<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Patognomónico 

Compreendo perfeitamente que estejam, caros leitores, absolutamente fartos destes casos de corrupção que atingem o país e o aparelho do Estado, das negociatas, dos compadrios, e que suspeite que aquilo que vamos circunstancialmente sabendo é apenas uma ínfima parte da real dimensão das vigarices. Mas, meus caros leitores,
em quem votaram a 27 de Setembro?

Peliteiro,   às  00:06

Comentários:

 

A questão de se ter ou não votado aqui ou ali em nada contribuiria para resolver este problema da corrupção, porque o problema não está na cor mas sim na natureza humana que é fraca, se outros estivessem no poder outros estariam a ser acusados deste tipo de crime, não há nada a fazer senão acabar com esta falsa democracia, castigar exemplarmente os culpados e pôr esta malta toda a trabalhar porque pelos vistos terem direito a grandes tachos já não chega!...

 

 

 

O mal foi nÃO TER DADO A MAIORIA ABSOLUTA NOVAMENTE AO ps...Agora vem o sindicato com o gaijo dos bigodes e malha no sócrates..,vem o Portas e malha n socrates , vem o prof marcelo que só é ar e vento 8 nunca o vi fazer nada de concreto - só castelos no ar e destruir tudi incluindo a regionalização---Marcelo é o verdadeiro REGIONALICIDA... E como repararam corrupção está ssociada a desconcentração...Aquilo que deveria estar sobre controlo de um orgão autárquico regional está nas mãos de Comissões, Institutos, Empresas publico/privadas etc.etc... Por isso martelam todos contra a regionalização...querem diminuir e combater a corrupção? REGIONALIZEM!!! Não desconcentrem nem descentralizem...
# por Blogger RENATOGOMESPEREIRA : sexta-feira, outubro 30, 2009

 

 

 

Cada um tem o que merece !

O PSD tem o dias loureiro!

O PS tem o armando vara !


PS: Esta gente não merece que se escreva o nome deles em maisculas
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, outubro 30, 2009

 

 

 

Patognomónico é bem visto, mas se virmos melhor, corrupção e negociatas estaria mais bem caracterizado como um verdadeiro caso de comensalismo!
# por Anonymous Chato do Caraças : sexta-feira, outubro 30, 2009

 

 

 

Ora aqui está uma boa oportunidade para intervir neste importante debate. É que é a segunda ou terceira vez que o senhor dr. faz esta pergunta. E é de fazer, repetidas vezes.

No entanto, sabemos o seu sentido de voto e não ignoramos que é militante do PSD. O que pressupõe (corrija-me se estiver enganado) que o senhor votou num partido cujas práticas, ao nível dos quadros médios, é muito semelhante às praticadas pelos quadros médios do PS. O anónimo anterior falou em Dias Loureiro mas sabemos que a lista não acaba aí. Só que o problema maior até nem é esse (na Europa não existe nenhum político preso e condenado por corrupção, sabia?, portanto somos europeus); o problema grave é o facto de Portugal se financiar por endividamento externo para obras (como os estádios do EURO, a EXPO98, o TGV ou o escusadíssimo novo aeroporto de Lisboa) que irão ter um fortíssimo componente de importações, ou seja, para pagar a fornecedores externos. Ou seja, em linguagem demagógica, os dirigentes portugueses estão a trabalhar para os credores estrangeiros, porque são eles que lhes pagam.
A última década em Portugal ficou marcada por uma predominância de banais tentativas de ilusionismo na política, de incapacidade na visão estratégica e de fantasia na leitura das realidades económico-financeiras. Portugal ainda é um país semi-desenvolvido onde vale tudo para enriquecer depressa sem critérios, mostrando que existe uma percepção materialista ordinária da sociedade portuguesa.
Percepção essa que foi alimentada ideológicamente.

Respondendo à sua pergunta: votei no Bloco de Esquerda, nas legislativas e europeias.

PF
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, outubro 30, 2009

 

 

 

Isto da corrupção, nada tem a ver com o partido. É assim no governo e o mesmo se passará na Câmara da Póvoa.

Se a Câmara da Póvoa, um dia, passar para o PS naturalmente que continuará o compadrio.
# por Anonymous Anónimo : sexta-feira, outubro 30, 2009

 

 

 

Não consigo encontrar, por muito que queira, a mínima explicação que sustente a afirmação deste ultimo comentário, anónimo, Aliás, só encontro como justificação para este tipo de comentário, o saber de antemão, que mais não se pretende, que justificar o que se passa na câmara da Póvoa, que volta a contar agora para um novo mandato com um condenado por abuso do poder. Então sim, está encontrada a explicação.
Está cumprido o seu papel, companheiro. E olhe que não sou socialista.

