<$BlogRSDUrl$> Impressões de um Boticário de Província
lTradutor Translator
Amanita muscaria

Impressões de um Boticário de Província

Desde 2003


terça-feira, 31 de maio de 2011

Defenestrar Sócrates apesar do Sr. Afonso 

Adivinham-se tempos muito difíceis o que faz das próximas eleições legislativas - julgo que esta é, também, uma legislatura de revisão constitucional -  que um momento importante para o futuro do país e para cada um de nós.

Isso deveria implicar a eleição de políticos sérios e bem preparados, os melhores de nós.

Ora nas listas do meu Partido, da terra onde moro, não é isso que acontece. O candidato do PSD pela Póvoa de Varzim, não é, seguramente, um dos que melhor nos pode representar e defender. Nada o distingue da multidão, da banalidade, nem o percurso académico - não sei se tardiamente conseguiu acabar o curso -, nem profissional - vender créditos habitação e faqueiros em cidades de província não é grande currículo -, nem político - uma vereação medíocre com poucos poderes e mais ajustes directos. Apenas uma longa carreira de cola-cartazes e fidelidade ao chefe.

No próximo dia 5 voto então PSD, mas contrariado, engolindo um grande sapo: o sapo Afonso Oliveira. Mas voto PSD. Porque acima de tudo é preciso defenestrar Sócrates. Esse é o ponto: defenestrar Sócrates! O país não sobrevive muito mais tempo a ser governado por um inconsciente incompetente.

Portanto, Domingo vote, sem hesitação ou dúvida, no PSD! Apesar dos sapos.

Peliteiro,   às  01:44
21  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

terça-feira, 24 de maio de 2011

O que eu penso de quem vota PS 

Copiado do Fiel inimigo.

Peliteiro,   às  22:21
15  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Começou a grande purga 

«Derrocada do PSOE nas eleições regionais e municipais de Espanha»

A seguir, cabe-nos a nós dar a cicuta ao nosso meliante socialista.

Peliteiro,   às  01:20
4  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Correia de Campos condenado a pagar 20 mil euros 

Era só para sublinhar - passou muito despercebido na imprensa, nem encontro um link para a notícia - que Correia de Campos foi condenado a pagar 20 mil euros: «Dois ex-gestores do Hospital de São João sentiram-se injuriados quando o então ministro da Saúde Correia de Campos classificou a sua gestão como “negocista” e” clientelista”. Avançaram para tribunal e ganharam
É o que resta das "grandes" reformas do coveiro do SNS...

Peliteiro,   às  01:15
0  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Museu Académico de Coimbra 

Na fantástica Biblioteca Joanina:


Peliteiro,   às  21:58
0  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

8 anos de blogue 

O tempo passa depressa. Foi já há 8 anos que comecei a escrevinhar neste blogue. 4.000 postais, 750.000 páginas vistas, 470.000 visitas. Muitas horas de descontracção, de diversão, de aliviar de bílis e de denúncia vã. Muitos insultos, inimigos, ameaças de pancadaria e tentativas de prejuízo profissional. Aprendi muito, discuti ideias com gente interessante e inteligente, alguns agora amigos. Valeu a pena, ainda vale a pena.
Obrigado a todos pela colaboração. Enquanto houver leitores vai havendo blogue.

Peliteiro,   às  00:15
15  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Apito encarnado 

Porto ganha a UEFA Europa League

Peliteiro,   às  22:30
1  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Censo Boticário de Província 

Integrado nas comemorações do 8º ano do blogue, a 19 de Maio, pretendo saber quem são e o que procuram os leitores deste humilde blogue. Assim, peço encarecidamente que em 2' respondam ao inquérito abaixo:


Obrigado!

Peliteiro,   às  22:23
6  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Afinal quem vota em Sócrates? 

Não conheço quase ninguém que admita votar em Sócrates. O que é um dado surpreendente pois é certo que o patifório não perderá as eleições por muito. Também não dou conversa a qualquer um, os meus amigos são todos gente séria e trabalhadora, que não vive pendurada no Estado, nem tem medo do papão neoliberal.

Peliteiro,   às  00:11
7  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

domingo, 15 de maio de 2011

Abrenúncio! Cruzes. T'arrenego! 

«Governo abre instalação de unidades de saúde familiares a privados»

É o fim do Estado social! É o fim da tendenciamente gratuita saúde para todos. É o SNS entregue às mãos do capitalismo selvagem. É império do neoliberalismo a vingar irremediavelmente.
É o PS de Sócrates.

