<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

ANF corta crédito à Madeira 

Governo Regional da Madeira falha plano de pagamento às farmácias
A partir do próximo dia 15 de Dezembro, as farmácias não poderão continuar a dispensar medicamentos a crédito à população da Madeira.
No actual contexto de falta de liquidez da banca, a decisão de manter a dispensa de medicamentos a crédito não está nas mãos das farmácias.
As farmácias são as primeiras a lamentar esta situação.

Ler o comunicado da ANF.
Alberto João não tem dinheiro para pagar medicamentos, mas futebol e foguetório não pode faltar...

Peliteiro,   às  18:52

Comentários:

 

Bem feito!
Vão ver como elas mordem.
O jardim é outro sócrates.
Pagar dívidas é coisa de criança!

 

 

 

É off topic, mas a OF tem um plano de formação em Qualidade que mais parece feito para alunos das Novas Oportunidades ou do Politécnico de Foz Côa. É de rir:
http://www.ordemfarmaceuticos.pt/xFiles/scContentDeployer_pt/docs/Doc5025.pdf
# por Anonymous HSantos : sexta-feira, dezembro 09, 2011

 

 

 

Detesto caloteiros!
# por Blogger Peliteiro : sexta-feira, dezembro 09, 2011

 

 

 

Agora que tomem luzinhas de natal e fogo de artificio quando adoecerem!
# por Anonymous Paulo Saraiva : sexta-feira, dezembro 09, 2011

 

 

 

Lá vão as sobras da transferênçia do fundo de pensões da banca parar á Madeira.
Estamos destinados a numca passar da cepa torta.
É o fado Português...(não é por acaso que é património da Humanidade)
-Josefo-
# por Anonymous Anónimo : sábado, dezembro 10, 2011

 

 

 

Não é por nada, mas seria possível que quem por aqui escreve tivesse o mínimo de cuidado com os erros ortográficos?

transferênçia????
á???
numca????

Chiça penico!
# por Anonymous Anónimo : sábado, dezembro 10, 2011

 

 

 

Para o delicadinho dos erros, direi que o m é ao lado do n e etc. De resto, isto não é prova escrita, é divertimento. E escrito a correr.
Também lhe podia apontar que é mais correcto dizer - o múnimo çuidado - e não - o mínimo de cuidado -
-Josefo-
# por Anonymous Anónimo : sábado, dezembro 10, 2011

 

 

 

O foguetório do Fim de Ano é bem mais importante!
Os doentes ficam em casa... não precisam ver a festa!
# por Blogger mfc : sábado, dezembro 10, 2011

 

 

 

Há muitos anos a ANF também decidiu
cortar o crédito.
O que fizeram as farmácias?
Depois do problema resolvido, aviaram as receitas anteriormente
recusadas como se nada fosse e devolveram o dinheiro aos utentes!
# por Anonymous Anónimo : sábado, dezembro 10, 2011

 

 

 

Para além do comum "senhor", "menino", "rapaz" pelo qual eu e outros(as) colegas farmacêuticos somos tratados diariamente, já fui passado por ASSISTENTE DE MÉDICO, ENFERMEIRO, DOUTOR, etc. Nunca ninguém me tratou a mim, nem numa testemunhei ninguém tratar colegas, por aquilo que de facto sou: farmacêutico. Acho que a realidade dura e crua é clara: as pessoas não fazem a mínima ideia de quem está atrás do balcão da farmácia, aliás, para elas a noção de farmacêutico é tão clara, tão clara, que julgam que quem está ao balcão são enfermeiros, assistentes de médico, meninos e meninas... Está é a realidade do dia-a-dia, e que talvez devesse pôr os senhores da OF, mas não. Enfim, mais uma herança da maldita ANF.
# por Anonymous Estagiário : sábado, dezembro 10, 2011

 

 

 

Estagiário! já és Farmacêutico??? com esse complexo de "Calimero" arrogância e egocentrismo, ainda chumbas no estágio!
É que grau académico não é sinónimo nem de boa educação nem de bom profissional. De resto o complexo freudiano-ódio que tens em relação á Farmácia em que supostamente estagias ou estagiaste não te dá o direito de "vomitares" em cima do resto da população (Farmacêuticos e suas instituições incluídas)!
# por Anonymous Anónimo : sábado, dezembro 10, 2011

 

 

 

Ó estagiáario! Ó homem!
Deixa-te de tretas.Então não sabes que em Portugal doutores são os médicos e o resto são cantigas?
Tratam-te por senhor ou menino e está muito bem. Tratam-te com respeito e basta.
Democratiza-te! Faz o teu trabalho!
A população em geral não sabe dessas distinções bacocas.
E tu? por acaso conheces os postos das Forças Armadas?
Se calhar confundes um porteiro de hotel com um coronel!
Não sejas parvo!
# por Anonymous Anónimo : domingo, dezembro 11, 2011

 

 

 

Este estagiário é um agente provocador. Talvez até seja o Peliteiro...
# por Anonymous Anónimo : domingo, dezembro 11, 2011

 

 

 

Não percebo porque esta notícia só saiu hoje nos jornais.
# por Anonymous Sever : segunda-feira, dezembro 12, 2011

 

 

 

Ter uma farmácia, é cada vez mais um negócio arriscado. Agora, até vão recusar aviar receitas. Mas, recusar-ve a aviar uma receita do Centro de saúde, não poderá ser ilegal? Ainda que o Estado não pague....em tempo!
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, dezembro 12, 2011

 

 

 

Este anónimo, aqui de cima, não percebe mesmo nada disto.
Não estou a ver onde terá lido "até vão recusar aviar receitas" ou "recusar-se a aviar uma receita do Centro de Saúde, não poderá ser ilegal?"
As farmácias da Madeira continuarão , como até aqui, a aviar todas as receitas com uma única diferença:
Não será concedido o crédito referente à comparticipação para os utentes do SNS que, assim, terão de pagar os medicamentos na totalidade.
Poderão, posteriormente, é claro, procurar receber a quantia que adiantaram, na ARS contra a entrega do recibo passado pela farmácia.
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, dezembro 12, 2011

 

 

 

"Não será concedido o crédito referente à comparticipação para os utentes do SNS que, assim, terão de pagar os medicamentos na totalidade"

Você é que percebe tudo. Se costuma pagar por um café, 55 centimos, e no dia a seguir lhe cobram 1 euro. Você paga e fica feliz. Mais feliz ficará, se o mandarem ir receber a diferença ao Ministério.

Claro que a culpa não é da Farmácia. Mas, que vão apanhar com umas bernardas, ai isso vão.

E sobretudo a principal bernarda, vai ser que a maioria das pessoas, não vai comprar os medicamentos. Quem se lixa, serão as farmácias, que não vendem, e os doentes, que padecem. A ARS até esfrega as mãos.
# por Anonymous Anónimo : terça-feira, dezembro 13, 2011

 

 

Enviar um comentário


 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.