<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Necrose 

Indo da Póvoa ao Porto de metro, atravessando a suposta "cintura industrial" do Porto, não encontramos nem uma unidade de produção industrial, com excepção da agora chamada Nanium. Passamos um rio poluído, uma empresa pública de resíduos (que lixos por lá andam...), dois grandes centros comerciais, uma Farmácia, um Colégio, muitos cafés e muitas casas feias, mas produção industrial nada! Agrícola tampouco! Na cintura industrial do Porto não se produz nada! Não há nem um emprego para trabalhadores industriais! Com excepção dos trabalhadores da Nanium, mas, mesmo esses, porque insistem? A Nanium vai falir, ou então viver de subsídios do Estado.
Porque não investem antes numa boa televisão e ficam em casa, descansadinhos, a comer pipocas?

Peliteiro,   às  00:14

Comentários:

 

Porque entretanto uns poucos recebem salários e vão tentando pagar as suas dívidas no talho, no banco, na farmácia,ao senhorio, etc.etc e estes vão também pagar a quem devem, etc.etc.etc...
ficando em casa a ver televisão só resulta até a EDP vir c ortar a luz e acabar a bateria do carro...

 

 

 

Uma empresa seja ela industrial, agrícola ou comercial, nasce pela iniciativa de um ou mais indivíduos que aceitam investir o dinheiro que têm ou dinheiro que terão que ganhar.
Nasce com um objectivo principal que é ganhar dinheiro.
Uma empresa industrial ou agrícola têm um grande investimento inicial o que limita a iniciativa, ao contrario de uma comercial.
O retorno do investimento é muito mais rápido numa comercial, pelo que naturalmente se tende para o comercio em detrimento da industria/agricultura. Mas ao nível de mão de obra são as industrias/agricultura que absorve mais recursos.
Observem a evolução dos "grandes grupos industriais" por exemplo a corticeira Amorim ou a Sonae...
Inicialmente Industriais actualmente distribuição e serviços.
Para inverter a situação só com discriminação positiva entre sector primário e o secundário/terciário.
# por Anonymous Nuno Pimentel : quinta-feira, novembro 26, 2009

 

 

 

Vejam lá se isto tem a ver com o tema:

Em seis dias, um oftalmologista espanhol realizou 234 cirurgias a doentes com cataratas no Hospital Nossa Senhora do Rosário, no Barreiro, num processo que está a "indignar" a Ordem dos Médicos. Os preços praticados são altamente concorrenciais, tendo sido esta a solução encontrada pelo hospital para combater a lista de espera. O paciente mais antigo já aguardava desde Janeiro de 2007, tendo ultrapassado o prazo limite de espera de uma cirurgia. No ano passado chegaram a existir 616 novas propostas cirúrgicas em espera naquela unidade de saúde. Os sete especialistas do serviço realizaram apenas 359 operações em 2007 (cerca de 50 por médico num ano). No final do ano passado, a lista de espera era de 384, e foi entretanto reduzida a 50 com a intervenção do médico espanhol.

A passagem pelo Barreiro durante o mês de Março - onde garante regressar nos próximos dois anos, embora o hospital não confirme - foi a segunda experiência em Portugal do oftalmologista José Antonio Lillo Bravo, detentor de duas clínicas na Extremadura espanhola - em Dom Benito (Badajoz) e Mérida. Entre 2000 e 2003 já havia realizado 1500 operações no Hospital de Santa Luzia, em Elvas, indiferente às "críticas" de que diz ter sido alvo dos colegas portugueses."Eu percebo a preocupação deles e sei porque há listas de espera tão grandes em Portugal. É que por cada operação no privado cobram cerca de dois mil euros", diz ao DN o oftalmologista espanhol, inscrito na Ordem dos Médicos portuguesa, que cobrou 900 euros por cada operação realizada no Barreiro.

As 234 cirurgias realizadas no Barreiro, por um total de 210 mil euros, foi o limite possível sem haver necessidade de abrir concurso público internacional, sendo que o médico fez deslocar a sua equipa e ainda o microscópio e o facoemulsificador. O hospital disponibilizou somente um enfermeiro para prestar apoio.

