<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

L'Antitrust 

«Avanti con le liberalizzazioni ma garantendo l'equità sociale»

Professioni: abolire il tariffario. Aumentare il numero delle farmacie. Interventi sui servizi pubblici locali. Taxi: sì alle licenze compensative. "Superare gli egoismi e garantire l'equità". "Procedere con la legge annuale sulla concorrenza".


Professioni. Nel settore delle professioni occorre l'abolizione espressa di qualsiasi forma di tariffario mentre gli Ordini vanno riformati, garantendo che la funzione disciplinare sia svolta da organismi che garantiscano un ruolo terzo. Anche nel settore della formazione professionale il potere dei Consigli degli Ordini va limitato alla fissazione di requisiti minimi dei corsi di formazione, senza alcuna necessità di autorizzazioni o riconoscimenti preventivi. E' inoltre necessaria la revisione della pianta organica dei notai, in modo da aumentare significativamente il numero dei posti. Per tutti gli Ordini va infine abrogata la norma che prevede il controllo, da parte degli Ordini stessi, sulla trasparenza e veridicità dei messaggi pubblicitari veicolati dai professionisti.


Farmacie. Sul fronte farmaceutico occorre liberalizzare la vendita dei farmaci con prescrizione medica ma a totale carico del paziente (i cosiddetti farmaci di fascia C) e rimuovere gli ostacoli all'apertura di nuove farmacie, aumentando la pianta organica delle stesse. Va ampliata la possibilitá della multi-titolarità in capo a un unico titolare, aumentando il numero massimo da 4 a 8.

Está bravo o Mario Monti...

Peliteiro,   às  22:15

Comentários:

 

Nestas situações falta a bandeira para tradução para português.
Não percebi nada!

 

 

 

Vá, não seja preguiçoso. Copie o que não percebe para aqui: http://translate.google.com/#it|pt|
# por Anonymous Prof. Pardal : quinta-feira, janeiro 05, 2012

 

 

 

O que se passar em Espanha será uma grande influência por cá...Itália nem tanto.
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, janeiro 06, 2012

 

 

 

Afinal em que ficamos?! Somos todos liberais para umas coisas, mas quando toca à farmácia temos dúvidas?! Carrega Monti!
# por Blogger GreenMan : sexta-feira, janeiro 06, 2012

 

 

 

Venha lá a dita cuja.
Aliás, estava nos planos da "dupla maravilha" Pinócrates/C.C., "para a destruição da ANF", que só não avançou porque o lobo maumau com nome de Cordeiro, contra atacou, se calhar cedo demais, com a compra da Alliance, obrigando , assim, a "dupla" a recuar e a alterar os planos para uma táctica baseada em sucessivas medidas de desgaste.
Ficarão três ou quatro cadeias: uma constituida pelos fieis da ANF, e outras dos Belmiro/Santos e/ou multinacionais.
Uma coisa é certa: há muito que Cordeiro e companhia estudam esse cenário.
Aos "Estagiários", GrennMan, e companhia restar-lhes-à a hipótese de serem "bons colaboradores" de patrões sem rosto...
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, janeiro 06, 2012

 

 

 

Desde que os patrões sem rosto sejam mais competentes que os actuais...não me incomoda minimamente.
# por Blogger GreenMan : sexta-feira, janeiro 06, 2012

 

 

 

Por falar em competência dos patrões farmacêuticos ele há (e haverá) de tudo, bons, razoáveis, maus, péssimos e assim-assim.
Tal qual como os farmacêuticos não patrões.
Não acredito em patrões Pai Natal, muito menos de multinacionais ou outros que tais.
Cada um tem (e terá) o que merece.
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, janeiro 06, 2012

 

 

 

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
# por Anonymous Correia de Campos : sexta-feira, janeiro 06, 2012

 

 

 

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, janeiro 06, 2012

 

 

 

E eu ralado!
Sou farmacêutico desempregado e tenho uma loja livre em bom lugar com 150m.
Contudo não acredito. A Itália neste momento não tem governo legítimo. O que lá se passa não interessa nada.
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, janeiro 06, 2012

 

 

 

Olha que bom para ti!
Vai ser tão bom abrir uma farmácia (que é coisa baratinha, pois o investimento é quase nulo) e vender tanto e tanto, e com tão boa margem que nem sei o que farás ao dinheiro.
Felicidade e Boa sorte
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, janeiro 06, 2012

 

 

 

Estou desempregado como farm. mas não sou burro, sei o que digo e não preciso de pedir dinheiro ao banco.
Já ando nisto vai para 15 anos e
conheço o ramo.
Posso trabalhar só e posso ter um farm. adjunto de borla.
Olha que bom para mim|
Mas não te assustes, neste triste país muda tudo para ficar tudo na nesma.
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, janeiro 06, 2012

 

 

 

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, janeiro 06, 2012

 

 

 

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
# por Anonymous José Sócrates : sexta-feira, janeiro 06, 2012

 

 

 

Insultos não!
É o argumento dos parvos!
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, janeiro 06, 2012

 

 

 

Concordo!
Dr Peliteiro, se de cada vez que alguém tem opinião diferente é insultado, vai o seu espaço por mau caminho.
Penso que este sítio é para troca de idéias, com educação e não para chicana.
Corte comentáros indecentes já!
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, janeiro 06, 2012

 

 

 

Lá estão outra vez as Farmácias da Madeira nos cornos do touro!
De vitória em vitória até à derrota final.
São maus pagadores e ainda ameaçam com retaliações.
Já não há pachorra!
# por Anonymous Anónimo : sábado, janeiro 07, 2012

 

 

 

Sem lei nem roque. Neste país engendram-se despedimentos de funcionários para, logo a seguir, voltar a empregar esses mesmos funcionários. Tudo porque passar um funcionário a efectivo não convém ao - guloso e chico-esperto - empregador. Tudo isto na farmácia mais próxima de si.

Este país é realmente uma pocilga. Não admira que esteja atolado em excrementos - há séculos, já - e cada vez mais afundado na chafurdice.

A Ordem dos Farmacêuticos o que faz? Colabora com o seu silêncio.

Ou os farmacêuticos dão vitalidade ao Sindicato e afrontam a ANF e os donos/comerciantes de medicamentos que nela se associam, ou continuarão a ver as suas condições laborais cada vez mais precarizadas pela ganância, avareza e gula desses mesmos donos/comerciantes de medicamentos (sejam eles farmacêuticos de formação ou não), agora escudados atrás de palavras como "crise", "Troika" e afins.

Urge acordar para A REALIDADE!
# por Anonymous Estagiário : sábado, janeiro 07, 2012

 

 

 

Como está o país e a europa ter emprego, mesmo precário, já não é mau.
Com tantos cortes na saúde (por culpa da má gestão anterior) o menino queria ordenados chorudos? Queria?
Terá sorte se a farmácia onde trabalha se aguentar à tona de água.
# por Anonymous Anónimo : domingo, janeiro 08, 2012

 

 

Enviar um comentário


 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017      Setembro 2017      Outubro 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.