<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


terça-feira, 10 de julho de 2012

Só visto 

Amanhã e depois, num pequeno país falido, poderemos ver muitos profissionais que ganham para cima de 5.000 euros por mês a fazer greve. Com o apoio dos comunistas e bloquistas!
Uma rica   comédia, mas o Ministro que se cuide...

Peliteiro,   às  22:07

Comentários:

 

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 

 

 

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
# por Anonymous Anónimo : terça-feira, julho 10, 2012

 

 

 

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
# por Anonymous Anónimo : terça-feira, julho 10, 2012

 

 

 

Alguem dizia que só há democracias se houver democratas. Isto para dizer que um País só é civilizado se os seus concidadãos o forem.
Não é civilizado(é estúpido) um individuo que trabalha numa empresa que dá sempre prejuizo(Cp, Transtejo, carris, metro, etc.)fazer greve, porque sabe não lhe acontecer nada no dia seguinte.
Da mesma forma é estupido fazer greve um individuo que se formou subsidiado pelo Estado, ser prestigiado e intocavel na sociedade e ainda por cima pertencer às profissões mais bem pagas da sociedade(caso dos medicos, juizes e pilotos).
Desculpem, pode ser problema meu, mas acho que esta gente merecia ter a governar o PC angolano ou chines. Dir-me-ão, que já faltou mais. É verdade, venham eles e depressa.
OBS:na greve dos medicos, o MS deveria escrutinar 2 coisas, uma era o n.º de consultas e cirurgias efetuadas no privado pelos medicos grevistas no publico, a outra seria saber quantos atestados irão ser apresentados pelos proprios medicos até 5 dias após a greve.
# por Anonymous Carlos F : terça-feira, julho 10, 2012

 

 

 

O que está aí escrito é uma mentira com todas as palavras. Não vale tudo para debitar asco contra os médicos. Mais de 5.000€??? Há-de pagar-me a diferença, então.
# por Blogger Pedro Morgado : quarta-feira, julho 11, 2012

 

 

 

Estão entre os profissionais mais bem pagos do sector público, e ainda ROUBAM à plebe no privado. Mesmo assim, ainda têm a sem-vergonhice de fazer uma greve de dois dias. Diz muito sobre a podridão que consome a sociedade portuguesa.
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, julho 11, 2012

 

 

 

Os Srs Drs andam ressabiados desde que perderam a guerra da DCI.
Tiraram-lhes do bico da caneta as mordomias "obscenas" com que se alambasabam à custa do pagode.
Privilegiados, de emprego garantido e bem pagos, nada há que justifique esta atitude vergonhosa.
Estão mal habituados, mas a culpa não é só deles é, sobretudo, dos (ir)responsáveis políticos que por motivos da caça ao voto têm cedido cobardemente às suas recorrentes chantagens.
Egoístas, têm conseguido impedir muitos jóvens portugueses de aceder à profissão, obrigando ao recurso a profissionais de países do terceiro mundo.
Tenham vergonha !!!

Artur C.
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, julho 11, 2012

 

 

 

Então não eram estes profissionais que iam ser contratados a 2 ou 3€/hora ou coisa que o valha? Se há profissionais que ganham 5000€ e fazem greve, só quer dizer que dentro deste grupo profissional há mais solidariedade do que noutros, que nós tão bem conhecemos... não admira por isso o post e os comentários desfasados. Mas reconheça-se o direito ao populismo fácil com que se enganam os tolos.

E depois ainda se admiram com o recurso a "profissionais de países do terceiro mundo", sem perceberem que os nossos vão emigrar para onde lhes paguem como deve ser... Entenda-se no entanto que a estratégia do Macedo passa por fazer diminuir os salários dos médicos mesmo no sector privado, para assim diminuir os custos com pessoal dos seus ex (e muito provavelmente, futuros) empregadores. Compententíssimo, como sempre...
# por Blogger GreenMan : quarta-feira, julho 11, 2012

 

 

 

Este greenman ainda não percebeu que os médicos são um Estado dentro do Estado.
Peça equivalência das cadeiras de farmácia e tire medicina, com Bolonnha até pode sair Doutorado.
Não é menos que o sócrates ou o relvas.
E fica a cantar de galo e sem resabiamentos.
Cordiais cumprimentos.
Nota. Também anseio a vinda da estrema esquerda ao governo, para nacionalizar as farmácias e dar a todos um confortável ordenado fixo e com todas as mordomias. (como os mádicos)