Peliteiro,   às  23:45
0  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Evidências 

Jose no Allcare management:

«Independentemente da origem da informação, ela é verídica e absolutamente clara: "O Governo não incentivou a prescrição e o consumo de medicamentos genéricos. É por isso que continuamos na cauda da Europa, relativamente à quota de genéricos. Com apenas 20 por cento de quota de mercado para os genéricos, bastante longe dos mais de 50 por cento da maioria dos outros países da UE, desperdiçamos anualmente mais de 200 milhões de euros, sem qualquer ganho de saúde".

A quem dará jeito este caminho? À Indústria Farmacêutica em particular. Mas, porque fez o último Governo, este frete à Indústria Farmacêutica?

Nós temos as nossas idéias, sobre as razões de fundo. Mas, não as podemos veicular por aqui.»

Peliteiro,   às  23:21
0  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Apito encarnado 

Benfica 3-3 Leiria

Etiquetas:


Peliteiro,   às  23:17
0  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Política do Medicamento 

Nada de entusiasmante, tal como o do PS um conjunto de generalidades, de banalidades, que fica dependente da conjuntural influência dos lóbis e dos interesses:
Programa de Governo do PSD

Os medicamentos são muito importantes pelos ganhos em saúde que lhes estão associados. A sua utilização racional e eficiente deve estar na base de uma política de saúde que se pretende orientada para a satisfação das necessidades em saúde dos cidadãos, garantindo a equidade no acesso à inovação e um contributo para a eficiência e sustentabilidade do SNS.
Com o aumento da esperança média de vida, o desafio colocado pelas doenças crónicas, doenças raras e emergentes, requer respostas terapêuticas dispendiosas com impacto significativo na despesa pública com a saúde. Por isso defendemos que, no medicamento, as decisões devem fundamentar-se na avaliação prévia do seu impacto, com demonstração e valorização da sua mais-valia e da sua repercussão a nível orçamental, garantindo procedimentos para que a decisão promova a transparência do sistema de regulação, avaliação e financiamento. Defendemos, igualmente, que é fundamental continuar a reforçar a utilização de medicamentos genéricos, num contexto de prescrição por denominação comum internacional (DCI). Defende-se, finalmente, que o uso racional dos recursos passa pelo combate à fraude e ao desperdício. As nossas propostas nesta área são:
• Controlar a utilização dos medicamentos agindo sobre a prescrição, dando prioridade ao desenvolvimento de guidelines terapêuticas no mercado hospitalar e de ambulatório apoiadas em bases sólidas de farmacologia clínica;
• Garantir o acesso e a equidade aos cidadãos, através do aperfeiçoamento do sistema de preços e Revisão do Sistema de Comparticipação de Medicamentos, garantindo uma gestão eficiente e dinâmica dos recursos, redefinindo o modelo de avaliação dos medicamentos para efeitos do seu co-pagamento pelo Estado, sem descurar os cidadãos mais desprotegidos.
• Aumentar o consumo de medicamentos genéricos e da prescrição por DCI, passando pela normalização jurídica das patentes e alteração do sistema de preços de referência, a fim de criar condições para a duplicação do mercado de genéricos através do reforço da prescrição por DCI, com publicação dos dados de bioequivalência dos medicamentos genéricos relativamente aos de referência.
• Permitir que o médico prescritor apenas possa impedir a substituição do medicamento prescrito por DCI por outro incluído no mesmo grupo homogéneo, quando, designadamente o aquele se destine a tratamento prolongado e ou a patologias crónicas ou mediante justificação clínica, precisa e fundamentada, relativa à situação concreta a que se refere a receita.
• Aquisição e distribuição centralizadas de medicamentos no SNS, fazendo a negociação, aquisição e distribuição centralizada de medicamentos e dispositivos médicos, prioritariamente nas áreas terapêuticas que representam 80% de encargos para os hospitais do SNS, utilizando para tal a Central de Compras do SNS.
• Combater ineficiência e o desperdício, adequando a quantidade de medicamentos dispensados ao período de tratamento, quer em terapêuticas de curta duração para doentes após alta hospitalar, quer através da implementação de dispensa em dose unitária (terapêutica individualizada) em farmácias de oficina, para aumento da adesão à terapêutica e eliminação dos desperdícios nos doentes crónicos idosos.
• Efectivar a desmaterialização da receita médica. O que temos hoje é uma prescrição médica informatizada, mas ainda em papel. É fundamental ter um sistema de monitorização do consumo de medicamentos ágil e que promova a transparência e contabilização dos encargos do estado e do cidadão com os medicamentos. Neste sentido defendemos a desmaterialização da receita médica como uma medida prioritária na área do medicamento, como forma de gestão eficiente e de combate á fraude.

Peliteiro,   às  00:12
1  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

sexta-feira, 6 de maio de 2011

What the Finns need to know about Portugal 

Nem sou nada nacionalista, zango-me muito com os portugueses, compreendo perfeitamente que não queiram emprestar dinheiro a um país que não sabe votar, corrupto, esbanjador e endividado até à medula, mas, contudo, gostei muito:


Peliteiro,   às  22:18
6  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Apito encarnado 

Braga 1 - Benfica 0
Lá se foi a final da Liga. O Benfica realmente dá-me muitas alegrias...

