<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Metastização 

Em Portugal não há um verdadeiro mercado, não há concorrência livre, não se recompensa o mérito individual nem colectivo, porque o Estado tentacular interfere, e muito, decisivamente, no fluxo da economia. Isto é uma das principais constatações reveladas por estes casos recentes envolvendo altas figuras nacionais. O Estado está presente, tem fortes interesses e negócios na banca, na construção civil, na comunicação social, na energia... até nas sucatas!

E a estatização da economia - seja pela via socializante, seja pela via do capitalismo sujo e corrupto - nunca dá bons resultados; não faltam exemplos na história.

Peliteiro,   às  08:02

Comentários:

 

Portugal necessita urgentemente de clarificar que tipo de democracia quer ser. Se quer ser liberal, dando primazia à iniciativa privada, com isso podendo reduzir o peso do estado, ou se quer ser socialista, tendo assim um peso maior do estado mas com maior peso também. O que se verifica é que queremos que o estado dê resposta a tudo, ensino, saúde, justiça, etc, grátis para todos, e depois queixamos-nos que temos impostos altos.
Certa altura estava a ver o telejornal e apresentava a jornalista um novo método de parir, dentro de água, que já estava a ser realizado em algumas clínicas. Até aqui tudo bem, não sendo que ela fecha a noticia referindo que tal método não era comparticipado pelo estado.
Será que deveria ser? Terá o estado que suportar todas as vontades dos cidadãos ou só serviço mínimo indispensável que deverá ser standard (atenção que este método inovador poderá ser economicamente mais vantajoso para todas as partes, estado e paciente).

 

 

 

É a merda de país que temos... Uma pesada herança do 25 de Abril e dos seus capatazes alinhados com a ex-União Soviética.
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, novembro 16, 2009

 

 

 

Conhecem exemplos de países em que vigore o capitalismo e que não sejam sujos e corruptos? E nos Estados-Providência, há capitalismo e economia estatizada ao mesmo tempo, ou estarei a fazer confusão? A extracção de petróleo na Noruega, por exemplo, é feita por empresas americanas ou norueguesas (ou seja, a economia petrolífera na Noruega é liberal ou estatizante)? Há corrupção ao mais alto nível na Noruega? E, já agora, a iniciativa privada portuguesa existe? Ou vive, com excepção talvez dos mais recentes empresários (e nem todos, veja-se o caso "Magalhães"), à sombra do Estado, desde o Salazarismo? E quem foi o primeiro-ministro que mais engordou o Estado; não foi precisamente Cavaco Silva, que se rotulava de liberal? E se o Estado for o mínimo indispensável há alguém que regule o mercado, de forma eficiente, ou o mercado auto-regula-se por si? Esta crise não provou que o mercado não se sabe regular? Não se aprende com os erros da história?

Caro dr., a sua pergunta é engraçada. Os socialistas (note-se que eu não acho que o PS seja socialista) defenderão a sua dama, bem como os defensores da iniciativa privada. Mas a realidade deixou de ser preta e branca. Na China, existe uma economia estatizada ou liberal? Todos os bancos pertencem ao Estado, por exemplo, e a economia funciona (há crédito). Nos EUA, nenhum banco pertence à Federação, nem o FED, que tem o poder de imprimir moeda. A economia americana funciona?

Voltando atrás, o problema, na minha opinião, não estará no Estado. Estará na substituição do conceito de Estado: em vez de estar ao serviço dos cidadãos, está ao serviço do Partido (para pagamento de campanhas eleitorais, por exemplo), que vai alternando no poder. O problema está na organização da nossa partidocracia. Não há recompensa pelo mérito porque é preciso ter tirado o tirocínio numa Jota qualquer. E não deixam os cidadãos concorrerem em movimentos, nas eleições legislativas. Aí a coisa piava fininho. Resta o voto de protesto: um milhão de votos no PC e no BE.

Nota final: em Espanha, a quarta maior preocupação dos nossos hermanos são os políticos; a ETA é a sétima preocupação

PF
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, novembro 16, 2009

 

 

 

Já agora, só para contribuir para a discussão.