-redman-_
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, julho 11, 2012

 

 

 

EU NÃO QUERO SER MÉDICO, MAS QUERO QUE NÃO ME ROUBEM OS MEUS IMPOSTOS À MINHA FRENTE!
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, julho 11, 2012

 

 

 

Deixo-lhe um desafio: quanto ganha um farmaceutco hospitalar e um director de farmacia? Tenha a coragem de dizer o valor e eu reposnde-lhe quanto ganha um médico num hospital. Depois vamos ver quem ganha mais...
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, julho 11, 2012

 

 

 

Eu digo-lhe: sou farmacêutico hospitalar num hospital central e trago pouco mais de 1250 euros amigo!
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, julho 11, 2012

 

 

 

...líquidos.
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, julho 11, 2012

 

 

 

Caro, obviamente que os 5.000, ou mais, só se conseguem acumulando na privada.
Com uma boa especialidade há quem ganhe 25.000 e mais...
Ou não há?????
# por Blogger Peliteiro : quarta-feira, julho 11, 2012

 

 

 

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, julho 11, 2012

 

 

 

E eu sou director técnico de uma farmácia, proprietário da mesma, e neste momento, o meu ordenado líquido é de 1400 €. Ainda assim, a minha farmácia, que é bem gerida, comigo a trabalhar nela 12-14 horas por dia, irá dar prejuízo, o que significa que terei que por algum do meu ordenado para que se mantenha aberta.

Não tenho Mercedes, BMW, Jaguares ou Porche. Tenho um normalíssimo utilitário francês.

Agora já consegue dizer quanto ganha sem ter vergonha na cara??
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, julho 11, 2012

 

 

 

«O tal relatório do TC afirma que os vencimentos dos médicos mais bem pagos oscilam entre os 255 mil euros e os 796 mil euros.»

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/como-e-que-um-medico-ganha-796-mil-euros-no-sns=f738794#ixzz20M5TBXul
# por Anonymous Henrique : quarta-feira, julho 11, 2012

 

 

 

Sou enfermeiro. O diretor de serviço ganha 25 mil euros por mês, no público apenas. Tem o dom de receber incentivos mesmo quando está a dormir confortavelmente em casa...
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, julho 11, 2012

 

 

 

Um especialista quando acaba a formação recebe 1200 euros liquidos, neste momento a oferta de contratos individuais de trabalho anda por estes valores.
Para chegar aos 5000 tem que ter exclusividade (logo a privada fica de fora) estar no topo de carreira e fazer de urgencia 12h + 12h extraordinarias/semana (ou seja 52h semanais) podendo incluir fds natal aniversários...
Espero ajudar à discussão ( não ponham tudo no mesmo saco sff, sou Pediatra, com qualidade e peço o vosso respeito pelo meu trabalho)
# por Blogger zesizenando : quarta-feira, julho 11, 2012

 

 

 

Um cirurgião geral vulgar de Lineo em Lisboa cobra 300€ por hora de bloco e um anestesista 200€.
# por Anonymous Macedo : quinta-feira, julho 12, 2012

 

 

 

Ouvi dizer que um dos escribas deste blog também não ganha mal por um dia de auditoria...
# por Anonymous Doutor Médico : quinta-feira, julho 12, 2012

 

 

 

Até aqui só li mentiras e falsidades. Quanto ao DCI vamos ver. O futuro falará quando os doentes descompensarem com a medicação falsa que abunda por aí e com o lobby das farmácias. Só dor de cotovelo. Se ser médico é assim tanta mordomia e tanto ordenado astronómico (e falo porque tenho um médico na família que trabalha no SNS e não ganha essas exorbitâncias inflacionadas e deturpadas) então vocês ainda estão a tempo de tirarem um curso de medicina. Coisa feia a dor de cotovelo!
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, julho 12, 2012

 

 

 

Esta é como o Relvas, tem equiparação a médica porque vive com um médico.
# por Anonymous Frank : quinta-feira, julho 12, 2012

 

 

 

