não admira que portugal não capte investimentos estrangeiros....Licenças de rádio tb não estão liberalizadas! Taxis têm licenciamento próprio e não é para quem quer...
Os grandes defensores do livre mercado só o são enquanto lá não estão ! Mercado livre só me lembro do soviético até à perestroika era tudo de todos!!!
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, setembro 21, 2012

 

 

 

Obviamente, o meu comentário anterior era uma provocação. Estou certo de que haverá clientes que pensem assim, mas será uma minoria. As farmácias que primam pela qualidade e pelo valor acrescentado terão sempre mais argumentos para conquistar clientes do que aquelas que enveredam por uma lógica de descontos e facilitismos
# por Blogger Azrael : sábado, setembro 22, 2012

 

 

 

Como havia gente que não acreditava em farmácias fechadas

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=589599&tm=8&layout=122&visual=61

Depois volto a colocar o link quando o colega peliteiro acrescentar uma nova notícia relevante ao assunto.
# por Anonymous Who Cares : segunda-feira, setembro 24, 2012

 

 

Enviar um comentário


 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.