<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


quinta-feira, 14 de junho de 2012

Cabo Verde 

A cidade da Praia é mais portuguesa que muitas cidades portuguesas; a ilha de Santiago é tão portuguesa como a Madeira... e não custa tanto ao contribuinte.

Peliteiro,   às  03:57

Comentários:

 

Acho que o MST já diz isso há muito tempo... e como o Alberto João ficava tão bem no Tarrafal... umas horitas na "frigideira" e acredito que o humor do senhor melhorava substancialmente! :)

 

 

 

Outra vez na boa vida? Isso é que é viajar. Aguardamos as fotos das mulatinhas...
# por Anonymous LST : quinta-feira, junho 14, 2012

 

 

 

A "social democracia" madeirense está cada vez mais parecida com a do continente!

Um forrobodó para ricaços!
# por Blogger mfc : quinta-feira, junho 14, 2012

 

 

 

Pois será. E se não fosse o desvario das independências justas e injustas, justificadas e não, feitas à pressa na onda eufórica do PREC ainda podia ser.
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, junho 14, 2012

 

 

 

Só prova que a Madeira tem traços em comum com Cabo Verde, o que confirma o facto de ser a Madeira não pertencer a Portugal mas sim a Marrocos ou Mauritânia... Até o estilo de liderança é semelhante ao de muitos países africanos, como Angola. Se calhar, quando o Alberto João fala em "cubanos do contenente" está-se a referir mesmo aos seus comparsas do MPLA...
# por Blogger GreenMan : quinta-feira, junho 14, 2012

 

 

 

Também trocava.
Os cabo-verdianos ouvem relatos de futebol da 1.a liga, e vestem camisolas dos clubes portugueses e da seleção.
Foi uma pena o PREC ter empurrado aquele povo para fora de Portugal.
A Madeira sem o boçal AJJ, também tem o seu encanto.
# por Anonymous Carlos F : quinta-feira, junho 14, 2012

 

 

 

Estamos reduzidos a um País mal governado que gastou o que não tinha em proveito de uma cáfila de espertalhões que vivem descansados e à tripa forra pelos Parises do mundo. Mais ilhas sanguessugas é coisa que já não faz falta.
Mas Deus é grande!
Vamos ter ouro e petróleo a dar com um pau.Vai ser um fartar vilanagem.
Ainda vamos ser ricos,muito ricos!
Nem vai ser preciso trabalhar!
Podemos continuar como até aqui a sustentar as cáfilas.
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, junho 15, 2012

 

 

 

Os moçambicanos também ouvem relatos e vestem a camisola da selecção e do Sporting... mas não me parece que isso os qualifique para serem Portugal. Afinal todos lutaram contra nós pela independência e a culpa agora do PREC?! Querem ver que não queriam ser independentes nós é que os empurrámos para serem?! Santa paciência...

Se os madeirenses e os açorianos algum dia manifestarem interesse em se tornarem independentes, só lhes devemos dar o nosso apoio.
# por Blogger GreenMan : sexta-feira, junho 15, 2012

 

 

 

grande portugues e melhor cidadao nos revela ser este greenman.
Quanto mais pequeno for o País, mais pobres forem os seus habitantes, mais contestação houver, tanto melhor para alguns fanaticos da ideologia igualitária.
Há pessoas que se divertem e tudo fazem para que a desgraça seja coletiva.
O greenman faz-me lembrar aqueles sindicalistas que entram em extase, quando as greves tem grande adesão, sabendo que resultaram no sofrimento e prejuizo de milhares de cidadaos, a maioria inocentes. É o fanatismo ideologico em todo o seu explendor.
# por Anonymous Carlos F : sábado, junho 16, 2012

 

 

 

"grande portugues e melhor cidadao nos revela ser este greenman"

Obrigado pelo elogio, fica sempre bem ao acordar...

O reconhecimento de que a auto-determinação dos povos, sobretudo aqueles aos quais ocupámos os seus países, deve estar acima de qualquer politiquice, tendências de mercado ou ideologias, devia ser transversal à sociedade. Normalmente é um sinal de maturidade das sociedades.
Infelizmente há senhores como o F. que consideram que reconhecer esse direito é ter "ideologia igualitária"... Fanatismo ideológico? Pois...
# por Blogger GreenMan : sábado, junho 16, 2012

 

 

 

Mais pobres haverão enquanto houver gente com o pensamento medíocre do Carlos F., defensores da baixa de salários, de medidas conducentes à precariedade do trabalho e da proletarização dos trabalhadores perante as entidades patronais. É esse tipo de gente que contribui para a pobreza e para a contestação, para uma sociedade fragmentada e desunida. É por isso que Portugal está como está, por oposição a países como a Dinamarca, Suécia ou Noruega.
# por Anonymous Farmacêutico : sábado, junho 16, 2012

 

 

 

Apesar de não ter tempo nem paciencia para pessoas frustradas e revoltadas, por uma só vez, vou dizer o seguinte: o modelo de sociedade nordico sempre foi a minha referencia em termos de organização politica. Gostaria muito de cumprir os deveres e adquirir os direitos daqueles povos, "custasse o que custasse". Contudo se olhar à minha volta e para os comentarios anteriores, nunca seriam estas pessoas a defenderem os deveres daquelas sociedades, obviamente muito exigentes. Estão apenas a pensar nos DIREITOS. Foi exatamente assim que pensaram a maioria dos revolucionarios do 25 de abril:nacionalizações,reforma agraria, congelação da rendas, trabalho, habitação, educação, saude para todos e de borla. Ou seja, constituição de Cuba e nível de vida Alemã. Era bom não era?