Olhe sr Frank para a azia pode ir à farmácia do dono do blog que ele dá-lhe qualquer coisita e nem necessita de receita médica. Se mesmo assim continuar com azia porque não é médico nesse caso compre um dos DCI's feitos na Índia e a custar pouco mais que zero euros, mas fique ciente que a azia vai continuar. As melhoras para a azia!
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, julho 12, 2012

 

 

 

"os doentes descompensarem com a medicação falsa..."
Vejo que não percebe nada de pastilhas.
Não fale de cor.
E tenha cuidado, o seu familiar médico não lhe anda a dizer as verdades...
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, julho 12, 2012

 

 

 

Essa da "medicação falsa" é muitíssimo grave.
Quem decide a introdução no mercado dos medicamentos é uma entidade pública, tutelada pelo ministro da Saúde, chamada INFARMED.
O "lobby das farmácias" nada tem a ver com o assunto.
Durante os últimos anos o INFARMED tem sido dirigido por médicos, que promoveram e até incentivaram, de variadas formas, a dispensa nas farmácias de "medicação falsa". Grandes malandros!...
A "medicação falsa" ou verdadeira não deveria nunca ser aferida pelo grau de generosidade dos DIM...
GrayMan
# por Anonymous GrayMan : quinta-feira, julho 12, 2012

 

 

 

Alguém me disse para ler as barbaridades que por aqui se dizem. Caro peliteiro, no que se tornou o seu blog! Mentiras, mentiras, mentiras e mais mentiras. Ódio, ódio e ódio. Afirmações sem nexo: há barões na medicina, como nas farmácias e na enfermagem, sim também há barões na enfermagem. E esses barões de todas as profissões ganham, legalmente, milhares de euros. Mas há dezenas de milhares de farmacêuticos, de médicos e de enfermeiros que ganham uma miséria tendo em conta as profissões que têm. E o que mais me amargura é ver muitos enfermeiros, farmacêuticos e médicos, explorados pelos seu pares. Que pena, o seu blog era um exemplo. Lembra-se, MEMAI.
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, julho 12, 2012

 

 

 

Os enfermeiros no Reino Unido podem prescrever medicamentos... Em França as consultas médicas no Privado são limitadas a 30-40 euros. Os médicos portugueses levam 70-100 euros por consultas no privado, quando o ordenado mínimo nem a 500 euros chega, enquanto em França são mais de 1000 euros... Os farmacêuticos em Portugal nem sequer são pagos pelo aconselhamento, até para serem explorados está complicado, de acordo com um dos comentadores deste blog 500-600 euros... O juramento de Hipócrates está nitidamente desactualizado, deve ser alterado e mencionar euros, muitos euros...
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, julho 12, 2012

 

 

 

Os médicos deviam emigar se não estão satisfeitos... Os enfermeiros, os farmacêuticos já emigram, porque é que os médicos acham que tem mais direito a ficar cá... O governo faz muito bem em aprovar cada vez mais faculdades de medicina e abrir cada vez mais vagas, assim tem mais poder de negociação. Há faculdade privadas de enfermagem, há de ciências farmacêuticas, há de veterinária, porque não de medicina???? Pois, a qualidade, blá blá blá... Resume-se tudo a euros no bolso e status...
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, julho 12, 2012

 

 

 

O Sr. Morgado enfiou um barrete ou então confundiu o todo pelas partes. O Sr. Peliteiro referiu que alguns dos que se manifestam ganham mais de 5000 euros, não disse que eram todos. Os médicos começam a ficar com o sistema nervoso hiperactivo que já não compreendem a leitura... Devem ir áqueles médicos que levam 90-100 euros por 15-30 minutos de conversa, como é que se chamam? Psiquiatras é isso...
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, julho 12, 2012

 

 

 