José António
# por Anonymous Anónimo : sábado, outubro 31, 2009

 

 

 

Eu não consigo encontrar a mínima explicação para o primeiro comentário.

Todos sabemos que este Governo Socialista tem tido uma infinidade de casos ilícitos. A justificação de que os partidos que vão para o governo são todos iguais é de algum Socialista que quer fazer tábua raza da catástrofe governativa do seu PS e assim evitar a antipatia dos Poveiros para com o seu partido.

Se se quer considerar válida a opinião de que os partidos que vão para o governo são todos iguais, também temos que considerar válida a opinião de que os partidos que vão para a Câmara são todos iguais no compadrio e assim deitar por terra a teoria das virtudes infindáveis do PS de Renato Matos.
# por Anonymous Anónimo : sábado, outubro 31, 2009

 

 

 

Julgamentos sumários, seguidos de execuções em praça pública, já!
# por Anonymous Anónimo : sábado, outubro 31, 2009

 

 

 

Evidentemente, que há por aqui alguns comentários tontos. Dizer que a corrupção está generalizada na Europa é falso. Aliás, um ex-Primeiro Ministro italiano, Bettino Craxi, teve que emigrar para a Tunísia, por ter sido condenado a cadeia em Itália.

Em Espanha, houve o Mário Conde e o Gil Y Gil.

Muitos outros exemplos houve.

Em Portugal, é que os Tribunais, o MP e até a PJ, estão subalternizados face ao poder político e económico.

O PS está atolado até ao pescoço. O PSD esteve atolado até ao pescoço. O PSD tem comido menos nos últimos tempos.

Precisamos de um António di Pietro ou de um Baltazar Garzon.
# por Anonymous Anónimo : sábado, outubro 31, 2009

 

 

 

Será que o autor do quinto comentário é o gestor de multinacionais?
# por Anonymous Anónimo : sábado, outubro 31, 2009

 

 

 

Desculpe o abuso de me hospedar aqui. Mas já que se fala de corrupção, sobre URBANISMO e CORRUPÇÂO vale a pena ler NUVEM DE FUMO.

vejam nuvemdefumo2009.blogspot.com
# por Blogger NUVEM DE FUMO : sábado, outubro 31, 2009

 

 

 

O que os corruptos mais querem é que 1) se partidarizem estas questões e que o povoléu acredite 2) que não há mudança possível, que é tudo igual, e 3) que a justiça portuguesa é eficaz.

Alguns dos comentários anteriores demonstaram bem como o povoléu é estúpido, resignado e crédulo. Ratazanas desprezíveis.
# por Blogger Mário de Sá Peliteiro : sábado, outubro 31, 2009

 

 

 

Peliteiro, esta sua resposta aos comentários deixou-me perplexo!!! Então perguntar em quem votaram nas últimas eleições não é partidarizar a questão???
Por favor esclareça-me que estou a ficar com urticária!
# por Anonymous Chato do Caraças : sábado, outubro 31, 2009

 

 

 

Tonto. Fez-lhe exactamente a pergunta que ele queria que lhe fizessem.
# por Anonymous cxbcuqb : sábado, outubro 31, 2009

 

 

 

Partidarizar no sentido tribal, clubístico, irracional: se o suspeito / acusado / condenado é do meu partido então eu defendo-o; se é do partido adversário há que malhar-lhe.

Por exemplo, numa Câmara PSD qualquer onde há sinais evidentes de corrupção, nepotismo, compadrio, negociatas e vigarices várias os militantes do PSD, mesmo que lhes custe muito, não devem votar PSD, não devem deixar que a partidarização influencie o seu sentido de voto.
Por exemplo, num Governo PS qualquer onde há sinais evidentes de que anda tudo a chafurdar, há anos, memso os militantes do PS devem votar em outro partido qualquer para retirar do poder os meliantes, para mudar, para - até por uma questão de saúde mental - acreditar que nem todos os políticos são vigaristas, que há esperança, que todos temos responsabilidade pelo Estado em quue isto está.
# por Blogger Mário de Sá Peliteiro : domingo, novembro 01, 2009

 

 

 

TOTALMENTE DE ACORDO. TEM QUE SER ASSIM, NÃO HÁ VOLTA A DAR.

Nota: a) Mário Conde era um banqueiro e não um político; era o financiador da coroa espanhola e abocanhou 8 milhões de pesetas antes de ser preso; ainda é vivo. b) Craxi não foi preso; deixaram-no fugir para um exílio dourado, a Tunísia, e já morreu. c) quanto a Gil Y Gil tem razão, mas eu referia-me a políticos do establishment; além disso, já morreu e eu falei em políticos vivos. Mais alguma sugestão?
PF
# por Anonymous Anónimo : segunda-feira, novembro 02, 2009

 

 

Enviar um comentário


 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.