OBS:para evitar insinuações injustas por parte de algum blogger extremista, faço o seguinte registo biografico. Comecei a trabalhar aos 15 anos e como se costuma dizer, comi o pão que o diabo amassou. Podia também ser o greenman original ou farmaceutico anterior do sec.XX. Lutar por causas realistas, evoluir para melhorar humana e intelectualmente, rodear-me de pessoas positivas, imigrar, informar-me,etc.,etc., foi a estrategia seguida para não ter que transferir para terceiros a minha angustia ou indignação de não ter nascido em berço de ouro, não ter emprego estavel, mau negocio ou até desempregado... que também estive. Desgraça atrai desgraça e energias negativas são como os virus, muito contagiosas.
# por Anonymous Carlos F : sábado, junho 16, 2012

 

 

 

Já que se fala nos direitos, falemos então nos deveres, que passam muito por pagar os impostos e não fugir com o dinheiro para os offshores. Não estarei errado se disser que a generalidade dos portugueses cumpre com estes deveres. Também não estarei errado se disser que quem tem especulado, construído fortunas milionárias sem despender um pingo de suor - nem para tirar um curso superior tiveram de penar - são aqueles que menos cumprem com estes deveres e que mais formas arranjam para os contornar.
Esta será a causa realista pela qual temos de lutar: quem foge aos deveres deve ser chamado a contribuir. Que é exactamente o que não estamos a fazer, por cobardia política e falta de visão. É muito mais fácil cortar nos direitos de toda uma população do que por esses "negócios" na ordem. No fundo, o que falta é ética e moral a quem nos diz que não há alternativas. Os mesmos que dizem coisas como "o SNS vai deixar de fornecer serviços não essenciais" sem sequer saber o que isso seja... Incompetentes, todos eles!
# por Blogger GreenMan : sábado, junho 16, 2012

 

 

 

"o modelo de sociedade nordico sempre foi a minha referencia em termos de organização politica."

Não sei que ideia faz do "modelo de sociedade nordico" mas está muito enganado. É que nem de binóculos se assemelha ao que costuma defender aqui.
# por Anonymous Anónimo : sábado, junho 16, 2012

 

 

 

Meus Senhores: Podem dar as voltas que quiserem e culpar quem bem entenderem. É irrelevante.
Baixem os sacrificios à maioria,subam os impostos à minoria dita rica (e eles vão para outro lado) tanto faz.
Assim ou assado o facto é que estamos na banca rota e a viver de esmolas caras.
País que não produz riqueza só pode viver como pobre.
Acuda-se aos mais necessitados com o dinheiro dos que ainda podem pagar,ponham.se os gatunos à sombra e com água fresca, trabalhe-se mais com mais ética e menos inveja e obrigue-se os governos a serem Honestos.
Há décadas que sustentamos vigaristas.Não peçam emprego,peçam trabalho
A festa acabou!
(Atenção à Grécia!)
# por Anonymous Anónimo : sábado, junho 16, 2012

 

 

 

Um dos grandes problemas do grosso do "patronato" aqui do 'Tugal é precisamente a falta de ética. A ganância prevalece.
# por Anonymous Farmacêutico : domingo, junho 17, 2012

 

 

 

Não é na Cidade da Praia que vive aquele grande português chamado Dias Loureiro?!
# por Blogger mfc : domingo, junho 17, 2012

 

 

 

«Afinal todos lutaram contra nós pela independência e a culpa agora do PREC?! Querem ver que não queriam ser independentes nós é que os empurrámos para serem?!»

Talvez não quisessem. Aliás por me parecer que nunca quiseram é que escrevi este texto. Talvez quem quisesse fossem os políticos - os nossos e os deles - essa raça de sacanas.
# por Blogger Peliteiro : domingo, junho 17, 2012

 

 

 

Podemos sempre considerar que a guerra colonial foi apenas um episódio da novela geral que foi a guerra fria... Contudo, acho que todos os povos em determinada altura quiseram ser livres dos colonos. Exemplos de todo o mundo não faltam...
Agora, se tivéssemos apanhado a boleia dos ingleses, e descolonizado 30/40 anos antes, podíamos hoje ter qualquer coisa de semelhante à Commonwealth. Com uma vantagem: nestes países lusófonos, apesar da ocupação, existe um sentimento de amizade para Portugal, que se reflecte na procura de produtos portugueses. Os medicamentos são exemplo paradigmático do que podíamos fazer se a indústria portuguesa quisesse aproveitar esta sinergia. Mas isso ia pôr os preços dos medicamentos mais ao nível da classe média desses países, impedindo as margens de lucro de 300% que os imports/exports lusitanos andam a aproveitar...
Está mais do que na altura de aproveitar a CPLP para mais alguma coisa do que negócios para os amigos, branqueamento de capitais e fugas para destinos paradisíacos aproveitando os ventos "off-shore"...
# por Blogger GreenMan : domingo, junho 17, 2012

 

 

Enviar um comentário


 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017      Setembro 2017      Outubro 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.