Felizmente houve aqui um medico que foi honesto(o pediatra). Desculpem, mas a maioria dos intervenientes a favor dos médicos são intelectualmente desonestos, porque sabem, que estamos a falar de uma profissão previligiada(até pela essencia da atividade) e melhor remunerada na função publica. Indisctutível, verdade pura. Quem quiser desmentir-me só tem que me dizer quais são outros func. publicos, sem cargos de gestão, que ganham 5 000€, mesmo fazendo 52 horas/semana?
Não quero entrar por outras questões também de previlegio como poderem ser concorrentes do patrao e desviarem clientes do mesmo. É outra discussão.
Depois há uma manipulação jornalistica de fazer corar de vergonha alguem com o minimo de civismo. Vi hoje nalgumas noticias que os utentes estavam solidários com os medicos. Experimentem ir às urgencias ainda hoje ou às farmácias e ouçam o que as pessoas dizem dos medicos grevistas. Todavia não escondo que ainda existe muita gente ideologicamente doente ou anarquista que é sempre a favor das greves e contra o governo, seja ele de cor politica for.
OBS:Continuo curioso para saber quantos atestados serão passados para justificar a ausencia ao trabalho, assim como os que regressaram das Baleares, do sul de frança, do brasil, cabo verde ou porto santo para aderirem à greve.
Quatro questões para os intelectualmente honestos:a etica medica é compativel com a greve? É normal o Bastonario de uma ordem transformar-se no mais dos fanaticos sindicalistas? Num pais resgatado(pediu dinheiro para não passar fome ou entrar em bancarrota), é sensato fazer greve ao trabalho?
# por Anonymous Carlos F : quinta-feira, julho 12, 2012

 

 

 

MEMAI, velho amigo, como vai? Seja bem aparecido!

Respondendo ao seu comentário, ódio nenhum, apenas a verdade. Escrevi alguma mentira? Não há muitos médicos, tantos, a ganhar 5.000 euros por mês? 10.000? 25.000? Sabe melhor que eu que sim. Claro que depois há os outros, mas não era a esses que me dirigia e além do mais esses parecem pactuar com os tais baronetes.
# por Blogger Peliteiro : quinta-feira, julho 12, 2012

 

 

 

Bem, mas então não se deve remunerar o mérito? Não se deve pagar bem a quem demonstra ser bom, e que apostou em si toda uma carreira? Ou isso fica só para o Relvas, que diz que também faz dessas apostas? Não se diz que um gestor publico deve ganhar bem, para o não incentivar a ir para o privado? Ou esses podem ganhar 20000€, sem cortes nos subsídios, sem no entanto se terem especializado em grande coisa? Ou para esses gestores, tudo é pintelhice?! (demagogia barata, bem sei, mas sempre actual, olhando para os comentários anteriores...)

Os médicos têm toda a razão em fazer greve.Faz falta dignificar a carreira médica no SNS, tal como faz falta a mesma coisa para os enfermeiros e para os farmacêuticos. Mas também faz falta um sistema de renovação da carteira profissional, que certifique que a formação dos médicos foi mais do que "piratarias de bar na polinésia"... O dos farmacêuticos não é perfeito, mas já é um exemplo razoável.

Há quanto tempo se fala da carreira de farmacêutico no SNS? Alguém viu alguma coisa? Um vestígio? Até hoje, tenho a sensação que quando o bastonário farmacêutico pede uma audiência com algum ministro para falar deste assunto, só vai até lá beber um cházinho e comer umas bolachas, que não se pode arreliar os ministros...a bem da estabilidade e da inevitabilidade.
Se os médicos e os enfermeiros fizerem a tal greve conjunta, vamos outra vez pôr-nos do lado de fora, a mandar bitaites e a trocar acusações sobre quem é que é mais miserável?! Ou vamos estar solidários com esta luta? Era bonito por uma vez ver todos os profissionais de saúde unidos para salvar o SNS...se é que isso interessa.
# por Blogger GreenMan : quinta-feira, julho 12, 2012

 

 

 

Afinal o sr. Peliteiro sabe. Ao emendar que há quem ganhe muito na privada sabe que os contratos que estão a ser oferecidos nos Hospitais são de 1800€/mês, brutos, 12 x/ano.

Afinal não está confuso. Gosta apenas de confundir. É um maroto traquinas. Que é que tem a ver o que ganham alguns médicos na privada com o que está em causa nesta greve? Um dos motes da greve até é a defesa do SNS contra os interesses dos Privados.

Ao anónimo que disse que os médicos deviam emigrar fique a saber que já estão. Isso devia preocupá-lo. A mim preocupa. Porque mais cedo ou mais tarde vamos ficar doentes.