Etiquetas:


Peliteiro,   às  21:58
4  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Ordens do Olimpo 

Pharmacies sector

3.60. Effectively implement the existing legislation regulating pharmacies. [Q4-2011]
3.61. Change the calculation of profit margin into a regressive mark-up and a flat fee for wholesale companies and pharmacies on the basis of the experience in other Member States.
The new system should ensure a reduction in public spending on pharmaceuticals and encourage the sales of less expensive pharmaceuticals. The aim is that lower profits will contribute at least EUR 50 million to the reduction in public expense with drugs distribution. [Q4-2011]
3.62. If the new system of calculation of profit margin will not produce the expected savings in the distribution profits, introduce a contribution in the form of an average rebate (pay-back) which will be calculated on the mark-up. The rebate will reduce the mark-up by at least 3 percentage points. The rebate will be collected by the Government on a monthly basis through the Conference Center of Invoices, preserving the profitability of small pharmacies in remote areas with low turnover. [Q1 -2012]

O que quererá dizer 3.60.? Não faço ideia. Só se for sobre o hilariante Artigo 3.º: «Deve ser respeitado o princípio da liberdade de instalação das farmácias».

Peliteiro,   às  16:25
9  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Este Bush é tramado! 

A mim não me surpreende o tratamento dado ao Osama. Mas Obama, o Nobel da Paz, nunca aprovaria uma política de wanted dead or alive. E o Portugal da esquerda moderna, um dos primeiros países a abolir a pena de morte, nunca se congratularia com o êxito da missão e a morte de um homem. Bush era um bronco lá do Texas - os outros nem pensar, comem caviar.


Peliteiro,   às  13:41
2  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Vereador da Póvoa arrisca suspensão como... ciclista 

Notícias sobre o candidato a Presidente da Câmara que talvez não saiam nos jornais da terra:
«Aires Pereira, vereador do desporto da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim e ciclista amador, falhou um controlo antidoping na Clássica da Primavera, prova de ciclismo para todos que ontem se disputou na Póvoa de Varzim e arrisca uma suspensão da actividade desportiva por violação do regulamento antidopagem. O controlo estava previsto para a prova que mescla corredores federados e populares

Póvoa de Varzim LA-MSS

Peliteiro,   às  07:07
2  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

domingo, 1 de maio de 2011

Causa ou consequência? 

Mário Soares: «Hoje em 27 países europeus há três países socialistas, só três, a governar. São eles, Portugal, Espanha e Grécia. Não é por acaso, talvez, que são os três que estão a ser vítimas da agressão que os mercados nos fazem.»

A capacidade de argumentação dos socialistas é imensa, tão imensa que a realidade não é limite. Dr. Soares, esses três países, socialistas, estão na situação em que estão como consequência da governação socialista: descontrolo da despesa pública, esbanjamento, eleitoralismo - «feio feio é perder as eleições» -, corrupção, negociatas, amiguismos, preguiça, incompetência, hipocrisia, mentira, endividamento, endividamento, endividamento.
Como diria o próprio, ó Dr. Soares, desapareça!

Peliteiro,   às  21:31
7  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

clones corporativos 

Rui Crull Tabosa, muito bem, no Corta Fitas:

Miguel, aliás, João, Abrantes, ou melhor, Galamba, permitirem-se mandar umas bocas ao PSD sobre política de saúde quando o Governo do PS deixou o défice do SNS subir para mais de três mil milhões de euros (só em medicamentos de uso hospitalar, a dívida ultrapassa os mil milhões e em dispositivos médicos atinge os 600 milhões, para já não falar da desorçamentação dos hospitais EPE, que deve já ser superior a 1500 milhões), os hospitais do SNS andam a pedir que os doentes levem remédios, fraldas ou façam doações em dinheiro e, last but not least, os doentes não urgentes do SNS são obrigados a pagar o seu transporte em viaturas dos bombeiros quando não se trate de situações crónicas e sejam ricos (ou seja, tenham rendimentos superiores a 485 euros mensais...), é, de facto, muito descaramento. 
A ver se pega, como pegou o embuste eleitoral de 2009, em que José Sócrates até deu umas borlas para caçar uns votos aos velhotes mais pobres. Já não se lembram desta vergonha de outdoor?
Na altura, o chefinho garantia que se “trata de um novo e merecido apoio do Estado social aos idosos com menores posses, o apoio na compra de medicamentos que são, aliás, indispensáveis à sua qualidade de vida.” Passaram as eleições e, ups, o Governo revogou a medida, que qualidade de vida é coisa para ricos...
E, já agora, lembraram ao 'chefe máximo' que devia pedir desculpas à Senhora abaixo referida, cujo nome usaram como engodo no jornal de campanha do PS às últimas eleições?