João Marques Vidal, o Procurador-adjunto e responsável pelo recém-criado DIAP de Aveiro, que andou a escutar dezenas de conversas telefónicas do Primeiro-Ministro tem a quem sair: João Marques Vidal é filho de José Marques Vidal, homem de confiança de Cavaco Silva, de tal forma que este empossou-o como Director da PJ, em 1985.

José Marques Vidal, em Setembro passado, num colóquio promovido pelo PSD/Algarve, culpava a Assembleia da República pelo estado da justiça.

Porventura, espicaçado pelo filho João, o ex-Director da PJ de Cavaco, criticava ainda o facto de os jornalistas não poderem publicar o teor de escutas telefónicas sem autorização dos visados, quando o podem fazer relativamente a outros pormenores dos processos judiciais.

É só mais uma informação para não tirarem conclusões precipitadas. Isto está tudo ligado.

PF
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, novembro 16, 2009

 

 

 

Conteúdo genial.... e explicito do que se passa em Portugal!
lafl
# por Blogger Eliot Ness : segunda-feira, novembro 16, 2009

 

 

 

Um grande empresário português marca uma audiência com José Sócrates, na residência oficial do Primeiro-Ministro. Enquanto aguarda, encontra Armando Vara que o recebe com muitos abraços. Quando é recebido pelo Primeiro-Ministro, sente falta da carteira e resolve abordar o assunto:
- Não sei como lhe hei-de dizer, Senhor Primeiro-Ministro, mas a minha carteira acabou de desaparecer!
E continuou:
- Tenho a certeza de que estava com ela ao entrar na sala de espera. Tive o cuidado de a guardar bem, após apresentar o BI ao segurança. Não quero fazer nenhuma insinuação, mas a única pessoa com quem estive depois disso foi o Dr. Armando Vara, que está aqui na sala de espera ao lado. O Primeiro-Ministro retira-se do gabinete. Pouco tempo depois, regressa com a carteira na mão. Reconhecendo a sua carteira, o empresário comenta:
- Espero não ter causado nenhum problema pessoal entre o Senhor
Primeiro-Ministro e o Dr. Armando Vara.
Ao que José Sócrates responde:
- Não se preocupe!!!... Ele nem percebeu!!!...

PF
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, novembro 16, 2009

 

 

 

Portugal vive numa economia híbrida.

Quando os privados obtêm lucros enormes temos uma economia capitalista.

Quando os privados têm prejuízos entra em vigor a economia estatizada, com o estado (todos nós) a chegar-se à frente com as massas.
# por Anonymous Anónimo : terça-feira, novembro 17, 2009

 

 

 

A PIADA DO MOMENTO EM PORTUGAL...
Um grande empresário português marca uma audiência com José Sócrates, na Residência Oficial do Primeiro-Ministro.
Enquanto aguarda, encontra Armando Vara que o recebe com muitos abraços.
Quando é recebido pelo Primeiro-Ministro, sente falta da carteira e resolve abordar o assunto com o PM:
- Não sei como lhe hei-de dizer, Senhor Primeiro-Ministro, mas a minha carteira acabou de desaparecer!

E continuou:
- Tenho a certeza de que estava com ela ao entrar na sala de espera. Tive o cuidado de a guardar bem, após apresentar o BI ao segurança. Não quero fazer nenhuma insinuação, mas a única pessoa com quem estivedepois disso foi o Dr. Armando Vara, que está aqui na sala de espera ao lado.
O Primeiro-Ministro retira-se do gabinete. Pouco tempo depois, regressa com a carteira na mão.
Reconhecendo a sua carteira, o empresário comenta:
- Espero não ter causado nenhum problema pessoal entre o Senhor Primeiro-Ministro e o Dr. Armando Vara .
Ao que José Sócrates responde:
- Não se preocupe! Ele nem percebeu!...
# por Anonymous Camarão : quinta-feira, novembro 19, 2009

 

 

Enviar um comentário


 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017      Setembro 2017      Outubro 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.