Quem confunde a greve com a Medicina privada ou tem miopia mental ou pensam com o tronco cerebral :)
# por Anonymous Fernando vaz : quinta-feira, julho 12, 2012

 

 

 

Boa noite

Recordo que a greve dos médicos, entre outras coisas, também é alusiva à aprovação do acto médico e que na formulação (chumbada em 2000) era algo assim:

Artigo 1º - Definição de acto médico

Constitui acto médico a actividade de avaliação diagnóstica, prognóstica e de prescrição e execução de medidas terapêuticas relativa à saúde das pessoas, grupos ou comunidades.

(...)Artigo 2º - Competência para a prática de acto médico

O exercício do acto médico é da competência dos licenciados em medicina regularmente inscritos na Ordem dos Médicos, sem prejuízo do disposto no artigo seguinte.

Deixo à apreciação do autor do blogue algumas ilações possíveis...

Cumprimentos
# por Blogger Mauro Germano : sexta-feira, julho 13, 2012

 

 

 

É inacreditável que em 2012 se limite o direito constitucional da greve a reivindicações meramente salariais!!
E já agora?!
A partir de que vencimento seriam os assalariados impedidos de fazerem greve?!
Gostava de conseguir entender esta lógica... ininteligível, inadequada e sem qualquer fundamentação legal.
Meu caro Peliteiro... há limites para a demagogia.
Podemos e devemos defender os nossos pontos de vista legítimos, mas sem recurso a argumentação que apenas convence os incautos que têm uma cultura diminuta.
Um abraço.
# por Blogger mfc : sábado, julho 14, 2012

 

 

 

Já agora... estou a ver que tendência "socialista" de perseguição a quem ganha mais (desde que não sejam dos deles, como é evidente!)está a tomar conta de um PSD cada vez mais sem orientação.
# por Blogger mfc : sábado, julho 14, 2012

 

 

 

Boa tarde. Deixo à consideração do Autor do blogue e dos leitores do mesmo, um realce a uma das reivindicações dos médicos nesta greve: A aprovação do acto médico.

Para quem não conheça a história este foi chumbado em 2000 mas ficou sempre como uma proposta que seria usada logo que fosse favorável.

Na altura a redacção era a seguinte:

"Artigo 1º - Definição de acto médico


Constitui acto médico a actividade de avaliação diagnóstica, prognóstica e de prescrição e execução de medidas terapêuticas relativa à saúde das pessoas, grupos ou comunidades."




(...)Artigo 2º - Competência para a prática de acto médico

"O exercício do acto médico é da competência dos licenciados em medicina regularmente inscritos na Ordem dos Médicos, sem prejuízo do disposto no artigo seguinte."

Ou seja, a autonomia de todos os outros profissionais estaria hipotecada e num mundo em que a complementaridade é até desejada, a bem do doente, para que este não fique sem os cuidados necessários, ficaria a gestão de cuidados bloqueada e colocando a autonomia de profissões como enfermeiros, farmacêuticos, psicólogos e afins como algo inexistente... Assim, como mais importante, tudo ficaria dependente do juízo do médico e num sistema onde é o excessivo poder de decisão concentrado nestes... assistir-se-ia a uma paralisação dos serviços de saúde e a danos muito graves para os doentes.
# por Blogger Mauro Germano : sábado, julho 14, 2012

 

 

 

http://expresso.sapo.pt/como-e-que-um-medico-ganha-796-mil-euros-no-sns=f738794
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, julho 16, 2012

 

 

 

E o relatório do Pita Barros?

Agora digam: Disparate, as farmácias estão em alta!
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, julho 16, 2012

 

 

 

«se limite o direito constitucional da greve a reivindicações meramente salariais»

Caro mfc, não entendo o que quis afirmar. Quem limitou o que quer que seja?
# por Blogger Peliteiro : quinta-feira, julho 19, 2012

 

 

 

A sua frase aponta objectivamente para essa limitação ao referir um tecto salarial para se fazer greve... implicitamente por motivos salariais!
# por Blogger mfc : segunda-feira, julho 23, 2012

 

 

 

Nem parece seu, um homem de esquerda, este comentário, caro mfc... Não referi um tecto salarial, referi um absurdo salarial.
# por Blogger Peliteiro : quarta-feira, julho 25, 2012

 

 

Enviar um comentário


 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017      Setembro 2017      Outubro 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.