<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


terça-feira, 4 de setembro de 2007

A importância de ter um seguro de saúde 

Duas histórias:

Eu tenho seguro de saúde

Há uns tempos senti dor, calor, rubor e tumor numa perna. Pareceram-me ser os sintomas compatíveis com uma tromboflebite e procurei a consulta de um bom cirurgião vascular. Que tinha que ser já internado. Mas eu não podia, no dia seguinte tinha um compromisso profissional inadiável. Que tinha que ir já para um Hospital, que se fosse nos EUA sairia já dali, obrigatoriamente, de ambulância. Mas eu não podia. Que então teria que assinar um termo de responsabilidade. Fui para um Hospital privado e lá fiquei internado 1 semana, a anticoagulantes, controlo de INR, remoção cirúrgica do trombo, etc, etc.

A minha mãe não tem seguro de saúde

Anteontem a minha mãe sentiu a mesma dor, calor, rubor e tumor numa perna. Procurou a sua médica do Centro de Saúde de Vale de S. Cosme, Famalicão que estava de férias e sem substituta.
Ontem foi à Urgência do Hospital de Famalicão, foi-lhe diagnosticada uma tromboflebite (superficial, profunda?), foi-lhe prescrito Enoxaparina, anticoagulante injectável para 2 dias e recomendado que se dirigisse de imediato ao seu Centro de Saúde para que lhe "passassem a papelada" para consulta urgente de cirurgia vascular no Hospital de S. Marcos - Braga.

A médica de serviço no Centro de Saúde não quis saber, não era nada com ela, não passou papelada nenhuma e nem sequer quis ver a doente (faz lembrar o caso de Cabeceiras de Basto em que a doente morreu).
Foi-lhe dito para se apresentar no próximo 7 de Setembro, pelas 5 da manhã, nesse Centro de Saúde para eventual (!) consulta com a sua médica de família, entretanto regressada de férias.

A terapêutica anticoagulante terminou hoje!
Amanhã, sem seguro de saúde, abandonada pelo SNS, lá terá que pagar o tratamento na privada (se encontrar um clínico que a atenda!). É a vida...

Etiquetas:


Peliteiro,   às  23:41

Comentários:

 

O seguro de saúde é algo, que os jovensn ão querem fazer. É caro, porque consultam poucas vezes o médico, e o que pagam por ano é superior ao que poderiam gastar. No entanto, quanto mais velhos ficamos mais vezes utilizamos os serviços de saúde. Agora menos jovens, o seguro atinge valores ainda mais elevados, tornando-se mesmo proibitivos para muitas carteiras. Isto no csao da companhia aceitar fazer o seguro, porque as exclusões serão algumas.
Daí a melhor idade para subscrever o dito seguro seja antes dos 35 anos. Aproveito para informar que esse seguro tem benefício fiscal em sede de IRS.
Em 2006:
Dedução à colecta de 30% dos prémios pagos, com limites de :
-€78,00 por sujeito passivo não casado
-€156,00 para o casal
-39,00 por cada dependente a cargo (ascendentes e descendentes)

CA

 

 

 

Será que a dita médica tomaria a mesma actitude, se estivesse num hospital do grupo Mello?
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, setembro 05, 2007

 

 

 

Porque será que agora todos reclamam por melhor saúde, cuidados médicos, atendimento de proximidade, urgências, e antes, deitavam abaixo o Serviço Nacional de Saúde. E mais, tudo fizeram para que a liberdade de escolha,na saúde, um direito como diziam, abrisse caminho aos tais Mellos e Champalimau. Só agora é que se deram conta de que a tal liberdade tem um preço.E que só é possível escolha, como queriam, para quem tem dinheiro, e que portanto não é para todos, muito menos para a maioria? Vamos lá a ter um pouco de consideração pela memória dos outros. Queriam privatização e escolha, aí a têm. Não culpem os Mellos, que até nem conheço.
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, setembro 05, 2007

 

 

 

Caro Mário Peliteiro,

Seria bom que isto, que aqui relata, não ficasse, apenas, pelo post. No que seria uma "trenguisse". Ou seja, a fatalidade do «É a vida...» Porque não tem que ser. Caberá aos interessados protestar contra o que está mal. Os utentes têm direitos, no SNS, tal como os funcionários que por lá andam terão responsabilidades. A maior forma de obviar este tipo de casos, na minha perspectiva, não será a de lamuriar o velho chavão do ter ou não ter um seguro de saúde privado.
# por Blogger Marx : quarta-feira, setembro 05, 2007