______________________________________________________________

Peliteiro,   às  21:14
1  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

Apito encarnado 

Olhanense 1 - Benfica 1

Etiquetas:


Peliteiro,   às  21:08
0  Comentários pertinentes e devidamente fundamentados          Enviar este texto por mail:

 

 

 

ARQUIVOS

Maio 2003      Junho 2003      Julho 2003      Agosto 2003      Setembro 2003      Outubro 2003      Novembro 2003      Dezembro 2003      Janeiro 2004      Fevereiro 2004      Março 2004      Abril 2004      Maio 2004      Junho 2004      Julho 2004      Agosto 2004      Setembro 2004      Outubro 2004      Novembro 2004      Dezembro 2004      Janeiro 2005      Fevereiro 2005      Março 2005      Abril 2005      Maio 2005      Junho 2005      Julho 2005      Agosto 2005      Setembro 2005      Outubro 2005      Novembro 2005      Dezembro 2005      Janeiro 2006      Fevereiro 2006      Março 2006      Abril 2006      Maio 2006      Junho 2006      Julho 2006      Agosto 2006      Setembro 2006      Outubro 2006      Novembro 2006      Dezembro 2006      Janeiro 2007      Fevereiro 2007      Março 2007      Abril 2007      Maio 2007      Junho 2007      Julho 2007      Agosto 2007      Setembro 2007      Outubro 2007      Novembro 2007      Dezembro 2007      Janeiro 2008      Fevereiro 2008      Março 2008      Abril 2008      Maio 2008      Junho 2008      Julho 2008      Agosto 2008      Setembro 2008      Outubro 2008      Novembro 2008      Dezembro 2008      Janeiro 2009      Fevereiro 2009      Março 2009      Abril 2009      Maio 2009      Junho 2009      Julho 2009      Agosto 2009      Setembro 2009      Outubro 2009      Novembro 2009      Dezembro 2009      Janeiro 2010      Fevereiro 2010      Março 2010      Abril 2010      Maio 2010      Junho 2010      Julho 2010      Agosto 2010      Setembro 2010      Outubro 2010      Novembro 2010      Dezembro 2010      Janeiro 2011      Fevereiro 2011      Março 2011      Abril 2011      Maio 2011      Junho 2011      Julho 2011      Agosto 2011      Setembro 2011      Outubro 2011      Novembro 2011      Dezembro 2011      Janeiro 2012      Fevereiro 2012      Março 2012      Abril 2012      Maio 2012      Junho 2012      Julho 2012      Agosto 2012      Setembro 2012      Outubro 2012      Novembro 2012      Dezembro 2012      Janeiro 2013      Fevereiro 2013      Março 2013      Abril 2013      Maio 2013      Junho 2013      Julho 2013      Agosto 2013      Setembro 2013      Outubro 2013      Novembro 2013      Dezembro 2013      Janeiro 2014      Fevereiro 2014      Março 2014      Abril 2014      Maio 2014      Junho 2014      Julho 2014      Setembro 2014      Outubro 2014      Novembro 2014      Dezembro 2014      Janeiro 2015      Fevereiro 2015      Março 2015      Abril 2015      Maio 2015      Junho 2015      Julho 2015      Agosto 2015      Setembro 2015      Outubro 2015      Novembro 2015      Dezembro 2015      Janeiro 2016      Fevereiro 2016      Março 2016      Abril 2016      Junho 2016      Julho 2016      Agosto 2016      Setembro 2016      Outubro 2016      Novembro 2016      Dezembro 2016      Janeiro 2017      Fevereiro 2017      Março 2017      Maio 2017     

 

Perfil de J. Soares Peliteiro
J. Soares Peliteiro's Facebook Profile

 


Directórios de Blogues:


Os mais lidos


Add to Google

 

 

Contactos e perfil do autor

 

 

Portugal
Portuguese flag

Blogues favoritos:


Machado JA

Sezures

Culinária daqui e d'ali

Gravidade intermédia

Do Portugal profundo

Abrupto

Mar Salgado

ALLCARE-management

Entre coutos e coutadas

Médico explica

Pharmacia de serviço

Farmácia Central

Blasfémias

31 da Armada

Câmara Corporativa

O insurgente

Forte Apache

Peopleware

ma-shamba



Ligações:

D. G. Saúde

Portal da Saúde

EMEA

O M S

F D A

C D C

Nature

Science

The Lancet

National library medicine US

A N F

Universidade de Coimbra


Farmacêuticos sem fronteiras

Farmacêuticos mundi


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Creative Commons License
Licença Creative Commons.