PF
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, novembro 26, 2009

 

 

 

Querem outro caso para tribunais? Investiguem os hospitais! Essa corja que gere os hospitais portugueses são um bando de ladrões, corruptos, criminosos... Casos mais do que evidentes, à vista de todos, de todos os quadrantes políticos. Se houver justiça divina, estes criminosos há muito que ardem no inferno.
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, novembro 26, 2009

 

 

 

Vejo que o Nuno Pimentel continua um pouco utópico. Aprecio os seus comentários (limpinhos, curtos e sem ofender ninguém), mas, se me permite a observação, fazer depender a economia da capacidade de iniciativa dos empresários é chão que deu uvas. Numa sociedade aberta à concorrência, esse tipo de raciocínio, levado ao extremo, pode provocar a falência de países inteiros, como está a acontecer (Islândia, Irlanda, Reino Unido, Ucrânia, Geórgia, Austria, Califórnia, ...). E estou a tentar não ser alarmista.

PF
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, novembro 26, 2009

 

 

 

PF, e numa sociedade fechada à concorrência? Quer-nos falar de planos quinquenais e da colectivização dos meios de produção. O futuro é capitalista, não tenha dúvidas (e falências são próprias do capitalismo, claro, inclusivamente de países, incluindo de Portugal, mas... é a vida!)

[Aquilo do oftalmologista espanhol já foi tratado há meses]
# por Blogger Mário de Sá Peliteiro : quinta-feira, novembro 26, 2009

 

 

 

E eu alguma vez defendi uma sociedade soviética ou semelhante? Não sou assim tão básico. Mas não defendo que o futuro seja capitalista nem acho normal esse tipo de sistema levar à falência de países em detrimento de outros, porque quando isso acontece, há guerra. Apenas isso. Exemplos não faltam e recuso-me a aceitar isso como se fosse uma fatalidade.

[Quanto ao espanhol, tem razão, claro; tinha guardado esse recorte do DN e decidi aplicá-lo aqui, achei apropriado]

PF
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, novembro 26, 2009

 

 

 

Aliás até acho que o problema não tem nada a ver com capitalismo ou comunismo. Posso explicar-lhe porquê se assim o desejar. Agora vou jantar.

PF
# por Anonymous Anónimo : quinta-feira, novembro 26, 2009

 

 

 

A ed. Pluma Branca tem o prazer de anunciar o lançamento para o mês de Dezembro, o lançamento de um livro que promete revolucionar...

www.terrasonora-nunoviana.blogspot.com
# por Blogger terrasonora@portugalmail.pt : sexta-feira, novembro 27, 2009

 

 

 

Temos que incentivar a industria e a agricultura...
Uma actividade industrial com 10 pessoas factura metade que uma comercial com dois. Considerando que a industria tem a margem bruta o dobro do comercio, estas duas empresas terão a mesma lucro bruto. Mas porque não afectamos o valor do IRC ao factor produtivo, reduzindo o valor da industria para 15% (actuais 25%). Este é um mero exemplo, já não tão liberal.
# por Anonymous Nuno Pimentel : sexta-feira, novembro 27, 2009

 

 

 

Nem todos têm uma farmácia, como você já teve, e enriqueceu com ela! Agora o negócio é outro não é? As análises clínicas...
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, novembro 27, 2009

 

 

 

Ao contrário do Dr. Peliteiro não faço futurologia.

Não sei como será o futuro mas sei que o presente pertence aos capitalistas.
E como é lindo e próspero o mundo em que vivemos…

Ao leitor mais pessimista lembro-lhe que um português médio (MÉDIO!) encontra-se entre os 10% dos mais ricos do planeta.
Ora imagine como será a vida dos outros 90%...

Este modelo social e económico não é o que eu desejo, mas se a maioria acha que é o melhor que tenham bons sonhos!
# por Anonymous Anónimo : sábado, novembro 28, 2009

 

 

Enviar um comentário


 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.