 

 

 

Ora aí está mais uma opinião do Max, que tb não conheço, sensata e que quase sempre é chutada para canto. Não conheço o MAx, mas, mesmo discordando de algumas das suas opiniões, respeito. E esta é uma daquelas que subscrevo. Sem esquecer aquilo que anteriormente disse sobre a 'pivatização' da saúde, entendo que se os Utentes têm motivos de queixa, podem e devem pedir o Livro de Reclamações, que existe em qualquer serviço, e educadamente, colocar a sua discordância, ou então, lavrar o seu elogia, coisa que tb fica bem. Em vez de lamentos, tome posição, escreva.
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, setembro 05, 2007

 

 

 

Caros Marx e Anónimo,

Obrigado pelo interesse neste caso.
Claro que reclamei.
Não servirá de nada à minha mãe (bem pelo contrário talvez, num CS pequeno poderá ser "marcada"), mas poderá ter algum efeito num próximo doente.
Obrigado.
# por Blogger Mário de Sá Peliteiro : quarta-feira, setembro 05, 2007

 

 

 

Os centros de saúde são para abater.
O que está a dar são as USF's.
Numa USF até consultavam a sua mãe umas 6 vezes por dia, todos os dias.
Se até fazem consultas a utentes já falecidos, e domicílios a acamados que nunca acamaram...
É só facturar.
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, setembro 05, 2007

 

 

 

e porque será que o hospital de famalicão não mandou directamente para o hospital de braga?
será que só os centros de saúde podem mandar?
se é verdade diagm ao ministro
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, setembro 05, 2007

 

 

 

A algum tempo,não muito,na folha de urgencia,em baixo havia um espaço,para que o medico escrevesse qual destino do doente,nomeadamente,internamento em..,alta clinica,enviado á consulta de....e se fosse caso disso esse seria o encaminhamento dado pelas instituições.À coisas que mudam para pior,à medida que os hospitais vão passando de distritais,a S.A e a E.P.,quem fica pior é o utente que agora é cliente,mas cujo atendimento é feito de modo a ser "despachado"com o menor custo possivel,para a E.P.prestadora e começa o jogo do empurra...
# por Anonymous Anónimo : quarta-feira, setembro 05, 2007

 

 

 

Este Ministro da Saúde (ou este Governo?) está a matar o SNS, que tão entusiasticamente defendeu, a princípio. Há que procurar a melhor forma de lhe fazer frente, a bem da nossa saúde. Continuam sem rei nem roque os desmandos dos Centros de Saúde e da sua inqualificável desorganização, sempre em prejuízo dos utentes, que pagam e sofrem.
O seguro de saúde é coisa distinta: tem-no quem quer e pode, e com ele poderá resolver melhor os seus problemas.
Uma coisa é certa: Para um desgraçado SNS como o que temos, não precisamos de ministro.
# por Blogger Manuel CD Figueiredo : quarta-feira, setembro 05, 2007

 

 

 

carissimo se quiser fazemos imediatamente um medicall.....

cumprimentos
# por Blogger José António Torres : quinta-feira, setembro 06, 2007

 

 

 

Está visto que o Governo tem razão.
O centro de saúde de S.Cosme e até o serviço de urgência do Hospital de V.N.F. deviam fechar. Estão obsuletos, não respondem às necessidades das populações. Mais vale apostar melhor no S.Marcos em Braga. Esses espaços, só servem para os médicos chularem dinheiro ao estado, atendendo os doentes, mas enviando-os para outros centros....e nós a pagar a esses gajos. Há médicos em serviço de urgência, a ganhar 300€/noite, e só dormem! Qd vem um doente, não há anastesiste de serviço, toca a despachar o gajo pró Porto, ou pra Braga... e nós a pagar.
Não tenho dúvidas, muitos mais centros e s. urgência deviam fechar.
# por Anonymous j.neves : sexta-feira, setembro 07, 2007

 

 

Enviar um comentário


 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017      Setembro 2017      Outubro 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.